.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Domingo Vintage


Imagem-20th Century Tech

Você, com certeza, deve ter em sua casa algum objeto ultrapassado em tecnologia. Pode não ser tão antigo quanto um desses aí em cima, mas do jeito que a tecnologia avança e o consumo idem, provavelmente em alguma gaveta esquecida, tenha lá um celular de quatro anos atrás ou uma máquina qualquer que você fazia muito uso e agora já nem mais lembra que teve uma dessas, como é o caso de telefones com fio, calculadoras, fax, relógios, etc.

Já existe até um Museu de Objetos Obsoletos que você poderá conferir pelo You Tube e que mostra, inclusive, quando o objeto foi inventado e quando ficou obsoleto, completamente fora de uso.E assim, eu pude descobrir que a Vitrola que eu e o marido compramos quando nos casamos, ficou obsoleta em 1986, quando todo mundo começou a comprar ou sonhar com os tais aparelhos de CD Player e os incríveis disquinhos de CDs que ocupavam pouquíssimo espaço e podiam conter muito mais músicas que um Long Play.

Nosso aparelho foi encostado no sótão de casa logo depois que o boom dos CDs Players invadiu nosso país e todo o mundo.  Era irresistível aquela nova tecnologia com som bem mais puro do que o ouvido pelos bolachões chamados Long Players.  E foram juntos com a vitrola para o sótão, ficando lá até o ano passado, quando meu filho que é Produtor Musical e DJ, resolveu desenterrar tudo isso e trouxe para o nosso apartamento aqui em Niterói, mais precisamente para o seu quarto, juntamente com outros equipamentos de som que ele tem.


O tempo passava e nós víamos a vitrolinha lá,  esperando para ser reavivada por ele, mas  nunca arranjava tempo entre seus estudos, namoro e outros afazeres para dar atenção na recuperação do antigo objeto, embora ele tivesse a maior curiosidade em fazê-lo e descobrir todos os sons que tínhamos guardado há quase 30 anos.


Na semana passada ela voltou a tocar, graças ao cuidado de meu marido, e com uma agulha nova, um trato na fachada e um lugar especial na varanda, de frente para o verde da Mata Atlântica em Petrópolis.  O primeiro disco long play que colocamos foi um muito lindo, que já nem me lembrava mais que tinha,  com canto de pássaros e música clássica, combinando com o lugar inclusive.Depois, ouvimos muita música boa brasileira e internacional, mas sempre atentando para o término do lado do LP que só possuí no máximo 8 ou 10 músicas, depois temos que virá-los para ouvir o outro lado. Um trabalhinho prazeroso e de curtição, já que é somente para passar o tempo e reviver algumas músicas que marcaram um tempo de nossas vidas.


Se você ainda tem um desses aparelhos e antigos e bons LPs como eu, não deixe de recuperar os mesmos e verá como uma tarde ouvindo seus discos prediletos do passado, não tão distante, poderá trazer-lhe doces e alegres lembranças, de um caminho percorrido até o  momento atual, das muitas conquistas obtidas, de perceber melhor o presente em que vivemos  e o conforto que usufruimos.












20 comentários:

Nina disse...

rsr, eu acho tudo isso tao bacana!
olha o monte de discos legais que vcs tem aí!


aqui eu tbm tenho um toca discos, vitrola sei la como se chama hj em dia. Ouco sempre!!! a gente tem tbm varios lp´s mas só internacionais, nenhunzinho brasileiro como vcs :-(
Fiquei triste...

Bjs Beth

jose claudio disse...

Oi, Beth! Que saudade boa! Eu dispensei meu aparelho de tocar vinil em janeiro e já me arrependi. Na minha mudança cá para Itabira, acabei deixando muita coisa para tras. Mas ainda gosto muito e em BH ainda há várias lojas especializadas na venda de LPs e outras que vendem peças (tais como uma agulha de tocar). Outro dia eu comentava com minha filha como foram os primeiros sons de Cd para carro (a gente tinha um discman com um velcro para colocar sobre o painel. Ela não acreditou,rsrs).
abraço grande. Paz e bem.

✿ chica disse...

Que legal,Beth e que bom poder vê-la funcionando novamente.né? LINDO! beijos,lindas músicas nessa semana e sempre!chica

Bia Jubiart disse...

Oi Betty!

Estamos comprando uma nova vitrola, aqui na região é mais fácil encontrar rsrsrs. Temos LPs maravilhosos andamos com saudade de ouvir. Quem sabe vire um post também...

Tenha uma semana maravilhosa!

Beijooooooooooo

Léia Silva disse...

Que legal!
Minha mãe também tinha uma vitrola linda que fechava como uma malinha, pena que também não conservamos! :(
Um grande abraço
Léia

Misturação - Ana Karla disse...

Beth, que delícia!
Relembrei de muitos LP's que eu tinha e a coleção de meu pai toda catalogada, nossa, nós ouvíamos muita música.
E seu filho, ouviu com vocês os LP's? Ele gostou de ver a vitrola tocando novamente?
Eu adoro antiguidade, porém não possuo quase nada aqui e quando vou comprar fico "pirangando".
Melhor mesmo é ver a história de cada objeto desses.
Vou aproveitar pra dar uma olhadinha no museu de objetos.
Boa semana
Xeros

Lúcia Soares disse...

Ah, Beth, melhor que isso, só eu estando aí com vocês. Deve ter sido um lindo dia!
Não tenho mais minha vitrola, mas ainda tenho alguns LP's, as capas meio amareladas pelo tempo, mas ainda bem conservados os "bolacões".
Beijo!

Valéria disse...

Oi Beth!
Que maravilha! Sou saudosista, adoro um revival e sonho em ter um toca disco, preferia mesmo um daqueles com pés, lindos.
Tenho uma caix aguardad do sítio com todos os LPs que tínhamos. Agora meu marido pensa em comprar estes tocadores antigos e reestilizados, mas que trazem leitores de fitas cassetes, LPs e com entrada de cd e usb. Meu sonho.rsss
Beijinhos e uma linda semana!

Calu disse...

Ah, como eu sinto ter me desfeito de meus LPs.Tinha aquele do Chico_Caros Amigos, e muitos mais.Foi na mudança que acabei me desfazendo e lamento, porque poderia desfrutar momentos prazeirosos como este,Betinha.
Grande ideia a de vcs. A tardinha outonal e as melodias envolvendo todo o verde.
Isto é felicidade!
Bjkas e linda semana,
Calu

pensandoemfamilia disse...

Oi Beth
Eu tenho uma dessas guardada no quartinho. Várias vezes pensei em dar, mas algo me impede. Acho que por aqui ninguém deseja recuperá-la, mas continuando guardando os discos.
bjs,

Liz - Como as Cerejas da Minha Janela... disse...

Oi, Betita! na última vez que passei por aqui vi voce se despedindo por algum tempo. Que bom que não demorou. Estive sumidinha por probleminhas da vida . Passando pra te ver e deixar um beijo. Está tudo bem.
Beijos, querida!

Teresinha Ferreira disse...

Ah!!!! Fique aqui imaginando você e o maridex ouvindo música nessa vitrola. Que lindo!!
Eu não tenho mais nada, nem mesmo os LP's. Dei todos na minha mudança de Natal para Vitória.
Acho bacana esse resgate.
Beijos mil..
Ah! Dia 19 estarei indo para Itaipava, viu?

Maria Célia disse...

Oi Beth
Postagem bacana. Hoje arrependo-me de ter jogado meus LPs fora, me deu uma saudade deles.
Não guardei nenhum objeto mais antigo, só tenho os modernos, que daqui alguns meses nem serão mais tão modernos assim.
Aproveitando a oportunidade, muito obrigada pelas palavras carinhosas deixadas no bloguinho.
Beijo.

Monica Lidizzia disse...

Uau, vocês tiveram a grande ideia de guardar a vitrola?

(Tenho um péssimo hábito: jogar fora o que não "quero" (quem sabe, um dia, eu possa voltar a querer). Tenho de repensar esta compulsão...)

E o mais legal é que seu eletroeletrônico "vintage" ainda funciona e vcs guardaram os vinis -LINDO!

bjnhs

PS: vai explicar pro meu sobrinho de 3 anos o que "lado A" e "lado B" ; > )

Luma Rosa disse...

Que bom que conseguiu recuperar!! Acho o máximo coisas antigas, mas tem que estar funcionando! Me arrependo de algumas coisas que desfiz, principalmente da minha primeira vitrola que ganhei quando tinha 12 anos. Bons tempos!! Beijus,

Wilqui Dias disse...

Oi Beth...
O melhor de ver essas coisas é a saudades que elas nos trazem.
Meu marido tem uma colecao enorme de lps, mas nao tinha a tal radiola, vc acredita que ele comprou uma pela net, que aceita cabo usb e vc passa as musica do lp pro seu pc.
Quando ele entra no quarto ´´da bagunca´´pra fazer essa transição, passa horas la dentro ouvindo os sucessos das antigas, rsss. bjs

Ale Quejinho disse...

Amei seu blog. Parabens. Primeira vez por aqui.
Ale

Elisa T. Campos disse...

Você só trouxe lindas reminiscências.
O curioso é que num dia da semana que passou quando entrei em casa vinha do quarto de objetos guardados canções dos Beatles que pareciam de uma vitrola.
Qual não foi a minha surpresa. Ela e o namorado conseguiram recuperar
o meu velho objeto de recordações.
É tão bom reviver as músicas marcadas pelo tempo.

Beijos

Menina no Sotão disse...

Olha, eu sou do tipo que não gosta (odeia) juntar coisas antigas. Só as tenho se as usar, caso contrário encontro destino pra elas. Coisas encostadas acumulam energias (poeiras, entre outros) e isso não me agrada. Além do mais, energia parada é energia acomodada e só atrapalha. rs

bacio

Elisa T. Campos disse...

Beth
Voltei.Acho que eu já disse que sou atrapalhada mesmo.No comentário acima
'Ela e o namorado' me referia à minha filha e o namorado que para minha felicidade conseguiram fazer funcionar a vitrola.

Uma linda semana para você.
Bjs