.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Cantando a voz da eterna criança


(Imagem Rarinda Prakarsa)


Cantigas de lembranças


Como doido, vou cantando
num reino que não tem rei.

E uma voz, de quando em quando,
como alguém que não me ouvisse,
murmura (donde nem sei)
velhas frases que eu já disse,
cantigas que eu já cantei!

Paro, súbito. Procuro.
- Quem será que canta assim?
Nada vejo: é muito escuro
o mundo em torno de mim.


Nada vejo, mas prossigo
pelas terras de ninguém.
Sei que levo alguém comigo,
mas não posso saber quem.

De repente, o conhecido
sussurro de que falei
traz de novo a meus ouvidos
uns sons de cristais partidos
das risadas que já dei!
Paro, à força de um desejo,
- Quem dá risadas assim?
Olho em volta, mas não vejo
quem ri tão perto de mim!



Não vejo, entanto, caminho.
E, a cada passo que dou,
sinto que não vou sozinho:
como se eu próprio voltasse
à vida que já passou,
percebo que em mim renasce
o José que eu já não sou!

______________________

Vida boa! só agora
descobri quem é o amigo
que, intransigente, a toda hora,
caminha junto comigo:
vivo eu em paraísos,
caminhe por entre infernos,
palmilhe mundos sem fim,
trarei sempre estes eternos
murmúrios feitos de risos
em mistura com lembrança:


a voz da eterna criança
que vive dentro de mim!


Ferreira Gullar
(1930)




 (Photos by Rarinda Prakarsa)







14 comentários:

Dani dutch disse...

Web-mãe, tudo bem?
Que saudades daquele tempo, que não tinha preocupações, que os pensamentos eram apenas voltados para a escola e para as brincadeiras com os amiguinhos.
bjuss

Chica disse...

Linda e emocionante poesia que nos prende até o final.Lindíssimas imagens! beijos,ótimo dia!chica

Misturação - Ana Karla disse...

Sejamos eternamente crianças.
Bom dia Beth!
Xeros

Mariana Hart disse...

Querida, que coisa mais linda! Fui me encantando conforme fui lendo e ao ver a assinatura do Ferreir Gullar fiquei mais surpresa pq ele fez parte da minha infância (era amigo íntimo do meu avô), e eu morria de medo dele até crescer! ahaha...

Bjão enorme! =)

Mariana Hart disse...

Querida, que coisa mais linda! Fui me encantando conforme fui lendo e ao ver a assinatura do Ferreir Gullar fiquei mais surpresa pq ele fez parte da minha infância (era amigo íntimo do meu avô), e eu morria de medo dele até crescer! ahaha...

Bjão enorme! =)

William Garibaldi disse...

Lindo Beth!

Estas imagens... me fez lembrar aquela musica que diz: "Todo menino é um rei...! "

Beijos de Luz, lindas imagens! Lindas mesmo!

Celia disse...

Muito bonita a poesia. Vc tem razao no post anterior; quem ama, cuida. Bj

Gina disse...

Pura inspiração! Muito bom, Beth!

Mas eu precisava vir aqui pra agradecer sua participação mandando mensagem pro Vinicius ao vivo na Globo News. Muito obrigada, Beth!!
A mãe aqui ficou toda feliz.
Todo incentivo é importante para quem está alavancando uma carreira.
Além de ouvir, também li a msn aqui:
http://globonews.globo.com/platb/estudioi/2011/02/15/novidade-na-mpb/

Bjs. de uma Curitiba chuvosa com 18°!

♕Miss Cíntia Arruda Leite ღ disse...

Oi minha querida! Como está tudo?

Voltando as blogagens e visitando os amigos...
Que cantiga mais doce, soa suave aos ouvidos.

E tô apaixonada por este tipo de letra que está usando... gamei!

beijos

pires disse...

O passado é a base da nossa vida né Beth? Olhando hoje, a infância é o passado melhor! Bjos!

Glorinha L de Lion disse...

Lindo!!!! Ferreira Gullar é o máximo. Acabei de ler o último livro de poemas dele...lindo, lindo! beijos,

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Ferreira Gullar, grande poeta. E as imagens que vc escolheu casaram muito bem com esse poema tão bonito.

eh Beth, vc é alma rara... seus posts ajudam a abrir olhos para essa bonita sensibilidade, o valor da verdadeira poesia brasileira.

bjs

Nina disse...

que coisa mais bonita Beth! que coisa mais bonita, ahhhh, e as imagens? que perfeicao. Tu tá tao poeta menina.
Esses caras tem usn textos, né? tipo assim, a gent enem imagina quem escreveu, e ai pensa, ué ferreira gulart, escreveu assim é? :-)
a gente tem grandes artistas mesmo. ainda os tem, né?

LILIANE disse...

BETH
fiquei curiosa até o fim....
meu Deus que incrível...
simplesmente maravilhosa esta reflexão.
no meu caso, acho que devo ter umas vinte crianças dentro de mim, tudo falando ao mesmo tempo.
rss
uma doideira só.
beijos.