.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

O último Censo do IBGE


Há tempos não falo aqui de política, sei lá, cansei-me!  Não chegamos a lugar nenhum, parece que nada adianta, nenhuma reclamação faz mais efeito e a corrupção continua firme mesmo depois de um temporal.  Até o Movimento Contra a Corrupção que começou este ano e que, aos poucos, foi caindo, caindo e cada vez menos pessoas aderindo, e nada muda, ninguém nos ouve.
Li hoje pela manhã, na coluna de Eugênio Bucci na Época, que no último dia do movimento, no feriado da Proclamação da República, só porque choveu, esvaziou-se em vários lugares os protestos. Por outro lado, para comparar: no mesmo feriado, sob as águas impiedosas de São Pedro, dezenas de milhares de fiéis da Assembléia de Deus lotaram dois estádios de futebol para festejar os 100 anos de sua igreja. Mais de 30 mil espectadores num só estádio de futebol para este evento que contou, inclusive, com a presença de políticos sorridentes de São Paulo no gramado.


Mas, não podemos ficar desolados e desistirmos no combate a estas ratazanas que corroem a nação.


Escutem abaixo o que nos diz Arnaldo Jabor hoje pela CBN.  Vejam como o desenvolvimento precário, declarado pelo Censo do IBGE, ainda grassa o país, mas que é mascarado por discursos midiáticos desses que sabem muito bem o que fazer para limpar sua imagem. 



Não podemos ficar alheios a tudo isto.
E se quiserem conferir o filme Maranhão 66 de Glauber Rocha, cliquem aqui. Verão que Sucupira e seu amado prefeito Odorico  se inspiraram apaixonadamente.





20 comentários:

Bia Jubiart disse...

Endosso suas palavras Beth! E também já assinei a petição, apesar de não ter grandes esperanças... Conheço um pouco dos "canalhas" de perto, infelizmente....

Vou acabar também fazendo um post de protesto!

Tenha uma noite relax!

Beijos Tocantinenses

Lúcia Soares disse...

Beth, às vezes é desanimador, mas não tem jeito, está nas mãos do cidadão comum acabar com isso. Difícil arrumar tudo, tem que ser a longo prazo. Mas temos que começar.
Uma atitude de cada vez.
E ficar de olho, pois assim como temos os enganadores estatísticos, temos também pessoas que parece que torcem pra que o país nunca dê certo.
Falar é fácil, criticar é fácil, mas não vejo ninguém sair de suas salas com ar refrigerado, seus ternos de grife, ir para as ruas em protesto. Temos que ser mais incisivos. Nada de guerra, sou totalmente pela paz, mas há que se ombrear com o povão e dar os gritos de protesto. Urgente.
Beijo!

Bel Rech disse...

Pois é...mal começou e já tinha terminado .Já aqueles que estavam lá na USP que gastaram a energia à toa e que poderiam ter usado toda a agressividade lá junto contra a corrupção.Não estamos sabendo por onde andar...e por onde correr...
Paz e bem

Bel Rech disse...

Pois é...mal começou e já tinha terminado .Já aqueles que estavam lá na USP que gastaram a energia à toa e que poderiam ter usado toda a agressividade lá junto contra a corrupção.Não estamos sabendo por onde andar...e por onde correr...
Paz e bem

pensandoemfamilia disse...

Oi Amiga
Penso que "água mole em pedra duraaaaaaaa, tanto bate até que fura". Continuemos com nossos questionamentos e reivindicações.
bjs

Maria Célia disse...

Olá Beth
O brasileiro é muito passivo, só reclama no fundo do quintal, me incluo nesta lista; alguns poucos que lutam por um ideal, por um país mais justo, malham em ferro frio.
É muito difícil esta situação mudar.
Bjo e excelente texto.

Beth/Lilás disse...

Um pequeno trecho de excelente artigo de Leonardo Boff que a amiga Bombom me enviou lá da santa terrinha:

”Nós precisamos de coragem para nos levantar em favor do direito, onde reina a injustiça. Sem a coragem você não pode galgar nenhuma montanha; sem coragem nunca poderá chegar ao fundo de sua alma. Para enfrentar o sofrimento você precisa de coragem; só com coragem você pode estender a mão ao caído e levantá-lo. Precisamos de coragem para gerar filhos e filhas para este mundo. Para encontrar a coragem necessária precisamos nos ligar ao Criador. É Ele que suscita em nós coragem em favor da justiça”.

Obrigada Bombom querida!

======================================================================

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

ah, mae Gaia...
esses filmes do Glauber Rocha estavam todos perdidos, tinham queimado num incêndio muito estranho em Paris (tinham enviado para lá os originais, para participar de uma mostra).
Isso que dá mexer com esse demônio de Sarney rs, até o filme pega fogo. Dizem que ele ficou tão depressivo com o ocorrido que isso precipitou sua morte.

Ainda bem q houve um projeto de recuperação, encontraram as cópias dos filmes.

aqui o povo tá protestando mto contra a Tepco e a Olympus (pq descobriram ligação com a máfia japonesa). Os produtos da Olympus estão quase de graça e ninguém mais compra, encalharam. queimou o filme, literalmente. um escândalo daqueles, tá todo mundo comentando e criticando bastante.

o ruim é ver o Sarney novo... bem Odorico mesmo. E pior, o Odorico morria mas ressuscitava e parece que o Sarney é imortal, tudo de mal que ele faz nunca acaba e agora tem a corja toda da família roubando por todo o país.

o Brasil não merece isso, não mesmo... quem sabe o povo desperta para reconhecer seu próprio valor um dia...


bjos mãe Gaia...e coloca mesmo esses pontos de luz na cabeça do povo.

bom dia

Beth/Lilás disse...

Alê queridão!

Poxa vida, quem diria, a Olympus é quase um ícone da indústria japonesa!
Mas, o povo japonês, diferentemente do nosso, repudia, boicota, não compra e esvazia o produto do mercado. Isso é que é bom.
Cabe a nós, mais esclarecidos, não deixar de falar e mostrar coisas dessa ordem, pois é o mínimo que podemos fazer.
um beijinho e bom dia!

======================================================================

Luma Rosa disse...

Beth, não se iluda!! As ações da Olympus já subiram depois de um comunicado que ela não deixará a bolsa. O forte da marca não são as máquinas fotográficas e sim os aparelhos de endoscopia que abraçam 70% do mercado mundial. Se pensar na saúde dos povos, não quero que ela quebre. Os outros 30% são preenchidos por aparelhos caríssimos longe da realidade mundial. Quem rouba mais? O problema com a máfia é triste, porque é envolto em prostituição e drogas.
Existe muita lama onde existe poder, não somente o poder político. O subjulgo, a dependência... faz nascer no oponente desejo de controle.
Movimentos contra a corrupção na web sempre existiu, mas se considerar quem usa as redes sociais e blogues, a porcentagem de adesão é baixa. Nas ruas a mesma coisa! O povo politizado é minoria.
Rezar para que as múmias políticas morram é besteira! Eles são como traficantes. Vai ter sempre outro na fila. O povo que tem que ter vergonha na cara!!
Aqui em Cabufa tem a tal "portaria", dinheiro recebido sem trabalho por eleitores do candidato da questão. O anterior não foge a essa regra. A portaria é paga pelo partido, por isso quem está no poder não sai. Essa "portaria" está alastrando no Brasil, muito mais que "Bolsa-família", mas porque não falam dela?
Boa semana! Beijus,

Diogo Didier disse...

Beth, minha querida!

Primeiramente quero lhe agradecer pela sua ilustre presença no meu espaço. Fiquei envaidecidamente honrado. Agradeço pelos elogios e pelo comentário.

Segundo, sobre o seu post, o Brasil infelizmente vive no estigma da hipocrisia e da desinformação. Hipocrisia por parte dos políticos que o=permanecem os mesmos a cada eleição e desinformação do povo que continua sendo enganado por esses abutres que se dizem representantes o povo.

De fato, uma revolução deve acontecer o quanto antes, sobretudo na educação, a única capaz de clarificar o manto da obscuridade que a corrupção insisti em utilizar.

Bjoxxxxxxxxxx no coração e PARABÉNS pelo post!

✿ chica disse...

Não podemos desanimar .Temos que gritar, reclamar,. fazer valer nossos direitos, mas confesso que cada dia mais me dá nojo essa política...beijos,chica

Márcia Cobar disse...

Bethinha,
Estou recém chegada, ainda assustada com os noticiários, com a carnificina, com a corrupção.
Que triste esta face do nosso Brasil...
Bjim
Márcia

Anônimo disse...

I am impressed, I must say. Really seldom do I discovered a blog thats both informative and entertaining, and let me tell you, youve hit the nail on the head. Your post is outstanding; the matter is something that not many people are talking intelligently about. I am really happy that I stumbled across this in my search for something relating to this.

Cucchiaio pieno disse...

Oi querida
Excelente post!
Sarney é realmente uma vergonha para nosso país! Maranhão continua na época das cavernas, mas os "bolsos" da família Sarney estão sempre "evoluindo"! Que tristeza.
Bjos querida
Léia

Misturação - Ana Karla disse...

Oi Beth, bom dia!
Não deu para ouvir a rádio, mas suas palavras bastam para podermos debater.
Penso que nós, o povo, é que estamos perdidos sem saber o que fazer, ou sabemos e não queremos.
É preciso avançar.
Xeros

Camille disse...

Oi querida,
Falar de politico faz quem gosta de se alienar, a ampla maioria passar longe. Me da ate um arrepio em pensarque esse assunto da usina hidroletrica vai passar batido, por exemplo. Porque as pessoas desligam o cerebro quando é para pensar em coisa seria no blog e fora do blog.
Mas vamos continuar tentanto. Sua clareza cristalina fala de qualquer assunto com igual intimidade. Isso é muito bom. Parabens e que tenha eco. Bjos da Cam

Socorro Melo disse...

Olá, Beth!

Por vezes desanimamos mesmo, diante de tanto descaso, de tanta corrupção, de tanta politicagem (um nojo) mas, o agente da transformação é mesmo o povo, e o povo, tem o governo que merece...
Quem sabe um dia, o povo desperta e deseja ter um governo de melhor qualidade.

Ótima abordagem.

Socorro Melo

Celina Dutra disse...

Beth querida,

Enquanto não houver educação que crie para saber ler, escrever, pensar, nosso "paisinho" vai continuar assim, pequenininho, com corrupção à solta, com sarneys na administração, com omissão do povo no que se refere a ações coletivas para o bem comum. Educação, responsabilidade e respeito ... somos carentes desses bens que infelizmente custam (no sentido de levar tempo) muito mais para serem adquiridos do que tudo aquilo físico que dá visibilidade... Mas, prosseguir nas nossas convicções é necessário.
Girassóis nos seus dias. Beijos

Cacá - José Cláudio disse...

Oi, Beth! lendo seu texto e pensando aqui na história recente do capitalismo mundial, podemos ver que as grande mobilizações populares por mudanças significativas em regimes e planos de governo, só tem se dado quando a situação da economia não vai bem. Podemos ver que as populações convivem mais ou menos pacificamene com outras mazelas quando tudo vai bem na economia, o que é lamentável do ponto de vista evolutivo das consciências.

Eu também já estou me sentindo um verdadeiro chato quando tenho que tratar de asuntos políticos (tão vitais para todos nós e tão desprezados).

Viva o futebol, o axé, o pagode e outros que tais.rsrs.

Abração. paz e bem.