.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

segunda-feira, 19 de julho de 2010

100 Anos de Vida




Comemorar 100 Anos parecia coisa impossível, mas o mundo e o país caminham para esta nova realidade e a cada dia vemos alguém festejando uma idade avançada,  muitas vezes até, com vitalidade física e mental.



Você pode viver até os cem anos se abandonar todas as coisas que fazem com que você queira viver até os cem anos.
Woody Allen
Vemos hoje como a evolução da medicina tem ajudado a melhorar a saúde das pessoas e influenciar na longevidade, por esta razão que minha tia Amélia, venceu o câncer de mama e outras tantas  complicações de saúde, juntamente com a tristeza de perder o marido e alguns anos depois seu filho único, superou a tudo com resignação e vontade de viver para comemorar hoje seus 100 Anos de vida.


Vejam que bonitinha!  E comeu muitos salgadinhos, docinhos e o bolo da festa feita com carinho por seus sobrinhos no Salão da Beneficência Portuguesa, onde ela e outra irmã de 90 anos moram na parte geriátrica deste hospital.
Fiquei olhando para ela e admirando aquela senhorinha tão delicada e já entendendo pouco do que acontecia ao seu redor, quase não se lembra mais de nada, precisamos falar e repetir quem somos, devagar, ajudando-a a reativar os últimos neurônios em funcionamento.
Pensei com meus botões:  Até que idade irei viver também?
Melhor viver como diz os belos versos desta poesia abaixo:

"Tenta te orientar pelo calendário das flores, esquece, por um momento os números, a semana, o dia do teu nascimento.  Se conseguires ser leve, aproveita, enche tuas malas de sonho e toma carona no vento."  - Fernando Campanella -


  




20 comentários:

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Esse post foi encantador. Me tocou muito e explico porque.
Trabalho aqui em um hospital, área psicológica.
Muitos dos pacientes são velhinhos, que estão em plena saúde e vão ao hospital para fazer tramento. Tratamento mental, para ativarem o cérebro, terem sempre lucidez. E sou apaixonado por eles. Sempre contam historias interessantes, são sempre atenciosos e cheios de carinho.

Alguns pacientes tem 100 anos ou mais. E eu fico admirado com a sabedoria, a energia, a lucidez de muitos deles.

Muitos velhinhos aguardam ansiosos a comemoração do 100ºaniversário aqui. Pq ganham um monte de paparicos do governo (jantares especiais, um troféu de longevidade e uma cerimônia/festinha muito bonita).

Essa sua tia é uma FOFA! ela tá linda, dá vontade de abraçá-la só de ver as fotos.
Dê um abraço nela por mim!
E vc tá mto bonita nessa foto!
bjs

Françoise disse...

Que lindinha a tia Amélia. Toda simpática e elegante na foto.E a cor dos cabelos então.....
Exemplo de força e superação. Imagino a alegria de estar ao seu lado comemorando esta idade. Parabéns!
Que o Papai do Céu a proteja e toda sua família!

Abraços.

Meire disse...

Que lindinha!
Bela homenagem vcs fizeram.

bjs

Barbie Girl disse...

Que felicidade Beth!! Parabéns para sua tia tão lindinha que nem parece ter 100 anos.
Que Deus continue a abençoar essa mulher guerreira!

Obrigada pelo carinho com mamãe!

beijos

Beta disse...

Que lindo!!!
parabéns para sua tia!!!

bj

Bombom disse...

PARABÉNS Tia Amélia!
PARABÉNS Beth pela Tia Amélia!
Que linda festa para uma tão bela senhora! Pena é que a memória tenha falhado, mas isso até ajuda a atenuar o seu sofrimento pelas sucessivas perdas.
Fizeste-me lembrar a minha Mãe, já a caminho dos 95. Pequenina e frágil como uma pena, com uma coluna muito rendilhada, mas com uma lucidez que nos faz dar Graças!
O problema das pessoas que atingem a longevidade, é verem desaparecer os que amam; mas a idade confere-lhes a maturidade necessária para o aceitar e sobreviver.
Obrigada pelas tuas visitas e comentários de que gosto muito.
Bjs. Bombom

Heloísa disse...

Beth,
Parabéns para sua tia.
Pelas fotos ela me pareceu muito bem, principalmente na que está com você, pois porta um olhar vivo.
Espero que os progressos da medicina permitam, cada vez mais, vidas longas saudáveis.
bjs

Lucia Cintra disse...

Nossa, parabens pra elazinha! Tb concordo que vivemos longamente assim devido aos avancos da medicina, mas eu confesso que se fosse pra eu esquecer das coisas e nao entender o que acontece ao meu redor, prefiro nao chegar nessa idade. So valeria a pena pra mim se continuasse ativa (da melhor maneira possivel) e saudavel. bjos

Bordados e Retalhos disse...

Beth fiquei encantada com o seu post. Minha avó tem 92, não anda e praticamente nem se mexe. Mas apesar tudo está muito lúcida. Lembra de tudo, reconhece a todos. Sua irmã, minha tia Emília, tem 94 anos.Rosto liso, anda de um lado pra outro, toda faceira, lava até a louça na sua casa, mas não lembra de ninguém. Outro dia fui visitá-la e ela perguntou quem eu era. Expliquei e ela lembrou de minha mãe que faleceu há 23 anos. Comentei que ela estava muito bem, com a carinha boa, com saúde e considerando o estado da minha avó, ela realmente está muito bem. Ela me respondeu, tô boa nada, tô com tosse. Achei graça e ri também quem ouve a história contada por mim. Acham graça da simplicidade da tia Emília. Adorei conhecer a sua tia Amélia. Linda nos seus 100 anos ainda que a memória esteja falhando. Bjs

Mari disse...

Olha que mesa bonita. Parabéns à sua Tia Amélia!

pensandoemfamilia disse...

Já estive em festas de 100 anos e de uma pessoa ainda lúcida. Se pudéssemos nos orientar pelas flores, penso que talvez permaneceríamos joviais em qualquer idade.
Lindo este poema, linda a homenagem.

manuel marques disse...

Um beijinho para você e outro para a sua tia Amélia.

Teresinha Ferreira disse...

Que coisa bacana...É para admirar...
Bjs mil

Wilma disse...

Ah que lindo Beth!!! é um privilégio viver 100 anos!!! Parabéns pra sua tia!!! Eu sempre peço pra viver 100 anos, mas hoje peguei meu exame de sangue, e estou aqui a pensar, será que chegarei lá? Nessas horas todas nós pensamos no quanto ainda temos pela frente...sou tão apegada a esse mundinho terreno, rsrsrs

Yoyo Pizy disse...

Que linda essa senhorinha, Beth!
Fico pensando na minha mãe que irá completar 90 anos em agosto e acho que chegará, tranquilamente, aos 100, pois está bem e super lúcida.
Mas mudando de assunto, quem sabe nos encontramos mesmo, quando eu for aí.
Beijinhos paulistanos

Bia disse...

Que máximo Beth!! Parabéns para a tia Amélia! Ela é muito fofa!! :)

bjs

ML disse...

Parabéns à sua elegantérrima tia, Beth.
Desejo a ela paz e saúde.
Amei a frase sobre o calendário das flores - ansiedade pra quê?

bjnhs

Luciana Håland disse...

Beth, que lindo chegar até essa idade e poder comemorar. Realmente a medicina tem ajudado muito, quem sabe nós podemos chegar até os 100 anos e ainda por cima com muita lucidez...

Beijo

Lúcia Soares disse...

Beth, parabéns pra sua linda Tia e que Deus lhe dê ainda anos de saúde e paz, já que amor ela tem de sobra, vê-se por esta festa tão bonita.
Estou levando minha mãe à fisioterapia e as pessoas lá se encantam por ela, ela distribui beijos e abraços e eu fico só rindo, porque ninguém sabe a "ferinha" que ela é...rsrsr
Mas a velhice é muito boa com saúde, paz e amor. Acho que a gente pode até esquecer muita coisa, mas o essencial deve ficar bem guardadinho na memória. Basta revirar.
Um beijinho na sua tia!

Ivana disse...

Bethinha, que carinha gostosa que ela tem! E tem também brilho nos olhos, cheios de vitalidade! Ah, quem déra eu pudesse chegar a esta idade com toda esta força também!!! Um privilégio!
Um beijo!