.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Para uma libélula que partiu e deixou saudades


Temperatura em elevação,
nuvens isoladas de ausência.
Nebulosidades aumentam
no decorrer do período.
Ao pôr-do-sol,
pancadas de saudade.




Em memória da amiga Glorinha que hoje estaria completando mais uma primavera.Jamais a esquecerei, querida! Descanse em paz!
Sua flor predileta.


23 comentários:

Maria Izabel Viégas disse...

Betinha,
tenho pensado esta semana tanto na Glorinha. Sábado fiquei lendo o Café com Bolo um tempão.
Uma saudade muito grande. Me emocionei ao ler.
Ela faz falta. Abençoada esteja nos céus, pois sei que está!
Lindíssimo post, amiga querida!
Beijos no teu coração.

Georgia Aegerter disse...

Ela está bem.

Boa semana querida.

Bjos

✿ chica disse...

LInda homenagem e ela está sempre presente em nossas lembranças! beijos,chica

Teu blog tá lindo!

Leila Brasil disse...

Também não esquecerei da presença de Glorinha que só alcancei virtualmente . Mas foi tão forte e com sintonia que pareceu mais presente do que muitos daqueles que conheço pessoalmente .
Uma flor virtual com as pétalas do meu pensamento para ela ...
Beijos Beth

Misturação - Ana Karla disse...

Beth essa amizade que você tinha por Glorinha, era linda. Que seja eterna.
Saudades da Gloríssima.
Bom dia
Xeros

Heloísa disse...

Que coisa mais linda, Beth.
Essas pancadas de saudade causam bastante dor.
Beijo.

pensandoemfamilia disse...

Oi Beth
Esta semana também me lembrei da Glorinha, pois ela, como eu, era virginiana. Lembrei de um ano que a blogosfera homenageou seu aniversário em blogagem e da emoção dela.
bjs

Bonita sua homenagem

Priscila Ferreira disse...

Que lindo dinda! com certeza sua amiga está em um lugar melhor e olhando por vc!
beijos

Regina Rozenbaum disse...

Ah que lindo!!! Gloriosa deve ter adorado essa homenagem...e consigo imaginar o que ela diria a sua Bethita amada!
Beijuuss n.a.

Maria Luiza disse...

A saudade dói muito, Beth. Chega a doer fisicamente o peito! Glorinha só está do outro lado, torcendo por nós todas com café e bolo! Beijos e linda homenagem!

Nilce disse...

Oi querida Beth

Refugio-me aqui. A saudade dói e hoje parece maior.
Sabemos que vida continua e que ela nos ensinou muito, mas eu sinto tanto por não ter podido despedir-me.
Que a Glorinha esteja em paz!

Bjs no coração!

Nilce

Calu disse...

Betinha,
as pancadas da saudade sempre estarão vez ou outra provocando marcas em nosso coração.Glorinha está em Paz cercada de todo o Bem.
Está tocante e linda esta homenagem, minha amiga.
Bjos afetuosos,
Calu

Valéria disse...

Oi Beth!
Uma linda homenagem para a Glorinha! Ela encontrou a paz certamente!
beijinhos e tudo de bom!

Pitanga Doce disse...

Beth, nem sei o quê dizer. Eu que nem sabia da partida da Glorinha. Me lembro do dia em que comentaram o lançamento do livro e eu não pude ir.

Lindas flores para ela, então.

Beijos em tarde azul.

Maria Célia disse...

Oi Beth
Não tive o prazer de conhecê-la, mas sempre ouvi os maiores elogios a ela.
Lembro-me que nos seus comentários ela te chamava de Betita.
Que ela esteja na santa paz de Deus.
Beijo.

Palavras Vagabundas disse...

Saudades! Dentre outras coisas de sua língua ácida!
bjs
Jussara

Nina disse...

Poxa Beth.... poxa... sinto tanto.
Sabe o que lembro sempre? qd estivemos em Niteroi pra ver vcs, e ela reclamou que nao a chamamos poxa, isso me dói às vezes...

Beth/Lilás disse...

Nina,
Você esqueceu de que eu soube que vc estava em Itacoatiara pelo email, e que desci a serra correndo de carro para lhes encontrar lá naquela padaria?
Seria impossível eu ir ainda na casa dela parapegá-lá, afinal ela não estava de carro e nãodaria mesmo.
Isto não é o mais importante, e sim o carinho e respeito que tivemos por ela em vida.
Beijos

Toninhobira disse...

Uma viagem e uma saudade desta linda pessoa que marcou este nosso mundo de interação.
Ela deve estar sorrindo.
Um terno abraço amiga Beth.
A saudade é linda pelo que ela representa.
Bjo.

Bombom disse...

Betita, tu sabes, saudade dói, mas "é a prova de que os dias vividos, valeram a pena"!
Parece que andávamos todas com a Glorinha no pensamento e no coração. Linda homenagem, no dia de seu Aniversário! Obrigada por teres feito esta homenagem que ela tanto merecia. Bjs. Bombom

William Oliveira disse...

Beth... vim pela frase que li no Luz de Luma e com link pra cá, e vim dar aqui nesta postagem, aproveito pra contar que justamente na terça, eu estive no Blog da Nilce... na postagem um dia de Glória. Só tive coragem de ir lá naquele dia... dia este que tinha sentido a Libélula aqui perto.
Ela veio mesmo, além do tempo ver quem ela amava especialmente.
Tão pessoal este momento... tão seu e dela. Abençoadas sejam

Lúcia Soares disse...

Beth, meu momento não me permitiu lembrar, tenho a data anotada.
Tenho saudade dela, releio o blog, fico receosa de que o deletem, gostaria de ter sempre os escritos dela para reler.
Glorinha foi marcante para muitos de nós e uma verdadeira amiga/irmã para você.
Linda lembrança. Beijo!

Socorro Melo disse...

Olá, Beth!

Bela e justa homenagem. Apesar de não tê-la conhecido pessoalmente, mesmo assim tive (e tenho) por ela um grande apreço, e admiração. Aprendi muito com suas lições.
Quando vejo imagens de girassóis e libélulas, lembro dela, inevitavelmente. E enquanto lembrarmos, e amarmos, ela estará aqui, entre nós.

Um abraço
Socorro Melo