.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Imagine, um sentimento água!



Sem mais nem menos ele fechou-se em copas e fiquei apenas com uma tela preta diante de mim. Nem se despediu o malvado! Deixou-me triste por quase 48 horas, pensei que nunca mais fosse encará-lo novamente, levou tanta coisa que eu amava.
Mas, o marido trouxe-o de volta hoje, reformatando-o e devolvendo-o para minha alegria.
Ô marido bom eu tenho!
Só terei um certo trabalhinho por estes próximos dias, para recapturar todos os blogs que sigo e meus favoritos, alguns que não vivo sem, escritores maravilhosos, como Viviane Mosé que eu já lhes mostrei uma vez por aquicom sua poesia que utiliza um lindo método filosófico para expressar suas palavras.
"Viviane tem um caso com as palavras. na medida do impossível, um caso muito bem resolvido.”   CHACAL



imagine um sentimento água. um sentimento árvore. uma agonia vidro. uma emoção céu. uma espera pedra. um amor manga. um colorido vento sul. um jeito casa de ser. uma forma líquida de pensar. uma vida paredes. uma existência mar. uma solidão cordilheira. uma alegria pássaro em chuva fina. uma perda corpo.


acho que hoje acordei semente. tenho andado muito temporal. minha irmã vive um momento tudo. a vida às vezes transborda pelos poros. me atinge um estado livro. aurora em meus joelhos. tem pessoas ponte. algumas carregam a gravidade nas costas. já conheci gente buraco negro. eu amo o instante limo. tem um branco em mim. a vida me urca. sofro de saudade anônima. palavras me beijam a boca.





(Viviane Mosé, psicóloga e psicanalista, é autora de “Nietzsche e a grande política da linguagem”,  sua tese de doutorado, dentre outros livros de poesia e prosa. )







20 comentários:

Georgia disse...

Essas coisas dao trabalho quando acontecem.

Lindas as imagens.

Bjos querida

✿ chica disse...

Lindo trecho d Viviane e que linda imagem acima, com as flores..Que bom que voltaste. Sei como ficamos sem ele...beijos,ótimo e lindo fds!chica

Camille disse...

Beth teu computador deu uma pifada é? Que bom que ja vai ficar bom.
Adorei a poesia, acho que vou ser fã dessa sua amiga Viviane...
Bjao

Dulce disse...

Pois é, minha amiga, de vez em quando nossos "amigos" nos deixam na mão e o pior mesmo, além do tempo em que ficamos desconectados, assim meio no vazio, é a trabalheira que dá para colocá-lo de novo "nos trinques"... rs...
Mas você voltou muitíssimo bem trazendo linda imagem a ilustrar sua sempre boa postagem.
Beijos

VIVIAN!!! disse...

Bom dia Beth!
Que bom que o computador ta de volta, não é? Dá um vazio sem "ele".
Lindo o texto,perfeitas palavras,a gente se sente dentro das palavras !!
Linda imagem , adoro flores!!!
Uma perfeita e bela sexta-feira!!!
Bjs

Wilma disse...

Ah Beth!! que alegria saber que você também conhece e gosta da Viviane Mosé, eu vim aqui por outro motivo, abaixo explico. Semanas atras eu estava revendo as palestras dela no youtube, até pensei que também havia feito post sobre, mas creio que não.
A vinda aqui foi pra dizer que também ouvi o Ricardo Boechat do post antigo porém ainda não consegui ver o vídeo no total, aqui a internet está a manivela, por isso nem comentei lá. Nunca dei muito ibope pra Lady Gaga, ainda assim quero ver esse vídeo já que você e o Ricardo B citaram. Tenha um bom dia!!! ah adorei a xícara em flores, linnnda,rsrsrs

Lúcia Soares disse...

Lindo, Beth. Deve ser bom acordar semente, e se deixar crescer, encorpar, florir e dar alegria a quem nos cerca, né?
Ou ter um sentimento água: ser límpida, saciar a sede de quem precisa, refrescar amores, escorrer para o ralo as amarguras.
Amei! Não conhecia a autora.
Beijo!

Valéria disse...

Oi Beth!
É um caos quando isso acontece, que tudo volte ao normal logo com seu mundo virtual.
Um texto suave e cheio de poesia. Adorei!
beijinhos e um lindo fds!

Heloísa disse...

Beth,
Imagino seu desespero ao ver tudo negro no seu computador.
Ontem fiquei algumas horas sem internet, e sem conseguir descobrir o problema, e já estava ficando doidinha.
Ainda bem que depois do susto tudo voltou ao normal.
Beijo.

Calu disse...

Ah minha queridona,
apesar da frustração do Pc, seu ressurgimento lhe resgatou "maravilhosos favoritos"como esta poesia da Viviane Mosé.Que sublime inspiração!
Belíssima!
Lindo fim de semana p/ ti.
Bjos carinhosos,
Calu

Regina Rozenbaum disse...

Ahhh então tá explicado! Senti sua falta...ausência que se faz presente com suas palavras, então já viu né? Que escolha linda essa Beth! Não conhecia a autora/colega e vou te contar...sensibilidade bem diferente dos psicanalistas que convivo.
Beijuuss, amada, com o desejo de um fds bem aberto e claro rsrs

ML disse...

Deu black out no computador ou no tablet, Beth?
Ainda bem que seu maridex trouxe "a cura"
; > )

bjnhs e ótimo final de semana, Querida!

Maria Célia disse...

Oi Beth
Até num acontecimento prático da vida
você coloca beleza em suas palavras.
Que bom que está de volta.
Belíssima imagem.
Beijo.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

que lindo esse texto da Viviane Mosé!
ah, querida mãe Gaia... nem me fale nessas "surpresas"! mas que bom q ele tá agora zerinho, funcionando bem.

que tudo vá bem em seus caminhos, sempre! bom fim de semana querida mãe Gaia

pensandoemfamilia disse...

Eu também fico sem saber o que fazer e vou chamando rapidamente um "expert", mas como dá trabalho.
Adorei o que postou, vou conhecer a autora, identifiquei-me com algumas de suas definições. Estou lendo Nietzche.
Falando em filosofia, vai ocorrer um curso em agosto, na Faculdade Maria Thereza de filosofia, aberto à comunidade.As inscrições estão abertas.
bjs

Pitanga Doce disse...

Beth, acho que anda por aí um certo infernal astral dos pcs. Em cada blog que entro há histórias assim. O meu próprio dá certos suspuros indecifráveis, mas também eu tenho um técnico de plantão aqui em casa. O mais velho.

Olha, esta poesia que tens qui é das "coias" mais bonitas que já li nos útlimos tempos. Dá-nos a sensação de pensamentos alargados que de tão grandes já não cabem em nós. Boa "essa menina" Viviane.

Beijos Beth. Tem um sol querendo aperecer do lado de cá da poça.

Pitanga Doce disse...

Beth, acho que anda por aí um certo infernal astral dos pcs. Em cada blog que entro há histórias assim. O meu próprio dá certos suspuros indecifráveis, mas também eu tenho um técnico de plantão aqui em casa. O mais velho.

Olha, esta poesia que tens qui é das "coias" mais bonitas que já li nos útlimos tempos. Dá-nos a sensação de pensamentos alargados que de tão grandes já não cabem em nós. Boa "essa menina" Viviane.

Beijos Beth. Tem um sol querendo aperecer do lado de cá da poça.

Nina disse...

Viviane Mosé é? Puxa, que texto bonito esse,"acordou semente" foi lindo...

Maridinho bonzinho mesmo, sou fa de vcs dois.
beijao e bom restinho de sabado e lindo domingo Beth

Luma Rosa disse...

Se todos perdessem corpo... imaginou? Seríamos fluídos e viajaríamos vento, tocaríamos nas árvores, nas ondas, nas nuvens... viajante o texto da Viviane!!
Beth, use um navegador com sincronizador, porque você pode acessar seus favoritos por qualquer outro computador e no caso de perder no seu, basta acessar o sincronizador que tudo volta ao ponto do último salvamento. Fica a dica!!
Bom fim de semana! Beijus,

Márcia Cobar disse...

Ainda bem que seu pc tá de volta Betinha! E você segue inspirando com imagens e versos!
Bjim
Márcia