.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Que condão você pediria?


As fadas... eu acredito nelas!
Umas são moças e belas,
Outras velhas de pasmar...
Umas vivem nos rochedos
Outras pelos arvoredos,
Outras, à beira do mar...

Umas têm mando nos ares;
Outras, na terra, nos mares;
E todas trazem na mão
Aquela vara formosa,
A vara maravilhosa,
A varinha de condão.

Quantas vezes, já deitado,
Mas sem sono, inda acordado,
Me ponho a considerar.
Que condão eu pediria,
Se uma fada, um belo dia,
Me quisesse a mim fadar...

Antero de Quental

















21 comentários:

Nilce disse...

Fico impressionada com a sintonia dos blogs, Beth.
Acabei de comentar no blog da Silvana, "Meu Caderno de Poesias", onde ela postou uma poesia de Gregório de Matos, que não vejo ninguém postando nossos autores e poetas do sec. XVIII.
Chego aqui e pimba!
Lindo!
Novamente lembrei do meu tempo de Faculdade.

Bjs no coração!

Nilce

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Que lindo!
Um poema clássico de Antero de Quental. Um dos grandes da "década de 1870". Eu lembro de ter estudado a obra dele no colegial e gostei muito.

Que boa lembrança vc nos trouxe.
bjs e bom dia

Tati Pastorello disse...

Que poeminha fofo! Mas eu não sei não... É pergunta difícil demais de responder... Um pedido só? Então lá vai, meu livro publicado! Ou ser uma autora reconhecida? Ah... preciso considerar mais, já deitada, mas sem sono... hehehe
Beijos.

Misturação - Ana Karla disse...

Bom dia Beth!

O Dom já é um grande condão.

Muito belo, viu?

Xeros

Barbie Girl disse...

Eu pediria paz à terra e amor aos homens!
Resolveríamos grande parte de nossos problemas ou todos, né não??

Com seu post de ontem, fiz uma reflexão e estou colocando no meu cantinho.

Beijão!!!

Chica disse...

Lindo poema,lindas as fadas...um beijo e tudo de bom, que teu dia seja mágico!chica

Mari disse...

Um condão de todo meu coração: saude e prosperidade para meus entes queridos, e pra mim tb ne :)

Cris França disse...

ah Beth!

eu acredito em fadas! acredito! acredito!

pediria isso o condão do sempre acreditar. bjs querida

Bombom disse...

Ah! Eu ia ser muito egoísta! Eu pediria umas asas, assim como as das borboletas, para poder visitar meus filhos que vivem longe e meus nètinhos cuja infância não quero perder! E para me trazerem depois de volta aos braços do meu Amor, sabendo que, se derem as saudades, poderei voar outra vez...
Gosto muito da poesia de Antero de Quental. Obrigada pelo poema. Bjs. Bombom

Lucia Cintra disse...

Um pedido so? Minha mae de volta! bjos

Leci Irene disse...

Linda poesia! Lembra a minha meninice povoada de contos de fada! Sabe o que eu pediria? Pediria saúde e alegria de viver prá todo mundo!
Beijos

Manuela Freitas disse...

Olá querida Beth,
Grande poeta esse o Antero, mas deu-se mal com a vida, depois de grande intervenção social, o desencanto levou-o ao suicídio.
Como eu gostava de acreditar em fadas! O dom que eu escolheria, seria precisamente esse, ser fada!...
Nunca peço pouco, se estamos a brincar ao faz de conta, eu levo isso aos píncaros.
Desejo que estejas bem, não ando muito interventiva, por falta de disponibilidade.
Muitos beijinhos,
Manú

manuel marques disse...

Seu lado menina..aquele que sonha..uma frágil princesa , doce, meiga e fada..


Beijo

Teresinha Ferreira disse...

Ola Beth,
Lindo poema!
Queria ter por perto uma fada madrinha. Dar asas à minha imaginação...
Tudo de bom.
Bjs mil

Lulú disse...

Lindo o poema, lindas as fadas e se perdemos o sono temos que pensar qual o mais bonito desejo, para pedir um condão.
Acho que paz para o mundo.
Beijo, Maria Luiza (Lulú)

Mônica Lidizzia disse...

Poesia linda e que quadro maravilhoso!

Meu pedido? Meus queridinhos todos super saudáveis. Para sempre!

bjnhs

Françoise disse...

Combinação perfeita!!!!!

Só não sei o que pediria, acho que no momento ; inquietação no meu coração e saúde.

Beijos mil.

Kelly disse...

Me lembrei das aulas de literatura, que delícia!! beijos

pensandoemfamilia disse...

Lindo poema, eu fiz o clássico, que hoje não existe mais. Tive muita literatura, li vários escritores das diversas escolas. Vc me traz boa recordação.
A imagem também é lindíssima.
bjs

Cantinho She disse...

Minha querida, que coisa mais linda, texto e foto... mas essa imagem fiquei aqui alguns minutos olhando pra ela e viajando, que realidade fantástica! Amei tudo!
Beijo, beijo! ;)
She

Isadora disse...

Ah Beth que lindo poema! Fiquei aqui pensando no que pediria a esse condão e nem sei...tantas coisas, mas devemos ter cuidado até com o que desejamos, pois pode virar realidade. Talvez fizesse um pedido universal.
Um beijinho