.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

O Legado de um mestre das palavras


Que lembrança darei ao país que me deu
tudo que lembro e sei, tudo quanto senti?
Na noite do sem-fim, breve o tempo esqueceu
minha incerta medalha, e a meu nome se ri.

E mereço esperar mais do que os outros, eu?
Tu não me enganas, mundo, e não te engano a ti.
Esses monstros atuais, não os cativa Orfeu,
a vagar, taciturno, entre o talvez e o se.
Não deixarei de mim nenhum canto radioso,
uma voz matinal palpitando na bruma
e que arranque de alguém o mais secreto espinho.

De tudo quanto foi meu passo caprichoso
na vida, restará, pois o resto se esfuma,
uma pedra que havia em meio do caminho.
 
Carlos Drummond de Andrade (1902-1987)

Em homenagem ao maravilhoso e eterno poeta e escritor brasileiro - Carlos Drummond de Andrade - em seus 110 anos de existência em nossas melhores lembranças.

Tenham um ótimo feriado!










16 comentários:

✿ chica disse...

Homenagem linda e bem merecida ao nosso poeta!1 Lindas fotos e imagens! beijos,ótimo feriadão!chica

Márcia Cobar disse...

Belo tributo, Betinha!
Adorei esse tanto de flores aqui no seu cantinho.
Beijos
Márcia

Pitanga Doce disse...

Um poema tão apropriado para os dias que se seguem! Todo o resto se esfuma.

E as fotos? Tuas fotos estão lindas demais!Senti falta da minha lareira...tão distante!


Aproveita o feriado em boa companhia, Beth, que é o mais importante. Alguém te faça sorrir.

ONG ALERTA disse...

Bela homenagem beijo Lisette.

Anne Lieri disse...

Se Drummond soubesse como seus versos foram imortalizados,ficaria bem feliz!Excelente escolha,amei!bjs,

Calu disse...

Quanta beleza e doçura num só post...imagens doces floreiam o poema questionador do grande Drumond.
A homenagem está caprichadíssima, Betinha.
Òtimo feriado p/vc e família.
Bjkas, da amiga,
Calu

Lúcia Soares disse...

Lindas imagens, os efeitos nelas estão perfeitos.
Lindo poema, lindo Drummond.
Bom feriado, na paz e com muitas alegrias.
Beijo!

Bia Jubiart disse...

Parabéns ao Mestre!


Um excelente feriado p/ vc e família!

Bjoss

Teresinha Ferreira disse...

Olá Beth,
Bela homenagem
Curta bastante o feriadão.
Beijos mil

Toninhobira disse...

Uma belissima escolha este soneto do Drummond para esta homenagem ao dia do seu aniversario.O Brasil inteiro ontem recitou Drummond.
Belo fim de semana alongado.
Meu terno abraço Beth.
Bjo.

Mery disse...

Homenagem a Drumond* ... Maravilha! # O poema Dele é pra gente lembrar; saudosos. À beira mar ele está... "E agora Drumond ?
!
Uma homenagem muita bonita e merecida, Beth "tantos se lembraram Dele*...
Tá linda a mesa!
Arrasou amiga! eu gosto tanto Dele, penso q mora aqui perto de mim ...
beijus*
bom feriado pra ti.

Luma Rosa disse...

"Eu faço uma canção que faça acordar os homens e adormecer as crianças"

Vai Carlos! Ser gauche na vida!

Bom feriado!!

Palavras Vagabundas disse...

Drumond sempre um perfeito poeta!
Bom feriado procê também
bjs
Jussara

Maria Luiza disse...

Drumond é "o cara", né Beth. O poema é denso, mas lindo! Tenho a floreira que vc postou e em dupla! Eu as acho lindas, aliás vc se esmerou para Drumond com arranjos de flores lindas! Meu grande abraço e lindo fimal de semana! Beijos!

Cláudia disse...

Tudo muito bonito, Beth, o poema e as flores. O poema para refletir e as flores para o coração. :)
Bjs

pensandoemfamilia disse...

Linda homenagem com as belas palavras por ela escritas.
bjs