.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Uma ética pela paz




A ternura é o cuidado com o outro, o gesto amoroso que protege. O vigor é a contenção sem a dominação, a direção sem a intolerância. Ternura e vigor, ou também "animus" e "anima", constroem uma personalidade integrada, capaz de manter unidas as contradições e se enriquecer com elas.


Aqui se funda uma ética, capaz de incluir a todos na família humana. Essa ética se estrutura ao redor dos valores fundamentais ligados à vida, ao seu cuidado, ao trabalho, às relações cooperativas e à cultura da não-violência e da paz.

Leonardo Boff 





16 comentários:

Gisa disse...

É Betinha, e viva a paz !!

Flávia Fayet disse...

Obrigada pelos elogios ao novo layout! Pura paixãoooo ne? Se Deus quiser o Be vai ser hexa! Heheheh Espero q a seleção me de um prsentão de niver e ganhe o 1º jogo! To fazendo 31 aninhos hj, ou se é pra dar sorte como diria o ZAgallo, 13! RSrsrsrs Beijao

Glorinha L de Lion disse...

Assino embaixo, embora a essa hora da madruga tico e teco tão dando cabeçadas um no outro pra ver quem desmaia primeiro....rsrsr, boa noite!

ML disse...

Dá pra dizer que é amor, amizade, maternidade, paixão verdadeira sem a tal da e t i c a ???
"Na na ni na não!"

bjnhs

PS: adorava soprar esta flor, quando era criança, lá na serra! Acabei de matar a saudade aqui!

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

A verdadeira ternura, o respeito e cuidado com o outro... coisas tão em falta hj em dia. A maior crise do ser humano é a de valores.

Um bom dia pra vc, gostei muito do post.

bjs

Marliborges disse...

Grande Leonardo Boff, sempre escrevendo lindamente, e com ternura. Essa flor, tenho muito aqui em casa, meus netinhos adoram soprar. Eu ensinei pra eles, (ih, coisa do meu tempo,hehe!) Bjsss e bom dia.

Bia Mendonça disse...

Beth!! Fui no Convent Garden 2 vezes!!! Adorei sua dica, e não era algo que estava no nosso roteiro, mas que eu teria odiado perder, o mercado é lindo e do jeito que eu gosto. Fomos tb no Jubilee que fica bem do lado!!

Obrigada pela dica!!!

bjos

Macá disse...

Pequeno e grandioso esse texto do Leonardo Boff.
Acho que precisamos nos lembrar sempre desses pequenos gestos.
bjs

Tati Pastorello disse...

Oi Beth, que lindo texto! Casa direitinho com o que estou lendo num livro do krishnamurti, que fala que nações e religiões são apenas uma forma de separar os iguais. Amei quando li, pensei até em transcrever para o Blog (talvez ainda o faça), mas estas palavras do Boff estão na mesma linha!!
Bom demais!!!
Beijos.

Ana disse...

Parece tão simples, né?
Mas é uma grande conquista, que depende de cada um de nós...

Heloísa disse...

Beth,
Belas máximas.
Seu autor tem textos maravilhosos.
Bjs

Lúcia Soares disse...

Isso é educar, não?
E ser intolerante e dominador é o pior caminho.
Gosto muito de Leonardo Boff e do Frei Betto, seguem a mesma linha.
Estou com um texto do Frei Betto para publicar, mas precisa de autorização e já enviei o e-mail para o site onde o li. É sobre a família e lindíssimo.
Beijos!
(Tá começando o jogo! Pra frente, Brasil

Teresinha Ferreira disse...

Oi Beth,
Como vai?
Estou de volta à realidade. Que ilha da fantasia magnífica. Pensei muito em você.A nutricionista mandou um beijo.
Aquilo que é ter paz interior. Apesar do frio intenso, amei. Sabe, é revigorante e animador.
O cuidado com o outro, lá, é muito especial.
Fique bem. Bjs mil

Rosamaria disse...

É bem assim que a gente gosta!

Beth, tem um meme lá no blog pra responderes se quiseres.
Bjim, cosquirídia.

Lu Souza Brito disse...

É isso que quero para mim Beth!

Dani dutch disse...

Beth outro dia conversa vai e vem, e uma das brasileiras me disse que eu era diferente de todas que ela havia conhecido aqui, que eu era carinhosa e sempre preocupada com as pessoas, mas na verdade sou assim mesmo, gosto de ver as pessoas ao meu redor bem, e tudo na plena paz. bjuss