.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

terça-feira, 3 de março de 2015

Plantar e colher vida.

-Tumblr.-
Enquanto assistirmos passivos à destruição da nossa querida Gaia, Mãe Terra, o futuro de nossos filhos e netos estará sendo comprometido e eles não terão oportunidade de ver a beleza dos frutos que nascem virgens das árvores e tanta diversidade no meio ambiente que nos cerca.
Queremos frutos sem agrotóxico, sem manipulação genética, sem a morte escondida nos gomos dos sucos e nas embalagens fechadas e que poluem mais e mais o nosso mundo.

Sim, há muita destruição e inconsequências, mas há também os que trabalham em prol da vida e de garantir o melhor para as próximas gerações.  Há os que semeiam no hoje para serem colhidos pelos que virão amanhã, num trabalho de plena amorosidade e consciência. Cada folha, flor e fruto de uma árvore são símbolos de esperança para o amanhã.

Vejam a ideia original deste fabricante de papel que pode ser usado para bloquinhos, convites variados, lembrancinhas, envelopes ou caixas para presentes - você usa e ao jogar fora, ele se transforma em vida, em verde, em alimento, pois neste papel reciclado, ecológico e artesanal tem sementes de temperos ou flores. Melhor ainda se ao se desfazer do mesmo, picá-lo e colocá-lo em um vaso.
Em breve poderá colher e usufruir de rúcula, salsinha, manjericão ou enfeitar sua casa com algumas florzinhas.


Pinterest
Você poderá saber mais sobre o Papel Semente neste site: http://www.papelsemente.com.br/

Sempre haverá cabeças pensando em algo para o bem, basta que acompanhemos estes rastros de bondade e genialidade e que ajudam, mesmo que em doses menores, a manter este planetinha habitável e sadio.

Vale a pena sempre lembrar de atitudes simples que alegram nossa Mãe Gaia e que principalmente nós, seres humanos, seremos diretamente beneficiados, como:

Separar corretamente o lixo orgânico, de latas de alumínio, 
de papéis e de metais;
evitar o desperdício de água;
usar lâmpadas fluorescentes, tanto pela
durabilidade como pela possibilidade de reciclar ao final do uso;
optar por caronas solidárias;
andar de bicicleta ou a pé diminuem o nível de
emissão de gases nocivos à atmosfera.

E AQUI a ideia mais fantástica e inovadora para transformar cemitérios em lugares cheios de vida e a visão de boas recordações das pessoas que se foram. Adorei!








Lá em casa crescem pro futuro: tangerina, limão, jaboticaba, pitanga.









17 comentários:

✿ chica disse...

Beth, essa preocupação é algo que temos há muito tempo. Pena que ainda há os que destruam, estraguem o nosso planeta. Por isso, aplaudimos essas invenções e parabenizamos! Adorei ver! beijos e que muitas sementinhas sejam plantadas e germinem! bjs, linda semana,chica

Ana Paula disse...

Beth como se faz necessário tomarmos conhecimento de atitudes, das pessoas que estão fazendo pelo planeta o seu melhor. Podemos deixar de ser passivos nessa destruição e mudarmos o foco, as escolhas. Trabalho de formiguinha para um grande resultado.
Adorei saber! Beijo.

Ivone disse...

Bom dia amiga Beth, amei ler e ver, ainda bem que nem tudo está perdido, cada um fazendo a sua parte já está bom!
Deixo abraços apertados!

Lení disse...

Oi Beth! Simmm, muito legal esse papelzinho. E maravilhosa a tua dica de distribuí-lo em forma de lembrança, campanhas. Nas escolas seria ótimo! Tive um e fiquei encantada...era de boca-de-leão. Plantei-o conforme as instruções, mas infelizmente não vingou. Plantar e reciclar é fundamental. Quem sabe, um dia, irei aí na tua casa me deliciar com tangerinas, limões, jabuticabas e pintangas. Hummm... Beijos! Boa colheita...

Jô Turquezza disse...

Oi Beth, adorei esta ideia.
Como precisamos de cuidados com nossa Terrra, não é?
Todos fazendo um pouquinho ajuda muito.
Vou ver o site e compartilhar.
Obrigada pela informação.
joturquezzamundial
Beijos.

Maria Luiza disse...

UAU!!! Que ideia fantástica esse papel com sementes que germinarão!!! Aplaudindo estou! No fundo há esperança do verde renascer... ele há de renascer. Não podemos viver só nessa tristeza, não! Um abraço bem dado, querida!

Maria Célia disse...

Oi Beth
Palavras verdadeiras, sábias, ditas com muita propriedade.
Esta ideia das sementinhas é espetacular, que genialidade de quem criou esta coisa magnífica.
Com relação ao projeto do cemitério de árvores, não tenho opinião formada, é muita tradição pra ser mudada.
Um beijo, querida.

Wanderley Elian Lima disse...

Super legal, não conhecia. Amei.
Bjux

Calu B. disse...

Betinha, que alegria saber de ideias e iniciativas tão importantes. Penso muito em tudo que vc apontou, no futuro da nossa querida Mãe Gaia pras futuras gerações.Torço pra que meus netos e netas desfrutem de cada maravilha natural e aprendam( o que já acontece) e habituem-se nos cuidados e preservação do planeta Terra_ nossa casa.
Tua postagem me trouxe conforto.

Aqui em casa cresce romãzeira, coqueiros e um pé de acerola :)

Bjkas amiga.
Calu

Márcia Cobar disse...

Oi Betinha linduca,
Que ideia mais fantástica essa de misturar sementes ao papel, fiquei encantada com a terceira foto! Eu adoraria receber algo assim...
Vou visitar o site agora ;)
Beijos e obrigada pela dica ;)
Márcia

Lúcia Soares disse...

Do papel que se recupera, gostei.
Mas do corpo em cápsulas que criarão raízes, não...
A natureza está sendo rigorosamente violentada, isso há milênios mesmo, acho que desde que o mundo foi habitado.
Cada nova tecnologia, que tanto apreciamos, nos custa algo do bem-estar natural.
Os homens são predadores, essencialmente.
Beijo, Beth.

Beatriz disse...

Gente comum, ideias brilhantes! Bato palmas para a criatividade em prol do bem comum e da natureza. Afinal, se não cuidarmos do meio ambiente, nossa própria espécie desaparecerá da face da Terra! Aqui em casa é lei, sempre procuro comprar o que pode ser ser reciclável, na medida do possível, e não desperdiço nada. Até envelopes que vêm com correspondência são reutilizados aqui.
AMEI a matéria, Beth! Você sempre nos trazendo novidades ambientalmente corretas!

Beijinhos

Bia <°))))<

ML disse...

Posso apostar que, na tua casa, o que cresce mais do que tudo são o senso, a sensibilidade e o amor! bjs, Beth!

Teresinha Ferreira disse...

Brilhante essa ideia! Que o mundo tenha muitos papéis frutíferos e repletos de sementes.
Amo a capacidade de criação.
Beijos mil

Regina Rozenbaum disse...

Sempre há esperança né Bethita?! Eu semeio meus vasinhos aqui no meu apê: manjericão, salsa, cebolinha e cebolete, alecrim, sálvia, etc. Já no sítio dos amigos e da irmã... semeamos e plantamos de um tudo...árvores frutíferas e outras. Euzinha já posso dizer que fiz um filho, plantei uma árvore e agora só falta escrever um livro rsrs.
Beijuuss

Bia Jubiart disse...

Oi Beth!

Fiz uma postagem sobre essa empresa aqui http://www.jubiart.com.br/2014/03/jubiart-ficando-cada-vez-mais-verde.html#comment-form

O cartão de visita da Jubiart, é feito de papel semente. Achei também a ideia fantástica, os clientes se encantam.

Bjos tocantinenses!

Carmem Grinheiro disse...

Ainda tem muuuito boa gente que não tem esse cuidado. E gente dita "culta" - vá-se entender o ser humano.
É no nosso meio, em cada pedacinho feito, em cada conscientização do outro - que você aqui faz tão bem - que vai se fazendo a diferença.
As crianças são bons a "educar" os adultos - sendo um meio usado pela escola, já não é de agora, para chegar a cada casa.

bj amg