.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

terça-feira, 15 de junho de 2010

Nelson Rodrigues ainda é atual


Tudo parou, como num romance de Saramago, só que é o próprio "Ensaio sobre as Chuteiras".

Os peões de obras foram embora mais cedo, cessaram os tratores, serras elétricas e escavadeiras. Os funcionários de estatais, multinacionais, lojas, escolas, tudo parado e no centro do Rio, um movimento bastante reduzido. O Brasil parou literalmente nesta terça feira e o ufanismo tomou conta das ruas, das sacadas, das janelas, dos bares, dos condomínios. 
As vuvuzelas em suas variedades tocaram insistentemente no início, durante e após o jogo.
Então nosso patriotismo é esse!
As bandeiras esticadas por todos os lados, multidões de fantasiados pela orla a caminho de um bar movimentado pela cervejada e pelos telões, nem mesmo nosso poeta maior ficou de fora. Enfiaram-no numa camisa da seleção.

(Imagem Google)

Então nosso patriotismo é isso!  Um país parar totalmente por causa do futebol?!  Será que a Europa também pára em dias de jogos de suas seleções?!

Será que não foi tudo confundido na cabeça de nosso povo?!  Não deveríamos vestir camisas verde e amarelas para ir às ruas reclamar do que vemos de errado num crescente?!

A máxima de Nelson Rodrigues continua viva "A Pátria de Chuteiras", somos isso então.




Tá, podem me chamar de chatinha mesmo!



20 comentários:

Yoyo Pizy disse...

Você faz parte de um pequeno grupo, amiga: o grupo das pessoas conscientes,sensatas e eu fico lisonjeada por ser amiga de pessoas como você, como a Glorinha.
(ainda que virtualmente)
Sabe, muitas vezes tenho economizado palavras por ser constantemente rotulada de chata, de "pessoa do contra" e em tantos momentos me senti sozinha na multidão mas agora, aqui na blogsfera, vejo que estou encontrando a minha turma, vejo que não estou tão sozinha em meus protestos.
Bjo no core

Françoise disse...

Ahhhhh, adorei e concordo em tudo!!!!
Sabe que estava aqui assitindo o jogo e perguntando pro marido se o Brasil estaria parado??? Já imaginava que sim, é claro. Agora veio a confirmação.
Santo Deus! Estão é todos cegos como Saramago já descrevia. A realidade hoje vivida em nosso país parece não assustar a ninguém. Estão todos indiferentes preferindo um certo distanciamento dos nossos problemas . É claro que menos pro futebol!!!!
E vamo que vamo amiga.....

Beijos

Beta disse...

Concordo com você. Hoje mesmo estava conversando sobre isso. Também acho um absurdo. É por isso que acho que somos "bitolados", todos nós!!!

bj

Néia (Dulci) disse...

Oxalá, tivéssemos uma população com tamanha vontade de botar a boca no trombone assim como nas vuvuzelas, saber exigir os seus direitos como cidadãos e lutar por uma democracia limpa, sem os atuais desmandos. Como é fácil esquecer as mazelas do nosso país, dois gols e tá tudo resolvido.

Heloísa disse...

Beth,
Hoje também falei sobre isso, como você já leu.
Até acho que podemos e devemos vibrar, mas sem parar o país.
Se fosse uma final, daí sim poderíamos pensar em um tipo de feriado.
Beijos.

Linda essa foto da rosa amarela sobre a bandeira.

gabriela disse...

Bom aqui não parou talvez porque o nosso povo não vive com tanta intensidade o futebol mas o povo brasileiro ama o futebol.
Nós cá costumamos dizer, Brazil é telenovelas, samba futebol e carnaval, nisso vocês são reis, parabéns pela vitória de hoje, o Brasil é o forte candidato á final, beijinhos

Bia Mendonça disse...

Amanhã tem jogo da suíça aqui, vou observar se as coisas tb param... mas sinceramente, duvido muito que parem!

bjos!

Lúcia Soares disse...

Pois é, Beth...Eu fiquei aqui, teclando, visitando blogs. Não assito ao jogo, porque fico muito ansiosa. É verdade que devemos nos alegrar, devemos tentar esquecer um pouco os problemas, mas parar tudo? E se o Brasil for às finais? Como será? Acho um abuso, como falei pra Heloísa.
Bj

Luma Rosa disse...

O futebol é o ópio do povo!! Povo que se ilude para esquecer, pelo menos temporariamente da desgraça de seu cotidiano!
Outros povos usam do futebol como um 'passatempo', mesmo conscientes da tristeza do povo iludido e também se iludem em pensar que um dia esse povo perderá a ilusão e se interessará pelos reais problemas do país.
Vivem dois povos com conceitos diferentes de ilusão que inconscientemente acreditam que um não entende nada do que é verdadeiramente a vida. Com bola ou sem bola, tudo é ilusão!!

Tá, eu entendi! Mas só queria contrariar! (rs*) Beijus,

Tati Pastorello disse...

Preciso aplaudi-las!! Muitas vezes deixo de comentar para não cortar a alegria dos amigos, minha cunhada está emplogadíssima, amigos, hoje no trabalho uma porção de gente com camisa verde-amarela, no ônibus, os poucos que se deslocaram, idem. Fico sem entender! Queria tanto ver brasileiros mobilizados assim e dia de eleição!!
Aplaudo você, Glorinha e Yoyo! Chatas não, amiga. Chato é viver nesta realidade... Chatas são estas cornetas inconvenientes e seus tocadores imbecilizados... Isso é chato!!
Beijos.

www.comtextosdavida.com disse...

Olá!
Graças a Deus ainda existem pessoas conscientes. Comungo das suas ideias.Isso para mim não passa de patriotada de um povo que não tem consciência dos problemas que assolam o país.
Abraços Lais

Luciana Håland disse...

Beth, já pensei sobre isso também, mas aí vem na cabeca o quanto o trabalhador recebe pra se matar de trabalhar todo mês, digo dos 'peões' mesmo, e que se puderem parar durante os jogos do Brasil na copa, e puderem se permitir e serem permitidos a ter essa alegria, das poucas que a vida proporciona a esse povo sofrido, então porque não?!!!

É difícil pensar em patriotismos mesmo quando se rala pra sobreviver, acho eu. Quando se ver tanta gente se dando bem, tanto gente com orgulho do tal jeitinho brasileiro, tanta gente com menos qualificacão mas tomando o lugar de quem tá qualificado somente porque sabemos dos arrumadinhos... Enfim, mesmo eu não gostando e não vendo o futebol, ainda assim entendo a quem vive essa alegria fantasiosa por um período.

Sei lá, complicado!

Beijo

lynce disse...

Minha querida e amiga do virtual, a rapaziada por esta Europa fora, não parou em consequência do futebol. Aliás, não é normal parar para ver o futebol, mas a frustração foi enorme, pelo menos para alguns.
O nosso maior problema é termos um seleccionador que só pensa em mulheres e pouco sabe de bola, mas enfim, foi uma nomeação politica e só nos resta aguentar.
Bem, como este comentário já vai longo, só te quero dizer aqui que ninguém nos ouve, que eu aposto tudo no Brasil. Apesar do jogo de ontem não ter sido muito bem conseguido não tenhamos dúvidas, a Coreia do Norte corre p`ra xuxu e acredita, ainda vai fazer a vida negra a Portugal e à Costa do Marfim.
Beijinhos do lado de cá do rio.

Georgia disse...

Beth, teu texto tá coberto de razao. Por aqui nao para nada, nem pra futebol, nem pra carnaval e nem para natal. Para isso acontecer as pessoas têm que pegar esses dias como férias e ai ninguém faz. Todo mundo trabalha aconteca o que acontecer.

Ms penso tb que tudo isso acontece porque as pessoas já nao acreditam mais no país, mesmo num futebol desacreditado, o Brasil parou. Há muitas outras necessidades envolvidas minha amiga.

Bjao

Glorinha L de Lion disse...

Oi Bettita! Como sabe, concordo com tudo! E já tem gente me chamando de chata...mas eu torço! Não consigo não torcer...tá no sangue da gente, é cultural...mas uma coisa me intrigou, como é que conseguiram enfiar essa camiseta na estátua do Drummond? será que cortaram e depius costuraram? Cultura inútil eu sei, mas fiquei curiosa... beijos.

Bordados e Retalhos disse...

Beth estou assustada com o que estou vendo nas ruas. Acho que as pessoas estravasam sua raiva, suas frustrações durante os josgos da copa do mundo Que coisa mais louca! Aí nesse dia todo mundo veste a camisa do Brasil! Onde vamos parar desse jeito? Confesso estou assustada. O que vi ontem foi histeria pura!Ótima sua reflexão. Bjs

Ivana disse...

Beth, é verdade!
Eu não sou muito ligada em copa, nem em futebol, mas neste dia o hotel parou. Literalmente. Nenhum ovo foi fritado na cozinha, acreditas? Nenhum hóspede pediu nada, reclamou de nada. Na verdade, eles "sumiram". Os telefones silenciaram. Nós, funcionários, fomos convidados a ir para uma sala com telão, pipoca e coca-cola. Eu fui. No meio do jogo, levantei e fui olhar pela janela para ver o movimento: quase nenhum carro nas ruas. Loucura isso... Eu, particularmente, acho bizarro.
Beijos!

Vivi disse...

é !!!!!
pode me considerar uma chatinha tb viu!!!!
bjs

cantinho she disse...

rsrsrsrsrs não te achei chata não, te achei consciente, mas é sempre bom dosar, o equilíbrio é sempre a melhor opção, então podemos fazer tudo que fazemos na época de Copa, mas concordo que deveríamos ter a mesma disposição para lutar por um país melhor sim, fica a dica, né?! Adorei, parabéns pelo post!
Beijo, beijo!
She

Dani dutch disse...

OI Beth, a mesma euforia que é voltada ao futebol deveria ser igual para a cobrança de melhorias para nosso país...
fomos todos nos acomodando, deixamos as coisas fugir do controle e passamos somente a enxergar coisas que nos trazem alegrias momentaneas. bjuss