.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

domingo, 1 de setembro de 2013

Além de praias e florestas.


Assim como andar de táxi no Rio é caminhar no escuro, ir a certos lugares também. Tanto para cariocas como eu de longa data, mas que já encontra tudo tão diferente do que viveu há tantos anos atrás, como para quem vem de fora e se enrola no trânsito para chegar a determinados lugares que, ao final, se mostram curiosos, simpáticos, alegres e descontraídos. Então, antes de mais nada, faça o roteiro, ligue o GPS e vá com fé!

E lá fomos nós ontem conhecer um lugar que tem muitas misturas de classes e uma verdadeira reunião de cores, cheiros e cenas protagonizadas pelas centenas de vendedores de plantas, flores, frutas, legumes e verduras e que chegam cedinho a este imenso mercado em seus caminhões e, além de vender, cantam e se divertem em meio àquela confusão toda no bairro de Benfica na zona norte do Rio. Um lugar com a alma dos portugueses que aportaram aqui desde o início da nossa colonização.

"A Cadeg é o mercadão que serve aos chefs, hoteleiros, floristas e todos aqueles que buscam um bom negócio. O Centro de Abastecimento do Estado da Guanabara, a famosa Cadeg, surgiu na década de 1950, para centralizar a bagunça da distribuição de produtos direto da fonte. O centenário centro de abastecimento do antigo estado da Guanabara, recentemente ganhou o título de Mercado Municipal do Rio de Janeiro. Esta babel alimentícia inclui um mercado de flores, alimentos, lojas e centro gastronômico com restaurantes chiques e pés-sujos."

Aos sábados, o clima é um pouco diferente, tem música ao vivo, cerveja gelada, bolinhos de bacalhau suculentos, vários bares e restaurantes que servem comida com o que há de mais fresco do mercadão e com porções fartas. O bacalhau é vendido e cortado em pedaços pelos comerciantes de acordo com o que o cliente escolhe. Há vários tipos de bacalhau à disposição para a venda e o preço é relativamente bem mais barato do que em qualquer outro lugar. E os acompanhamentos, como um bom vinho e azeite, têm aos montes, basta apenas pesquisar e comprar, encontra-se bebidas com preços bem abaixo do mercado.

Encontra-se também uma variedade de bebidas portuguesas como este inusitado licor abaixo.

"Em 1974 nascia o Licor de Merda. Tudo começou quando nossos ilustres colonizadores Lusitanos passavam por um período conturbado, marcado pela luta entre os políticos de esquerda e de direita duelavam pelo poder. Neste contexto, o Licor de Merda foi criado para “homenagear” algumas autoridades que então governavam Portugal" - imaginem como seriam tais autoridades.
Não fazendo jus ao seu nome, o licor de merda é um licor saboroso e fácil de beber. Feito à base de leite , também contem baunilha, Cacau, Canela, Açúcar e Citrinos.  (Fonte)

Como tudo nesta cidade, a mistura das coisas é que a torna interessante e humana, por isso é difícil ficar um final de semana dentro de casa com tanto para se ver e fazer lá fora.

-Google-








23 comentários:

✿ chica disse...

Puxa,Beth!

Que beleza de passeio esse e imaginei cada cantinho lindo ali! Deve ser uma bela mistura de cheiros, perfumes, flores...

Adorei e esse licor, bem original.

Imaginei como seria o nome se fossem dedicados aos nossos políticos... beijos,chica, lindo e feliz SETEMBRO! chica

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

q delicia! eu adoro lugares assim! quero mto conhecer.

esse licorr hahahahhaha puxa, mas deve ser saboroso. dá vontade de comprar, beber..e mandar só a garrafa pros chatos rs

bom setembro, mae Gaia

Sonia H disse...

Transmissão de pensamento! Tenho pensado muito em ir lá conhecer! Quero procurar lindas flores para minhas jardineiras.
Beijos,

Ritinha disse...

Que passeio legal fiz agora e quanta coisa existe por aí que nem sabemos existir.
Tudo muito bom..
Bom demais!
bjs
excelente semana
Ritinha
:)

Teresinha disse...

Olá Beth,
Fiquei até com vontade de conhecer. Acho bacana explorar lugares. Conhecer seus encantos, cores e sabores.
Esse licor deve ser uma delícia.
Hoje esse licor pode homenagear muita gente por ai. rsrs.
Beijos mil...Saudades...

Silvana Haddad disse...

Beth:
Vim te dizer que seu blog é uma delícia de navegar, e nunca tive problemas de acesso.
Quando ao Mercado Municipal, é um lugar maravilhoso pra se passear e saborear comidinhas gostosas.
Fiquei aqui imaginando o sabor do licor, pois gosto de tudo que tem baunilha e canela. Vou até procurar e ver se consigo encontrar no Mercado Municipal aqui de Curitiba.
Boa semana.
Bjs.:
Sil
http://www.meusdevaneiosescritos.blogspot.com.br/

Priscila Ferreira disse...

Que delícia de passeio! quero conhecer, e o bolinho de bacalhau hmm fiquei com água na boca!
beijos

Anne Lieri disse...

Que lugar mais gostoso de passear!Deve ser maravilhoso mesmo,o movimento,o cheiro das frutas,flores e o fim de semana musical.Fotos lindas e o licor fiquei interessada em mandar pro Congresso Nacional!Bjs e uma ótima semana,

Palavras Vagabundas disse...

Beth,
já frequentei muito a Cadeg, em épocas de produção, adoro o lugar, os cheiros e as cores, belo passeio! E desses lugares que só os moradores conhecem o que o torna quase um segredo.
bjs
Jussara

Calu B. disse...

Betinha,
um passeio pra lá de prazeroso, regado a gostosos acepipes e bebidinhas imperdíveis.Esta incrível movimentação de gentes e especiarias, flores, cores e sabores são uma alegria antiga, preservada em bairros assim.Uma boa pedida!

Bjkas,
Calu

Regina Rozenbaum disse...

A-DO-REI Bethita! Aliás amo mercados, feiras e afins. Queeero conhecer esse CADEG! Ah esse licor...kkkkkkk não faltam políticos pra gente presentear, né mesmo?! Agora pelos ingredientes deve ser uma delícia!
Beijuuss

Malu Machado disse...

Beth ! Que achado! Não conhecia esse lugar.Ando tão afastada do meu Rio. Nossa, fiquei super a fim de conhecer. Belo post. Sobre o Licor de Merda, tenho uma historinha sobre um certo vinho francês. Um crítico fez uma matéria em uma revista especializada dizendo que o vinho em questão (não me recordo o nome) era uma merda. Os donos da vinícula ficaram indignados com o jornalista. Entre o assessor de imprensa e o advogado, preferiram ouvir o advogado que aconselhou processarem a revista. Todos ficaram contra a vinícula. "Censura", diziam uns. E rapidamente quem não sabia do caso ficou sabendo. Resultado: Até hoje quando alguém chega a um restaurante na França pedem: "Me vê aquele vinho de merda" !

Maria Célia disse...

Ei Bety
Muito bacana este mercadão, certamente é um passeio bem pitoresco.
Aqui em BH também tem um o Mercado Municipal, já virou ponto turístico.
Beijo

luci disse...

Bety que delicia de passeio , amei beijos Luci

ML disse...

Muitas Queridas - como vc - me indicaram ir à Caceg: fui, há uns 2 mese, e... achei carinha... E fora de "mão".
Mas , agora que vc me disse que lá tem o licor de Mmmmm acho que vou comprar um engradado e enviar direto pra... capital ; > )))))

bjnhsssssssssss

Ives disse...

Cerveja com bolinho de bacalhau é a oitava maravilha do mundo! Amei o lugar, tudo muito alegre e cultural! abração

Heloísa disse...

Beth,
Muito bom descobrir, ou redescobrir, lugares interessantes dos nossos arredores.
Não se precisa ir muito longe para viver horas agradáveis.
Belo passeio.
Beijo.

Bruxa disse...

Que viagem!
Curiosa e engraçada a estória do licor. Acho que se hoje fôssemos "homenagear" os governantes, faltariam itens rsrs.

Abraços e lindo dia.

Cozinha de Mulher disse...

Que passeio pra lá de lindo..
Conhecer lugares diferentes, comidinha saborosa pra alegrar nosso paladar..
Hummmm bom demais né?
Quanto ao licor.. quase morro de rir aqui sozinha com o nomo do dito kkk

Um beijo minha linda.. e uma tarde super especial viu?

Lúcia Soares disse...

Mercados Municipais sempre são um bom lugar para ir, num fim de semana, quando ficam mais cheios e mais "turísticos". O de BH também é famoso, assim como o de SP, que é lindíssimo. (não conheço, mas vibro com as fotos).
Você, como sempre, encontrando novidades boas, para nos mostrar. O nome do licor, então...rs
Beijo!

Márcia Cobar disse...

Betinha,
É bem capaz de eu enlouquecer num mercado assim!
Tantas flores, sabores e novidades!
Ficar em casa que nada, bom mesmo é colocar os olhos nas ruas e apreciar este montão de coisas boas que a vida oferece!
Beijo linda!

Toninho disse...

Uma boa dica Beth para uma passagem pelo Rio, gosto de lugar assim e até me arriscaria em tomar uma dose deste "Merda"kkkk.
Portugal está sempre vivendo este semi caos politico.
Boa partilha deu agua na boca imaginando este bolinhos de bacalhau.
Lembrei de um bar na Praia da Bica na Ilha, ficava de junto dele e todo dia era vinho e bolinho.
Mas Benfica preciso ir.
Um abração amiga.
Bjo

Lu Souza Brito disse...

Bethinha,

Eu ADORO este tipo de passeio, conhecer lugares assim. Sempre que posso, vou ao CEAGESP aqui em São Paulo, ou ao Mercado Municipal, que você já conhece. Gosto dessa mistura, fico fascinada com as cores, com a variedade, com o jeito das pessoas, comportamentos, cheiros, aromas.
Gosto da mistura, da simplicidade. Belo post!!!
Saudade de você!!!