.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

terça-feira, 16 de agosto de 2011

E quem irá dizer que não existe razão?



Eu não nasci nas décadas de 80 ou 90, mas sempre curti Renato Russo e seus versos românticos e profundos, cantados muitas vezes somente por repetição ou decorado, do que propriamente por entendimento, por alguns jovens dessas décadas.  Renato era romântico de uma forma diferente do que os compositores anteriores a ele e desenvolveu um pop-rock que agradava não só aos jovens daquele tempo, mas também a alguns pais dos mesmos.

Eu vivia cantando músicas da Legião Urbana que era sua banda, mas sua voz, grave e inconfundível era o que mais me atraia, além de músicas compridas e com estórias interessantes, como o tal João do Santo Cristo que contava uma saga de um pobre homem que largou a vida pacata da fazenda e foi para a cidade grande fazer a vida e se envolver com toda a podridão de uma cidade, drogas e contrabandos. Um verdadeiro faroeste caboclo  esta letra:  
"... E João não conseguiu o que queria

Quando veio pra Brasília, com o diabo ter
Ele queria era falar pro presidente
Pra ajudar toda essa gente que só faz...
Sofrer..."
Mas esta música Eduardo e Mônica era a que eu mais gostava,  pois quantos Eduardos e Mônicas existem a cada dia por aí e eu mesma já vi alguns.  


E quando eu assisti hoje, mais uma vez, o vídeo promocional da Vivo, fiquei aqui relembrando o jeito sempre menino de meu filho, que adora um tênis e mochila nas costas, mesmo agora que começou um estágio e tem que se vestir de forma mais sóbria.  E como vejo os jovens, mesmo os de trinta e poucos anos com este  perfil que parece ainda muito garotão, mas alguns já formados e cheios de compromissos de trabalho, alguns já com filhinhos pequenos e tocando família.   E não é lindo um amor desses como de Eduardo e Mônica?


Vejam o vídeo e mesmo ele sendo direcionado para os dias atuais, imaginem quantos casais você já conheceu que começaram assim e se amam e vivem felizes.
  
Afinal," quem um dia irá dizer que existe razão nas coisas feitas pelo coração? E quem irá dizer que não existe razão?"


"Sem a música, a vida seria um erro."








27 comentários:

Mery disse...

Especial! Demais! Incrível!
"É preciso amar as pessoas, como se não houvesse amanhã".
Já fiz um post com essa música.
Pra mim é a mais bela, foi a música escolhida para a minha formatura.
Abraços da Mery

Pitanga Doce disse...

" quem um dia irá dizer que existe razão nas coisas feitas pelo coração? E quem irá dizer que não existe razão?"
...hã hã hã...

Bia disse...

Oi Beth!!

Sem que estou em falta com vc (muitas outras blogueiras), mas ultimamente a minha vontade de blogar e comentar é quase zero.

Mas esse texto foi lindo! Não fui muito da época de Legião Urbana, mas sempre curti algumas músicas. Tb já vive alguns romances estilo Eduardo e Monica. :)

E acho que o estilo do seu filho, mesmo já madurecendo, deve continuar o mesmo! Tb sou a favor do jeans, tenis e mochila para pessoas amadurecidas (embora a sociedade nos force a vestir outras roupas)!

bjs

Lúcia Soares disse...

Beth, não prestava atenção na letra e só vim a percebê-la ao ver esse vídeo, perto do dia dos namorados.
Achei-a linda e uma doce história de amor.
Há, mesmo, muitos Eduardos e Mônicas por aí.
Boa semana!

Paulo Rideaki disse...

Mamãe Gaia, sempre com pensamentos relevantes, que nos faz refletir, sobre muitas coisas do mundo, que até então, eram desconhecidas aos nossos olhos convencionais.
Estarei voltando aos poucos, e vejo que perdi muitas coisas boas, por aqui!
Mas sem arrependimentos, puxa mamãe Gaia, como eu adorava a Legião Urbana, e ainda curto muito , o compositor e músico Renato Russo, no meu ponto de vista, foi um gênio!
Existe muita verdade nas letras de suas canções, como você mesma acabou de mencionar.
Quem nunca viveu um românce do tipo , "eduardo e monica" em suas vidas?
E quantos "Joãos do Santo Cristo" não conhecemos pela vida?
Particularmente, tem uma música do Renato Russo, que eu adoro muito, você deve conhecer.
Não vou falar o nome, só vou mencionar o seu refrão, ao estilo desta sua maravilhosa postagem:
"-Quando o sol , bater.....
na janela do teu quarto ,lembrar irei ei eiiii, que o caminho é um só!
Pra que esperar, se podemos começar, agora mesmo?"
Tenho a certeza que você lembrou,ela é muito profunda!
E como todas as tuas postagens, você fechou com chave de ouro, com uma video postagem, e uma frase incrível, de NIETZSCHE!"
Puxa mamãe Gaia, saudades de você, me sinto novamente revigorado e inspirado para escrever coisas boas no meu espaço.
Muito obrigado por existir,NAMASTÊ!

Toninhobira disse...

Beth,voce fez uma bela leitura daquele tempo de musicas feitas com sentido,musicas que se tornaram hinos de uma juventude em busca dos valores,mas também inciando o processo de alheamento.O Renato veio com toda carga neste caminho e passou uma linda mensagem.Este video é fantastico mesmo.
E quem irá dizer mesmo?
Uma bela noite e que a vida nos seja leve.
Meu abraço mineiro de flor de paz.
Bju.

Beth/Lilás disse...

Oieee, Paulooo!
Que bom que você voltou, garotinho!
E eu adoro essa música que você falou aí em cima!
Outra lindona é aquela que diz:
"Tem gente que machuca os outros
Tem gente que não sabe amar
Mas eu sei que um dia
A gente aprende
Se você quiser alguém
Em quem confiar
Confie em si mesmo!..."

Ah, são tantas, adooooooro!
beijos
======================================================================

Beth/Lilás disse...

E ainda acrescento mais essa que amo de paixão:

"Disciplina é liberdade
Compaixão é fortaleza
Ter bondade é ter coragem
Lá em casa tem um poço
Mas a água é muito limpa…"

======================================================================

Laura disse...

Oi Beth querida!!! Obrigado pelo carinho que vc tem (e sempre teve) comigo e com Bebedocinha! Não me esqueço que foi uma das minhas primeiras leitoras e sempre emanou boas energias mesmo a distancia!!

Estou bem ausente do blog e dos comentarios nos blogs amigos também, mas saiba que sempre penso em você!!!

Sou super fã das musicas do Legião Urbana, fizeram parte da minha adolescencia! Fiquei emocionada ao ver o clip do Eduardo e Monica numa versao 2011!!

Beijos meu e da Bebedocinha

Celina Dutra disse...

Beth,

Mais um belo post!Gosto das histórias cantadas do Renato Russo.Eduardo e Mônica é uma delícia.

Girassóis nos seus dias.
Beijos

Menina no Sotão disse...

Eu não sou da geração que curtiu Legião Urbana. Aliás, eu nem estava no Brasil nessa época. kkkkkkkkkkkkk
Mas gostei do vídeo.

Ps. Gostei de saber que está gostando dos capítulos da novela em doses homeopáticas. Mas eu também já disse que jamais iria usar as ferramentas para publicação de livros e tão pouco iria ler o e-book... kkkkkkkkkkkkk

Preciso dizer que mordi a língua?

bacio

Lizete Delmonte Ferraz disse...

Sempre gostei do Legião, curti muito na adolescência.

Legal relembrá-los aqui, se bem que aqui em casa ouvimos muito eles, pois meus filhos também os adoram...

bjs e um lindo dia!

Wanderley Elian Lima disse...

Para mim Legião Urbana continua sendo a maior banda brasileira de todos os tempos. Ela é atemporal, pois até hoje jovens e adultos cantam suas músicas.
Bjux

Márcia Cobar disse...

Beth, arrepiei com o vídeo, super lindo, excelente produção da vivo! Na minha época era um must decorar Eduardo e Monica, sempre tinha um tocador de viola que sabia esta musica... E nao faltavam vozes para cantá-la!
Excelente post, bjao!
Márcia

Lucia Maria disse...

Olha, eh verdade isso da gente cantar devido a ter decorado a letra e nao entende-la por inteiro.

Isso aconteceu comigo meras semanas atras quando ouvia aquela musica "Pais e Filhos". Sabe quando cai a ficha e quando clica? Finalmente entendi, mas acho que foi devido a minha experiencia de vida desde a minha adolescencia ate agora...

E essa musica do Eduardo e Monica... eu amo! E amei o video moderno que fizeram a respeito, muito criativo e super bem feito!

bjos

Fênix27 disse...

São ícones inesquecíveis,gostava de algumas músicas,mas Legião Urbana não era o meu forte.Mas deu sentido aos jovens na época.
Parabens pelo post e por todo conteudo do seu blog, já estou seguindo.
Felicidades.

Liza Souza disse...

Beth, que saudade grande de voce. Ando sem tempo de ler meus cantinhos especiais, mas logo essa correria acaba e volto com forca total. Nossa, eu amei esse comercial. Ficou tudo de bom e deu a maior saudade da minha adolescencia.
Beijo grande e obrigada por ser sempre alguém tao especial e cheia de carinho comigo e com meus pequenos!

Orvalho do Céu disse...

Beth querida, Amor sem razão nos empobrece...
Mesmo que estejamos saltitantes... com o coração a saltar pelo ar... a razão pode acolhê-lo e deixá-lo fluir bem melhor...
Tum, tum, tum... pra vc!!!
Bjs de paz

Luciana disse...

Tambem adoro essa música e achei muito fofo o comercial.
Concordo com Nietzsche.

Beijo

Bordados e Retalhos disse...

Beth eu também adoro Renato Russo. Adorei o vídeo da Vivo. Bjs

Palavras Vagabundas disse...

Beth,
adoro essa canção e achei genial essa propaganda! Talvez por que eu e meu marido tenhamos sido um pouco assim, tinhamos nada para dar certo e durou 30 anos.
bs
Jussara

Somnia Carvalho disse...

espertissima a vivo! pegou uma das musicas mais cantadas no brasil desde os anos 80, o casal mais descolado e adorado do pais e fez propaganda com eles! tiro o chapeu!

eu nao nasci nos anos 80 lilla, mas eu era bem aborrescente e amava o legiao na epoca, claro! incluindo eduardo e monica!

adorei o video! e muito lindo!

Valéria disse...

Oi Beth!
Amei este video que rodou bastante lá pelo dia dos namorados. Um amor assim descompromissado que só se compromete com o amor, é mesmo lindo. O Legião deixou um legado para muitas gerações.

Beijos!

Telma Maciel disse...

Esse vídeo é realmente lindo! Renato Russo foi um poeta! Fantásticas as músicas dele! É difícil achar uma q não goste ou que não represente algo pra gente. É maravilhoso ouví-lo!
Bjks

Paloma disse...

BETH, tenho dois sobrinhos,irmãos,com 38 e 26 anos respectivamente, que sempre cantam esta música, nas reuniões familiares, se acompanhando no violão.

Beijos

Calu disse...

Acompanhei a chegada do Legião Urbana bem de perto, levando as filhas aos shows iniciais em Brasília.Gosto muito destas duas canções que refletem as muitas realidades modernas.E, hoje vejo meus filhos representando a canção de Eduardo e Mônica na vida real.
Foi uma ótima inspiração essa tua, Betinha.Me trouxe lindas lembranças.
Bjinhos,
Calu

Gina disse...

Beth, meu filho montou uma "banda" com os amigos de colégio, ainda adolescente, e o repertório era de Legião Urbana. A gente curtia junto.
Ia pro curso de inglês com ele ouvindo Renato Russo.
Muito legal lembrar, porque marcou época.
Bjs.