.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Sobre a areia da praia, Arte.

"...O mar é só mar, desprovido de apegos,

matando-se e recuperando-se,
correndo como um touro azul por sua própria sombra,
e arremetendo com bravura contra ninguém,
e sendo depois a pura sombra de si mesmo,
por si mesmo vencido. É o seu grande exercício..."
(Cecília Meirelles-Mar Absoluto)


E quando um artista nos mostra com clareza que nada dura para sempre, e por esta razão oferece sua arte sem apego? 
Seus desenhos não ficarão guardados ou expostos num museu e sim nas areias da praia ou em fotografias, e apenas aqueles que tiverem o privilégio de as contemplar, guardarão na memória para sempre o impacto que elas causaram e a impressão sobre as mesmas.
Nossa existência temporária sobre esta terra é repensada quando observamos sua arte, reforça em nós a lembrança de que a natureza é muito superior a nós - ela é a dona de tudo.

Um trabalho belíssimo sobre o conceito de impermanência e o seu impacto sobre nós.


Andres Amador - O paisagista Andres Amador é natural de San Francisco, EUA,  o artista desenvolve seu talento em  desenhos impressionantes feitos na areia da praia em grande escala, as imagens chegam a 500 metros.
Com o auxilio do Google Earth, Andres escolhe os locais e aproveita as fases de lua cheia para trabalhar durante a maré baixa até completar as obras. Antes de começar a desenhar na areia ,  ele diz ter os desenhos prontos em um caderno, ou seja, as formas geométricas que irá produzir.  Em seguida, esculpe na areia e interage com a topografia física do local, onde usa apenas uma ferramenta de jardinagem e alguma ajuda de voluntários para desenhar.












Imagens Google



19 comentários:

✿ chica disse...

Que beleza,Beth! Isso nos faz pensar. Temos que estar atentos sempre aos nossos caminhos.Podemos, de repente, nos deparar com artes assim coisas lindas que quem viu, viu..Senão, só em vídeo! ADOREI! bjs,mchica

Maria Célia disse...

Ei Beth
Isto é que podemos chamar de talento e criatividade.
Uma verdadeira maravilha, um deleite para nossos olhos.
Um beijo

Lúcia Soares disse...

Uma lindeza. Para mim, inexplicável o desprendimento de fazer, sabendo que durará apenas algumas horas. Mas o artista é que entende da sua arte, né?
Gostei de conhecer, Beth.
Beijo.

Beatriz disse...

Lindo trabalho, impressionante!!!
Tem mesmo que ficar de olho na água do mar, já que temos duas baixa-marés por dia. Quando a lua separa a terra da água é quando este artista fantástico consegue fazer seus desenhos na areia......BRAVO!!!

Beijocas

Bia
www.biaviagemambiental.blogspot.com

Silvana Haddad disse...

Beth:
Tô pasma com o belíssimo trabalho realizado pelo Andres.
Isso é a mais perfeita arte do desapego.
Bjs.:
Sil

Nita Oliveira disse...

Gostei de ter passado por aqui. Vou ficar.
Beijo.
Nita

Nita Oliveira disse...

Gostei de ter passado por aqui. Vou ficar.
Beijo.
Nita

Carlos Hamilton disse...

Magnifico este trabalho.

Abraços

Anne Lieri disse...

Beth,que imagens incriveis! Fiquei admirada com o talento desse artista! bjs,

Anne Lieri disse...

Beth,que imagens incriveis! Fiquei admirada com o talento desse artista! bjs,

Léia Silva disse...

Boa noite querida Beth!
Uau, que encanto esse trabalho - apaixonei-me!
Obrigada por compartilhar.
Bjo grande
Léia

Felisberto Junior disse...

Olá,Beth
De fato, a natureza essencial de cada experiência nada mais é senão a própria experiência e a arte A.Amador nos faz refletir sobre a constante mudança da vida e de suas fragilidades. O apego é que gera no ser humano sua ideia de continuidade e permanência, o que os deixa estáticos, sem o pensamento de aproveitar realmente o agora, o momento presente. Não haverá outra oportunidade de se fazer igual, pois, o momento é único...
Belo fim de semana,beijos!

Regina Rozenbaum disse...

Uma maravilha mesmo. Tinha visto em um programa de tv e fiquei encantada!
Aqui Bethita: não tenho achado nada gostoso ver daqui suas delícias da serra... fico salivando como vc bem pode imaginar rsrs. Trata de junto com as fotos dar a receita tb!
Beijuuss

Calu B. disse...

Esplêndidas obras de arte generosamente ofertadas pelo artista que ao mesmo tempo encanta e ensina ao mundo a efemeridade e a beleza dos momentos vividos.
Impressionantes criações.
Mil belezas, Betinha.
Bjkas,
Calu

Maria Alice Cerqueira disse...

ola Beth,
que bela postagem!
vim te desejar um belo fim de semana!
abraço fraterno
Maria Alice

Teresinha Ferreira disse...

Que trabalho lindo!
Uma arte momentânea que encanta, por minutos, os olhares.
Essa apreciação tem que ser rápida e capturada para ser lembrada, pela mente ou pelas lentes ... Um show!
Beijos mil

pensandoemfamilia disse...

Adorei, são lindíssimas. Não conhecia. bjs

Taia Assunção disse...

Maravilhoso! Impressionante a simetria. Pensar que algumas coisas não são para sempre, é dolorido. Beijos!

Nina Sena disse...

Geeeeente, to boba! Beth, tu encontra cada coisa.
Que trabalho lindo!!!!!!

ai menina, que coisa legal.