.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

"Plante seu jardim e decore sua alma"













                                                   Imagem Tumblr

           
Todos os dias quando eu abro os olhos, deitada ainda, olho pro teto do meu quarto e agradeço a oportunidade que me tem sido dada de ver mais um dia e de vivê-lo em sua plenitude.
É uma dádiva divina e não a desperdiço mais, tal qual Sêneca, apresso-me a viver bem pensando que cada dia, é por si só, uma vida.


"A vida começa com uma chegada.  Termina com uma despedida.
A chegada faz parte da vida. A despedida faz parte da vida.
Como o dia, que começa com a madrugada e termina com o sol 
que se põe. A madrugada é alegre, luzes e cores que chegam. 
O sol que se põe é triste, o orgasmo final de luzes e cores
que se vão.
Madrugada e crepúsculo, alegria e tristeza, chegada e despedida:
tudo é parte da vida, tudo precisa ser cuidado.
A gente prepara, com carinho e alegria, a chegada de quem 
a gente ama.
É preciso preparar também, com carinho e tristeza, a despedida de 
quem a gente ama.
Noite e dia, silêncio e música, repouso e movimento, riso e choro,
calor e frio, sol e chuva, abraço e separação, chegada e partida:
são os opostos pulsantes que dão à vida.
Chegada e despedida, vida e morte - não são inimigas, são irmãs ...
Uma canção não existiria sem a palavra que a encerra,
sem a Morte, a Vida não existiria.
A vida é, precisamente, uma permanente  despedida ..."

Rubem Alves (em Do Universo à Jabuticaba)











13 comentários:

Das coisas que vejo e gosto. disse...

Oi minha querida,

Linda e emocionante sua postagem. Como perdemos tempo com bobagens, né? Temos que valorizar mais o tempo que nos resta.

Beijos


Selma

Calu disse...

Cada palavra ecoa lindamente n'alma e reforça as certezas das maravilhas do viver, assim como, das tristezas que dele fazem parte, pois, são irmãs.

Vc e Rubem Alves são irmãos d'alma, minha amiga.
Uma tarde festiva e abençoada pra vcs aí.
Bjos,
Calu

Lúcia Soares disse...

Nada mais certo, Beth.
Só precisamos absorver cada palavra e viver cada momento, que é sempre único.
"Se pensarmos bem, é fato. A vida é, precisamente, uma permanente despedida."
Beijo!

ML disse...

É triste, mas é fato.

E é rápida demais...

bjnhssssssssssssssssssssssssssssssss

Márcia Cobar disse...

Um dia é por si só, uma vida...
Que bonito isso, Betinha. E quantos dias, ou melhor, quantas vidas a gente perde pensando no amanhã...
Belo texto e ciração!
Bjo
Márcia

Cristina disse...

E neste entrelaçamento cotidiano, trançamos cada momento com temperos insonsos ou picantes, tudo "à la carte".
Beijos caipiras.

✿ chica disse...

Adoro RubensAlves e como tu, agradeço sempre por tudo.

Agora aqui, em férias, á cada paisagem deslumbrante, Neno até já sabe: vamos agradecer pelo presente de estar aqui...

Lindo post! beijos praianos, chica

Camille disse...

Oi Beth querida,
Estamos em sintonia de pensamento. Talvez não de vivencia. Meus dias as vezes tem muita turbulencia e percebo que não o estou vivendo em sua plenitude. Mas tudo é uma evolução.
Seu blog, sempre lindo. E só hoje coloquei seu link e posso ver as atualizaçoes. Acreditava que voce estava linkada ha muito tempo, voce vai ver quando for la, por que tem duas listas de link. Uma é das pessoas que entram.
Enfim, voltando, a vida é uma despedida sim. Cada dia que passa não volta mais, como as águas de um rio. Por isso mesmo, temos mais é que aproveitar cada minuto.
Um grande beijo e muito carinho,
Cam

Léia Silva disse...

Querida Beth
Que post mais lindo!
Realmente o ideal é viver pensando que cada dia é uma vida - adorei!
Um grande abraço
Léia

Luma Rosa disse...

Oi, Beth!!
Deixei um comentário ontem aqui na sua caixinha de comentários e não estou vendo... acho que foi para o spam.

Toninho disse...

Ter esta mania de acordar com fé em cada manhã e renovar o desejo de mais viver e acordar,é tudo que podemos nos dar.
Gosto de ver esta sua admiração pelo Rubem em suas postagens.
Que beleza de ilustração.
Abraços.
Bjo.

Luma Rosa disse...

Oi, Beth!!
Não tinha visto os seus comentários no blogue, porque comentou na postagem anterior a atual e eu não modero os comentários. Me desculpe se era para apagar, o que já o fiz agora.
Fica a seu critério publicar os comentários ou não. Achei que estava acontecendo a mesma coisa que anda acontecendo com os comentários da Lu Souza e como adicionei links, poderia ter ido para o spam.
Esse pastor é um cara de pau. A editora que publicou o livro dele, ele tem sociedade e um morto não virá reclamar plágio, não é mesmo?
Talvez você leve em consideração o que o Cacá publicou...
http://www.recantodasletras.com.br/cronicas/3182732

Vivian Fernandes de Goes disse...

Belíssimo!!!!!
E é bem assim,né?!
Beijos!