.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

domingo, 4 de dezembro de 2011

O que é belo e verdadeiro hoje em dia?

 Jürgen Heiss

Um dia eu dei muita risada com um amigo nosso que era completamente apaixonado por uma cantora brasileira, muito querida e reconhecidamente competente em seu trabalho na cena musical, mas que nós mulheres, percebemos claramente que já foi bem trabalhada fisicamente, desde a ponta do pé até os fios de cabelos.  Os homens não conseguem distinguir muito bem o que é um cabelo de chapinha ou um liso natural, um peito  com ou sem silicone ou coisas desse gênero. Para eles o visual geral é o que eles acham que é, e encantam-se facilmente com as imagens apresentadas.  Mas este amigo achava a tal cantora linda de morrer, sexy, e não ficou sossegado enquanto não foi a um show dela no antigo Canecão aqui no Rio.  Comprou entradas com lugar marcado para a chamada 'turma do gargarejo', aquela que fica lá na frente, pertinho do ídolo.  E com a grande esperança de, quem sabe, tocá-la ao menos por um instante.

O show começou e ele lá, babando de feliz, com os olhos pregados em sua ídolo, cantando junto todas as músicas que sabia de cor e salteado, ofuscado pelas luzes brilhantes e o belo cenário.
E ela, com uma performance de atleta, saltitava junto com bailarinos, cantava e dançava freneticamente ao som da banda que a acompanhava.  Ele estava realizado em poder estar ali naquele momento marcante para sempre em sua vida.

De repente, ele não acreditou no que via, pois à sua frente a cantora se materializava, descendo do palco e, pasmem, sentando-se em seu colo e cantando, olhando em seus olhos, uma canção das mais lindas e que ele adorava.  Mas, ele não conseguia cantar, tampouco olhar tão de perto aquele mito que por tanto tempo sonhou, visualizando-a bela, loira, de cabelos anelados e corpo esbelto.  Diante dele havia uma mulher suada como um touro, magérrima, cenho franzido, demonstrando as rugas do tempo, os cabelos endurecidos e cheios de spray para segurar os cachos e com o rosto coberto por uma grossa maquiagem que tentava encobrir os anos e as imperfeições da pele. 

Naquele instante o que ele descobriu  realmente foi que gostava dela como o mito de beleza que ela representava, o símbolo sexual representado pelas roupas colantes ou diáfanas de seus posts ou através da televisão, e nem tanto a cantora competente e de belas músicas.  Quebrou-se naquele instante o elo mágico da imagem que ele fez por tanto tempo.

Sua mulher, claro, aproveitou-se para desforrar a mágoa que teve de aguentar pelo exagero da paixão do marido pela tal 'bela' cantora, e este episódio tornou-se um ponto de brincadeira permanente dela e de alguns colegas que souberam do inusitado caso.

Esta estória eu lembrei de contar para alertar aos muitos que ainda acreditam que aquilo que vêem é a mais pura verdade neste mundo em que as imagens estão altamente manipuladas e idealizadas, muitas vezes associadas a transtornos alimentícios e insatisfação com a imagem corporal em homens, mulheres e até crianças. E a pergunta é: amamos mesmo nossos ídolos pelo que são ou pela imagem que aparentam ser?

(atriz Meg Ryan)

Pensando em como hoje em dia tudo isso está mexendo com a cabeça dos humanos, dois pesquisadores da Dartmouth College (EUA),  acabaram de demonstrar quantas diferenças existem entre a fotografia original de um modelo e a foto retocada, propondo um trabalho bem mais realista do que o que nos é apresentado nos dias atuais, através de precisas respostas pela matemática.

Afinal, quem são realmente estes modelos, estas celebridades antes de todos estes retoques?  Você acredita fielmente naquilo que vê hoje?
(Site globo.com)
Vejam que trabalho incrível desse artista do photoshop:





21 comentários:

Mery disse...

Olá, Beth*;
Um texto bem adequado aos dias atuais, e esses silicones todos e "photoshoques" confundem os bobos", pois "só enganam na TV...enfim, se os homens babam": coitados deles, não é?
Ver a realidade!
E bom!
Eu já fui fascinada por um cantor e não me decepcionei muito, ele é uma simpatia* pessoalmente, muito atencioso e carinhoso com as fãs, mas muito baixinho, aí eu perdi "o tesão"...rsrs
Ainda gosto da voz* e das músicas dele.
ó timo post, amei, beijinho da Mery*

Mery disse...

Que vídeo! Adorei, super legal¨¨))
beijo

Valéria disse...

Oi Beth!
Muito pertinente seu texto!
Menina, que transformação! Se eu já era descrente de tudo que vejo, iamgine agora depois deste video.rsss
Hoje se tem abusado de artifícios para distorcer a realidade seja ao vivo, seja nas imagens, fica difícil crê no que se vê.
Beijinhos e um lindo restinho de dia!

VERDADE OCULTA disse...

lindo blog
tenha um maravilhoso domingo

bruno

✿ chica disse...

Nossa, adorei esse vídeo, mas que tribufú,rsrs ...Não sei o que era pior o antes ou o depois.CREDO!
E tem de tudo pra enganar os bobos...

E perdem a expressão, a vida, parecem empalhadas... Um HORROR!!! beijos,chica

Macá disse...

Beth
Como meu marido trabalha com isso, ele sempre repara em qualquer foto e até acha erros, e às vezes até quando eu admiro uma foto ele diz: claro, com todo esse photoshop, tinha que ficar bonita.
O vídeo é excelente, até meu filho gostou.
Agora quanto ao seu amigo, imagino mesmo como a mulher deve ter adorado a decepção dele.
bom final de domingo pra você
bjs

Calu disse...

Betinha,
vc é uma maga nos temas,escolhendo com precisão assuntos interessantíssimos e de absoluta contemporaneidade.
Põe a pensar muito oportunamente,o que há de real nas imagens das celebridades tão badaladas numa mídia manipuladora que conta com um público fiel: a primitiva imaginação masculina, altamente rentável "ad perpetum."E segure-se na cadeira pra não cair de muito alto, como aconteceu com teu amigo.
Bjos querida,
Calu

Celina Dutra disse...

Beth, carioca, querida,

Seu amigo bem que merece as brincadeiras que fazem com ele! Um vídeo hilário! A primeira imagem era verdadeira? rsrs Está certo o ditado "Nem tudo que reluz é ouro". Adorei seu texto e seu trabalho.
Girassóis nos seus dias. Beijos

JAN disse...

OLÁ BETH/LILÁS, VIM DO BLOG DA CALU E GOSTEI. VOU FICAR.
O TEMPO E A DISTÂNCIA SÃO TÃO REALISTAS!
SERIA MELHOR PRO SEU AMIGO TER SENTADO LÁ ATRÁS, NÉ;-)

ABRAÇOS
JAN

Heloísa disse...

Beth,
É bem verdade. Hoje é difícil saber quem é bonito por natureza.
São tantos os recursos para melhorar o corpo e o visual! E quando são insuficientes, pelo menos em fotos todos podem ficar lindos. É só apelar para o photoshop.
Beijo.

Camille disse...

Oi amiga,
Esse tema fabuloso, foi assunto de prova na USP agora ha pouco.
Suponho que a "linda" ai seja a Elba Ramalho. Uma vez a vi naqueles shows de brasileiros em NY e é de assustar realmente. So minha mae que viu uma vez e disse que ela tem umas pernas lindas.
Bom mas ela da para ver pela foto que nao é bonita tem rosto marcado. Deve ser outra entao...
Ou seu amigo nao estava a fim de ver a verdade, ate que ela caisse literalmente em seu colo. Tou vendo a cara da mulher dele. Boa!!!Hehehehe.
Um beijo e uma linda semana para voce!
Cam

Lúcia Soares disse...

A obsessão pela beleza e juventude é própria do ser humano, né?
Bobos são os homens, que "babam" por qualquer rabo-de-saia que mostre o corpo (sem a saia, claro! rsrs). Mas nunca vão deixar de se encantar, mesmo sabendo de todos os truques.
Espero que a moça em questão tenha a voz bonita e que seu amigo continue apreciando-a pelos dotes artísticos, já que se decepcionou com o físico...rsrsr
Boa semana!

Márcia Cobar disse...

A pergunta que não quer calar... quem era a cantora...
Bethinha, você abordou, como de praxe, um tema dos mais sensíveis. Nossas referências de beleza estão ancoradas em retoques e tentativas (às vezes insanas) de rejuvenescimento. Faz o meu tipo a senhora Regina de um post passado aqui do seu blog, aquela que envelhecia com uma cabeça fantástica, ao invés de um corpo indefectível.
Bjim,
Márcia

Cacá - José Cláudio disse...

Oi, Beth. A idealização acaba projetando nossos desejos no visual, na aparência. E o pior é que na maioria dos casos, quando se trata de desejo físico, de atração, a frustração é garantida. rsrs. Mandei um e-mail para você de uma imagem interessante que colhi outro dia sobre esse tema (beleza que sai com água e sabão.) Grande abraço. Paz e bem.

Elisa T. Campos disse...

Oi Beth

A maquiagem já minimiza algumas imperfeições principalmente de nós mulheres que somos vaidosas.
Uma colega disse uma vez que o irmão ficou decepcionado com a ficante (termo que eles usam agora)quando a viu com o rosto sem maquiagem.Então posso imaginar como ficou o seu amigo.

É incrível essa metamorfose do Photo Shop principalmente para complementar arte.
Na minha postagem minimizada fiz um haiga para a imagem de minha tela pintada. Quiz falar do excluído e precisava de um mendigo.Então usei esse recurso.

Beijos
Bom início de semana.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

já trabalhei em tv, na Manchete...e já vi de perto mto artista "lindo". Sinceramente, a maioria é bem comum ou até feinha, mas viram aqueles ícones de beleza na tv. pq é tudo fajuto, é o mundo que vende, as pessoas querem príncipes e princesas.

hj em dia todo mundo quer ser rico, bonito, feliz, amado...nem que seja tudo de mentira. vide mesmo os casos das vidas inventadas e publicadas em blogs, de amores impossíveis, carreiras incríveis, etc.

fazer o que né mae gaia...e ta ai, o photoshop pra iludir o povo, o PT fazendo photoshop do goveno e o povo comprando a idéia...
bjs

Teresinha Ferreira disse...

Olá Beth,
Pois é minha amiga, isso sempre acontece. Até nós mulheres, muitas vezes, ficamos surpresas com alumas imagens vistas por ai.
Acho que gostava mais da senhorinha do que na pessoa que ela transformou. Era mais autêntica.
Uma das minhas primeiras postagens mostrei um vídeo sobre a transformação do corpo no photoshop. O mais legal disso tudo é que tem editoras de revistas mostrando a realidade dos artistas sem nenhuma intervenção do photoshop.
Adorei, viu?
Bjs mil

Bel Rech disse...

Nem tudo que reluz é ouro...Hoje se pode fazer muito retoque tanto nas fotos e nos vídeos.Até eu não me conheço com uma bela maquiagem, truques que se podem desviar a atenção daquilo que a gente não gosta...
As apaarências enganam muito como as verdades que as pessoas tem dentro de si..Muito bacana seu texto...
Paz e bem

Wilqui Dias disse...

o ruim eh quando nao se pode ser vc mesma, com receio do que os outros vao dizer, segui padoes imposto as vezes eh meio escravizador. eu prefiro ir na contra mao e ser eu mesma.

Liz - Como as Cerejas da Minha Janela... disse...

Que texto perfeito! pensei que era de alguma jornalista ou escritora profissional! (risos). Parabéns, Beteh! bom demais!

Ai, continuo sendo fanzona da Meg. Adoro ela demais!

Gostaria de entender profundamente esse fascínio que a beleza produz. É um dos temas que quero pesquisar a fundo e ainda não tive tempo. Porque essa obsessão pela juventude e pela beleza? porque não aproveitar melhor a vida, sem ser escravizado pela matéria...o que será que realmente se passa no âmago do ser humano?

A verdadeira beleza, a que permanecerá jovem eternamente, é a que vem de dentro...

Por isso é que algumas mulheres sendo tão lindas no exterior, por segundos nos parecem tão feias...é quando conseguimos enxergar o seu interior, a sua alma...e essa é impossível de retocar com fotoshop, plástica, maquiagens. Esta só se retoca com o coração...

Beijos, querida!

Meri Pellens disse...

E viva o PhotoShop! rsrs...
Para mim é como maquiagem, em excesso fica falso e vulgar. Mas não sou contra uns retoquezinhos.
Beijinho, Beth!