.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

quinta-feira, 20 de março de 2014

Em sociedade.

-Pinterest-

Não há dia em que na rua, no metrô, no supermercado, na lanchonete, no táxi, no escritório, na fábrica, no engarrafamento, na praia, no jantar no restaurante, no cinema, teatro ... não nos vejamos frente a grosserias de toda a espécie, cotoveladas desnecessárias, palavrão falado em alta voz, olhares cruelmente críticos, palavras racistas ou sexistas. Muito além da individualidade que vem crescendo entre nós, os seres pensantes, a convivência em sociedade está a cada dia mais assustadora, principalmente se a educação continuar a encolher como nos últimos quinze anos.
É claro, há também olhares que sorriem gentilmente e palavras que tranquilizam, mas sobretudo, tanta indiferença.

Por esta razão, nós que já sabemos de tudo isto, temos obrigação de conversar e mostrar para outros ainda não esclarecidos, principalmente às crianças de nossas famílias, como devemos viver em sociedade e os recursos para um bom convívio.

Na cena social são pequenas gentilezas, reconhecimento e respeito aos outros que precisam ser relembradas. Abaixo, 10 regras de boa convivência social que todos devemos praticar:


1-Ao subir numa escada rolante, fique à direita e deixe a esquerda livre para as pessoas com pressa.


2- Responda os e-mail que receber, mesmo que seja com um “ok”. Nem todos usam ou têm a opção de confirmação automática de recebimento.


3- Desligue ou deixe seu celular em vibra call quando estiver em reuniões ou conversando com amigos. Isso é respeito. O mesmo em cinemas, teatros, templos.

4- Coloque as coisas de volta de onde você as encontrou.

5- Fique quieto quando outras pessoas estão dormindo. Isso significa mais do que não falar – não bater portas, gavetas.. e não arrastar cadeiras.

6- Segure a porta se tiver vindo alguém atrás de você.

7- Olhe para as pessoas ao redor. Você não é uma ilha. Isto acontece muito em restaurantes a quilo, deixando as demais pessoas muito tempo a esperar.

8- Entenda que sua profissão ou nível de escolaridade não o faz melhor do que ninguém e que, os maiores indicativos de sabedoria e maturidade estão relacionados a melhor convivência humana.



9- Jogue o lixo no lixo - das ruas, praias, praças... e em casa, tente reciclar, não misture lixo orgânico com lixo reciclável.

10- Lembre-se que nem todo mundo tem o seu mesmo gosto musical. Não aumente seu som achando que todos vão curtir também; aprecie a sua boa música em você e não nos outros.*


Você sugere algo mais? Escreva nos comentários, tenho certeza que esta lista será bem ampliada para os dias atuais.




Tumblr.
Enquanto isso, os animais irracionais dão um banho de carinho e convivência harmônica.





Fonte aqui*.



19 comentários:

Silvana Haddad disse...

Beth:
Da sua listinha básica, uma das coisas para as quais tenho tolerância zero é fila de buffet e música em alto volume.
Acho de tudo o que você mencionou, são as piores atitudes.
E acrescento que cumprimentar as pessoas, quando passamos por elas ou entramos no elevador é um ato cordial que eu pratico, sem o menor constrangimento.
Assim como ser simpático e educado com funcionários e pessoas mais simples, pois merecem nosso respeito.
Bjs.:
Sil

Teresinha Ferreira disse...

Nossa, que postagem linda e interessante!
Sabe, percebo o quanto as pessoas estão mudadas. Correndo pra lá e pra cá, sem noção do tempo e do espaço.Invadindo a privacidade do outro para o seu conforto e bem estar.
A convivência com o próximo está caótica e assustadora.
Desde já,converso muito com o netinho de cinco anos e sei que não é nada fácil educar, hoje mais ainda, mas mesmo assim, temos que ensinar as regrinhas básicas para viver em sociedade.
Seria tão bom se essas dez regras fossem respeitadas...
Fiquei arrepiada com o gato e o bicho que tenho medo, mas é por ai mesmo...Abraçar o outro sem preconceito e com muito amor.
Beijos mil

✿ chica disse...

Lindo lembrete aqui,Beth! E a lista bem feita:

Lembrei de:

1- ao pegar o nosso carrinho do supermercado,se tiver alguém esperando para o seu buscar, oferecer aquele que pegamos. Não nos custa esperar um minuto.

2 - Nos prédios, ao ver um vizinho entando no portão do prédio e nós esperando o elevador para subir, podemos esperar os vizinhos. Encontrar o elevador aberto é muito bom,!


Tantas são as maneiras. Hão de ser listadas muitas!


beijos,tuuuuuuuuuuudo de bom,lindo OUTONO pra ti e teus, chica

Calu B. disse...

Listinha imprescindível, esta , Betinha, exatamente como vc muito bem apontou e ilustrou, tão escassa nos dias atuais.
Vc elencou os dez ítens mais importantes,os demais que se somarem irão aprimorar a polidez e a civilidade tão esquecidas.

Adiciono" o falar em tom moderado em público/respeitar os avisos de : não fumar - não buzinar frente a hospitais/ diminuir a velocidade do carro em ruas com escolas e grande movimentos de pedestres."

Mais uma preciosa reflexão e alerta vc nos traz, amiga.
Grata por isso!
Bjos e bom final de semana.
Calu

Regina Rozenbaum disse...

É Bethita, como falo sempre: viver é fácil, CONVIVER é que anda difícil mesmo! Cada dia pior. Tem outras tantas coisas sim que poderíamos acrescentar, mas se seguirmos essa lista já está ótimo né mesmo?!
Beijuuss e bom fds

Wilma Santos disse...

Oi Beth, quanto tempo...essas que você colocou se fossem observadas já me daria por satisfeita, a que mais tenho assistido são as conversas dramáticas ao celular que você acaba tendo que participar sem querer. No mercado acrescentaria aquela pessoa que leva sua mercadoria e deixa o carrinho pra você que está atrás retirá-lo, ou o esperto que usa duas filas, com aquele carrinho superlotado que de repente pousa na sua frente, AFF!! Os não humanos nos dão aula!! lindas fotos, o gatinho muito fofo.

Cristina Pavani disse...

Excelente noite, Alfazema! Espero que esteja ótima!
Muito pertinente seu post; hoje em dia crianças tomam lugar dos idosos, adolescentes viraram imperadores.
Quando admoesto meus miudinhos sobre postura incorreta, abaixo-me e digo: _ Eu gosto muito de você, porém detesto esta atitude inadequada; não deve repeti-la!

Aqui no interior, praticamente não temos elevadores e escadas rolantes, vivemos em casas térreas, contudo temos outros atos de desrespeito, como apertar frutas na feira livre, jogar papel pela janela do carro, não fechar a porteira do sítio.

Beijos outonais procê.

Maria Célia disse...

Olá Beth
São 10 regras muito importantes para vivermos em sociedade, algumas delas
deixaram de valer pra muita gente sem noção e respeito.
Contudo, ainda vemos estas mesmas regras praticadas e adotadas diariamente por muitas pessoas, o ser humano ainda tem salvação.
Eu acrescento à lista - um bom dia, boa tarde, como vai, tudo bem, aos vizinhos, não só os que moram mais próximos, mas que se estenda aos do seu quarteirão.
Beijo pra você.

ML disse...

Exato, Beth, conviver é respeitar, né?
Dentre todas as regras, a que me incomoda muito é o (mal)
uso do celular. Há de se ter limite, afinal se quem está do outro lado da "linha" é tão mais importante do que quem está ao lado... Migra, migra.... Bjnhsssssssss

pensandoemfamilia disse...

É triste Beth, mas a realidade. E nos ônibus, os jovens querem subir e descer rapidamente e não dão passagem aos mais velhos.
bjs, Bom final de semana

Lúcia Soares disse...

Esta lista é interminável, Beth.
Adorei as imagens. Improvável um gato e um lagarto, mas possível. Lindezas.
Sou intolerante com muita coisa, regras para se viver bem em sociedade parece que se perderam no tempo. Vejo pelos netos, por mais que os pais eduquem, proíbam, falem, castiguem, dão exemplos, atualmente a escola está sendo uma grande deseducadora. Para duas crianças bem educadas existem 8 cujos pais não estão nem aí, podem tudo, e se tornam insuportáveis e modelos para os outros, pois crianças são altamente "copiadoras".
Viver em sociedade hoje está sendo bem desgastante, em vez de prazeroso.
Beijo e bom fim de semana.

VERINHA TIBURSKI disse...

Olá Beth
Infelizmente a educação esta decaindo mesmo, sempre aprendemos a respeitar o limite do outro, mas infelizmente o outro não esta respeitando o nosso.
A sua lista esta barbara e concordo com ela, o celular é algo que não me conformo com a falta de educação das pessoas em simplesmente atender e deixar-me falando sozinho.
Disse a minha filha para sempre cumprimentar os mais velhos, mas outro dia ela disse bom dia para um senhor e ele falou umas gracinhas que ela se sentiu muito mal. Não esta dando para ser muito educada em algumas horas, pois até os mais idosos estão perdendo a compostura. Porem não podemos entrar no nivel deles ainda acreditando que ainda há mais pessoas boas do que ruins.
Agradeço a visita carinhosa.
Um maravilhoso domingo. Beijos

Felisberto Junior disse...

Olá,Boa noite,Beth
Belo texto...
penso que uma das maiores dificuldade de convivência harmônica entre as pessoas se baseia que por sermos um ser social por natureza ,somos simultaneamente, um ser egocêntrico. Portanto, e, paradoxalmente,conviver com o outro também é difícil e no âmago de uma sociedade , ninguém é culpado pelo simples fato de ser uma pessoa diferente de nós, porém, nos é permitido e até desejável estarmos inconformados com o fato de termos de engolir alguns desses comportamentos/modos(descritos em seu post). Por vezes,temos a compreensão, complacência e tolerância para nos adaptar...mas , tudo tem limites.
... de sua lista, não "tolero muito", o item 4 (colocar de volta) 5 ( sono alheio) e 10 ( nem todos tem o mesmo gosto musical)
Bem, pelo menos, todos, fomos dotados de um atributo muito especial: somos capazes de mudar, de procurar um amanhã melhor que o hoje, através de mudanças de posturas e de atitudes diante dos semelhantes e da vida...
Obrigado pelo carinho,belo final de semana, beijos

Neno disse...

Essas regras são muito importantes!
Gostei do post!
Acho que tem mais uma: as pessoas muitas vezes não dizem um simples " boa tarde", ou até um "oi".
Obrigado pela visita!
Bjs do Neno

Anne Lieri disse...

Nossa,que gatinho mais fofo com esse lagarto! Achei um encanto! Seu texto está perfeito,disse tudo! Parece que a cada dia as regras básicas de educação estão diminuindo...por duas vezes essa semana fiquei parada atrás de duas madames que dirigiam falando ao celular. Acho um desreipeito e sem falar na segurança! Uma delas passou no vermelho. Bjs e boa semana,

Bia Hain disse...

Beth, as dicas garimpadas são fantásticas e ao mesmo tempo, tão fáceis de incorporar ao hábito... basta apenas cuidado e boa vontade.
Tenho sentido essa grosseria crescente à flor da pele nas pessoas... falta amor no mundo. Um abraço!

Mauj Alexandre Imamura Gonzalez disse...

dicas importantíssimas, mae Gaia. um pouco mais de respeito, de carinho com o meio/outro é tão bom, ne?

eu complementaria que "menos é mais". ou seja, menos gritos, menos bagunça, menos "alegria"... às vezes sinto q nosso defeito, como brasileiro, é o excesso. só no exagero que nos sentimos "confortáveis" e isso não é legal tb, por invadir o espaço do outro, etc.

um bjo. boa semana

ML disse...

E ref. regra 5- "Fique quieto quando outras pessoas estão dormindo. Isso significa mais do que não falar – não bater portas, gavetas.. e não arrastar cadeiras."
Incluiria: "não ronque enquanto os outros estão tentando dormir"
: > )))))
Senão, aguenta o barulho!!!!!
: > )))))

bjssssssssssssss

Augusto Sperchi disse...

Olá Beth!
Não conhecia seu blog e perdi tempo por isso, mas vindo do belo espaço da Silvana, e por meio da Anne (pessoas humanas e que adoro) estou aqui assinando em baixo do seu texto, de tão verdadeiro e necessário.
Se me permitir copiar as regras de boa conduta, as repassarei para meus alunos, tão carentes de uma educação que não estão tendo em casa e na sociedade. Ele apenas reproduzem a falta de valores e o desrespeito que também sofrem. Tristes trópicos, não?
Um grande abraço e tenha bons dias!