.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

segunda-feira, 4 de julho de 2011

E o mundo vai ver uma flor ...

 

Sonhar
Mais um sonho impossível
Lutar
Quando é fácil ceder
Vencer o inimigo invencível
Negar quando a regra é vender
Sofrer a tortura implacável
Romper a incabível prisão
Voar num limite improvável
Tocar o inacessível chão
É minha lei, é minha questão
Virar esse mundo
Cravar esse chão
Não me importa saber
Se é terrível demais
Quantas guerras terei que vencer
Por um pouco de paz
E amanhã, se esse chão que eu beijei
For meu leito e perdão
Vou saber que valeu delirar
E morrer de paixão
E assim, seja lá como for
Vai ter fim a infinita aflição
E o mundo vai ver uma flor
Brotar do impossível chão.
Versão Chico Buarque e Ruy Guerra/1972
Para o musical O Homem de La Mancha, de Ruy Guerra.

                               

Esta letra é um hino à esperança, aos sonhos que todos temos de ver realizados projetos ou atitudes que embalem e incentivem outros. Um hino de amor e luta, por isso coletei nestes últimos dias, grandes exemplos para ilustrar este post e acreditar na grandeza do ser humano.  

Em um gesto coletivo de apoio a um amigo que faz tratamento contra um câncer, estudantes do ensino médio de uma escola de Governador Valadares (MG) decidiram raspar o cabelo.
Arthur Gonçalves, de 17 anos, foi surpreendido nessa semana ao chegar para aula no Colégio Genoma, onde cursa o terceiro ano. Ao entrar na sala, se deparou com todos os alunos do sexo masculino, inclusive o professor, com os cabelos raspados.
“Fiquei sem palavras. Eu só conseguia sorrir. Me senti acolhido”, afirma Arthur, que foi diagnosticado com Sarcoma de Ewing, uma forma rara de câncer, está em tratamento e pretende prestar vestibular para engenharia no fim do ano.Fonte: Último Segundo / IG / MGTV / UOL Notícias / Globo.com


Se você tem algo para falar, eles estão lá para escutar. Como um velho amigo: a qualquer hora, sem cobrar nada, com toda a disposição.


É o Centro de Valorização da Vida (CVV), uma organização criada há 49 anos para prevenir o suicídio e dar apoio a quem precisa.
“O projeto nos ensina a importância de saber ouvir, com respeito e sem julgamento. Na maioria das vezes, a pessoa que liga para o 141 só quer ser ouvida e nós temos uma satisfação grande em escutar”, afirma outro voluntário.
Fonte: Revista Sorria / Superinteressante / IG / Bom Dia DF


Uma biblioteca sem livros, mas com muitas pessoas, experiências de vida, pontos de vista e histórias.
É essa a proposta da Human Library, um projeto criado há 11 anos, na Dinamarca, por um grupo de jovens da ONG Stop the Violence.
A idéia é simples: eles criaram uma biblioteca com um catálogo de pessoas disponíveis para conversar por alguns minutos com leitores dispostos a ouvir e a enfrentar os próprios preconceitos. São os chamados livros vivos.
São cegos, ex-presidiários, imigrantes, muçulmanos e outras pessoas que, por causa dos estereótipos, sofrem com a discriminação e o preconceito.
“Porque você usa o véu?”, “O que levou você a cometer um crime?”. O leitor pergunta, o livro responde e se estabelece um diálogo, que pode ser o primeiro passo em direção a uma sociedade mais tolerante.
“As pessoas são diferentes e não precisam mudar. É preciso apenas respeitar o outro. Muitas vezes a discriminação ocorre devido à falta de conhecimento. Nós vivemos em uma época em que precisamos de diálogo. Só com o diálogo poderemos ter mais compreensão, tolerância e paz”, afirma um voluntário do projeto.

Fonte: Revista Vida Simples / Library Journal / Time To Change / Human Library


Durante a semana, Sávio Teixeira trabalha em um banco no Rio de Janeiro. No final de semana, ele exerce sua maior vocação: plantar árvores.
Na cidade, ele é pai de várias espécies nativas. O trabalho voluntário começou há 9 anos. De lá para cá, ele já plantou mais de mil árvores.
“É importante as pessoas participarem para ver o trabalho de recuperação e colocar a mão na terra. Esse engajamento muda o olhar delas em relação ao meio ambiente”, afirma Sávio.
Fonte: O Globo / Folha do Meio Ambiente / O Estado de S. Paulo / Recuperação Ambiental no Pão de Açucar



O senhor Hideaki Iijima, de 60 anos, acorda todos os dias cedinho e, de vassoura em punho, vai limpar a calçada da agitada rua Manuel da Nóbrega, no Paraíso.
Dono de uma rede de salões de cabeleireiro, o empresário acredita que assim está cuidando do planeta, a casa de todos nós.
"Varrer ruas é um gesto de humildade e de consciência da nossa responsabilidade com o planeta. Quando cada um cuida de sua parte, por menor que seja, faz diferença", afirma.
Com a ONG, ele conseguiu reunir voluntários para sair por aí limpando e espalhando cidadania. No Brasil, o movimento organiza atividades como varrições em parques das cidades, limpeza de locais públicos e palestras sobre educação ambiental e responsabilidade social, além da Grande Limpeza Anual, que já conseguiu reunir 2 mil pessoas.

Fonte: Revista Vida Simples / Veja SP / Limão / Planeta Sustentável / Globo.com


"E o mundo vai ver uma flor
brotar do impossível chão."





35 comentários:

Macá disse...

Oi Beth
Bom, a hora que ví o título do seu post, já comecei a cantar. Adoro essa música e o seu post ficou tão ou mais bonito do que ela.
Como tem gente fazendo coisas boas por esse mundo não?
um beijo e boa semana

Heloísa disse...

Beth,
Todos esses exemplos são maravilhosos. Eu desconhecia o da biblioteca viva, e o do plantador de árvores.
São todos exemplos que merecem ampla divulgação, para que muitas flores possam brotar do impossível chão.
Beijo.

Palavras Vagabundas disse...

Beth,
acho tão bom quando leio notícias do bem e as de hoje por aqui são ótimos exemplos. Adoro a música.
bjs
Jussara

Dulce disse...

São pessoas assim que nos fazem pensar que ainda há esperança no mundo... E que realmente um dia nascera essa flor.
Beijos e parabéns pelo lindo post.

Bia Jubiart disse...

Beth!
Mãe Gaia!
Ainda vale muito a pena viver neste planeta!!!

Beijos

Excelentes exemplos a ser seguido...

pensandoemfamilia disse...

Eu amo esta música e o seu post aplaudo de pé.Dá para sonhar o sonho impossível...
bjs
Boa semana. E que friooooooo.

pensandoemfamilia disse...

Amo esta música. E aplaudo de pé este seu post.
É poss[ível sonhar o sonho impossível....

bjs. Boa semana e que frioooooo.

Toninhobira disse...

Que belo show de postagem minha amiga. Um verdadeiro baile de esperanças para uma vida melhor. Eu tambem creio numa flor que possa nascer deste impossivel chão.
Uma boa semana na paz infinita.
Meu abraço e bju de luz nos seus dias.

gabriela disse...

Oi Beth querida são estes exemplos que fazem um mundo melhor, adorei o texto um abraço cheio de muita amizade

✿ chica disse...

Que maravilha!Um canto de esperança com essas atitudes dessas pessoas.Lindo exemplo que deveria ser seguido...beijos,tudo de bom,chica

Paulo Rideaki disse...

Como é verdadeiro este poema de Ruy Guerra.
Somos testemunhas de que todos os sonhos, se tornam em realidades.
Para isto basta acreditarmos, e fazermos as nossas partes, seja como um voluntário ou uma ação conjunta.
Se eu insisto em um mundo melhor, e sonho com isto, farei a minha boa ação , direi coisas positivas, e bonitas para o meu semelhante.
E se, a pessoa ficar feliz com que disse, terei a consciência de que fiz a minha parte , e assim colaboramos um pouquinho a cada dia.
Atitudes como as dos colegas solidários, com o amigo enfermo, faz toda a diferença entre as pessoas, refletindo na sociedade, e por fim, mudando a humanidade, como um todo!
As ações não são isoladas, as atitudes de uma única pessoa, tem o poder de mudar o destino de toda a humanidade, então reverencio e numa demonstração de humildade, me curvo diante aos colegas, que rasparam as suas cabeças, aos profissionais do CVV, ao plantador de arvores, e ao senhor que varre as ruas de onde mora!
Pessoas incríveis e solidárias, umas com as outras, provando com atitudes e palavras que ainda podemos ter fé, em nossa própria humanidade.
Muito obrigado Mamãe Gaia, pelas postagens que nos faz lembrar, de que ainda é possível vivermos num mundo melhor.
NAMASTÊ!

Paloma disse...

Que bela postagem!!! Delicadeza e sensibilidade nesta rosa se abrindo. E os exemplos de vida são comoventes.

Beijos

Márcia Cobar disse...

Que belo post Beth! Inspirador, de coração! O emrpesário varrendo a rua, quanta humildade... A biblioteca viva... tão necessária para países que recebem muitos imigrantes e não conseguem lidar com a integração deles...
Bjs querida, adorei a leitura!
Márcia

Celina Dutra disse...

Beth,

Música e exemplos maravilhosos! Talvez se ao invés de maldades a mídia começasse a divulgar exemplos de cidadania, fraternidade, amor ao ambiente, trabalhos de formiguinhas... o homem alcançaria mais rapidamente o crescimento interior para o bem e o bom.

Acredito no amor e ele norteará o caminho do universo um dia.

Excelente semana!
Girassóis nos seus dias.
Beijo

Somnia Carvalho disse...

Lilla que post magnifico! tem sua cara e tem a cara que a gente deveria assumir!

achei a biblioteca dinamarquesa uma ideia genial!
eu iria com certeza!!!

e esse moco plantando arvores? e a gente que sempre pensa que e preciso sempre fazer muito, mas nao temos paciencia para esperar o resultado!

ser imediatistas na verdade e um dos grandes males que afetam nosso planeta.

Calu disse...

Na voz de Betânia essa canção-oração atinge os corações fazendo brotar a flor da esperança;esta que vc tão lindamente arrumou em um bouquet de atitudes magnânimas espalhadas pelo planeta__Gaia/Mãe Terra.
Há que se crer na esperança, num porvir melhor, no ser humano solidário,transformador.
Teu post é uma chuva de esperança com aroma de rosas!
Fiquei tocada, amiga,
Bjos mil,
Calu

Bel Rech disse...

São tantas pessoas que ajudam e merecem ser divulgadas com carinho que você colocou em seu post...
Pois só assim nosso mundo pode ser melhor, pois quem faz com amor,certamente recebe com amor...
Paz e bem

Sônia Cristina disse...

Oi Beth,

primeiro a música, ah essa música? Já sonhei e sonho com dias melhores usando essa música como fundo, inspiração etc.
Sobre a Atitude? São nos pequenos getos que estão as maiores atituides de grandeza.

Paz e Luz

Maria Célia disse...

Oi Beth
Exemplos como estes nos fazem ainda crer em nossos semelhantes.
Como seria maravilhoso se muito mais pessoas se dispusessem a dar uma pequena contribuição dos seus dons, talentos, trabalho, em prol de uma multidão.
Falo isto pra mim mesma, participar de projetos tão dignos ocmo estes.
Bjos e excelente postagem.

Wanderley Elian Lima disse...

Fiquei emocionado com o caso dos estudantes em Gov. Valadares. Todos são grandes exemplos de pessoas que acreditam que esse mundo pode ser melhor, se cada um der a sua contribuição.
Bjux

Hugo de Oliveira disse...

Beth

Sempre fico emocionado com essa música, pois ela embalou momentos decisivos e marcantes de minha vida. Sempre quando pensava em desistir de algo, lá estava essa música para me alertar da existência de várias possibilidade. E um certo dia, estava prestes a desistir da vida...quando minha mãe, mandou um trecho dessa música pelo celular e então, lembrei que é "minha lei, é minha questão virar esse mundo, cravar esse chão...não me importa saber se é terrível demais..."
Depois disso, passei acreditar que sempre irá brotar uma flor do impossível chão.

Luz e paz em sua vida.

Maria Izabel Viégas disse...

Beth querida,

as palavras têm poder. Poder de crira ou de arrasar a atmosfera psíquica em que vivemos.
Aplaudo este teu post.
São pessoas especiais que transmitem em seus blos a paz, a fraternidade, mostrando que existe vida além desta tragédias do cotidiano, que tanto nos ferem e fazem sofrer.
A atitude destes jovens e voluntários no foco aqui do "seu olhar", acendem luzes neste nosso universo de pessoas que andam lendo cada palavra escrita nos blogues, necessitados talvez de saber que não estão sós!
Creio que se em todo o mundo mais notícias boas fossem divulgadas, o mal se enfraqueceria!
Belo post. Amei!
Ah, e obrigada, Beth, por teus comentários no Memórias.
Fico feliz com sua presença!
Beijos n'alma!

Cacá - José Cláudio disse...

"...E na gente deu o hábito
De caminhar pelas trevas
De murmurar entre as pregas
De tirar leite das pedras
De ver o tempo correr
Mas sob o sono dos séculos
Amanheceu o espetáculo
Como uma chuva de pétalas
Como se o céu vendo as penas
Morresse de pena
E chovesse o perdão
E a prudência dos sábios
Nem ousou conter nos lábios
O sorriso e a paixão..."

Do mesmo Chico, para ilustrar o seu belo e estimulante texto, Beth! Um ótimo dia, az e bem.

Menina no Sotão disse...

Ainda dá pra acreditar, não é mesmo? Embora as vezes eu duvide, até por isso tenho evitado o noticiário. aff

bacio carissima

Lu Souza Brito disse...

Oi Beth,

Lendo seu post, me lembrei do Jornal da Boa Noticia, da Radio Mundial. Como disse a Isabel, as palavras tem poder e ler algo assim nos dá um cutucaozinho do tipo: eu também posso ajudar, eu também posso fazer algo.
O que parece pequeno para alguns, não é para quem faz com amor e dedicação.
Bacana a biblioteca de livros vivos e todas as demais iniciativas.
Quando morava na Ilha, eu participava do Dia de Limpeza das Praias, e as vezes tinhamos os multiroes para limpeza de bairros.
Agora nao ando fazendo nada, mas sinto falta.
Lindo seu post, cheio de amor. Você é uma dessas pessoas que deixa o mundo mais bonito, mais alegre, com suas palavras de motivação, incentivo, carregadas de amor e otimismo.
Um beijo!

Camille disse...

Quanta gente bacana!!! Assimo mundo fica melhor, com um pouquinho de cada um, como o beija-flor do Betinho, se apaga o incendio. Esse garotos da faculdade, que lindo!!! É tao importante esse apoio para a cura. Alias a cura já esta no gesto, nessa força toda. Beijos Mãe Gaia, esse teu blog, bem a reflete( a Terra) no que tem de melhor.
Cam

Camille disse...

Algum ja fez algum ocmentario ruim aqui? Por que voce nao deixa os comentarios sem censura? Seu blog é tao bonito!

William Garibaldi disse...

Beth Lilás.. vc é uma mensageira do novo Mito e do Novo Amanhecer.. eu fico aqui sempre vislumbrado!
Esta musica é uma Hino lindo! AMO!
É o Meu hino deste momento.. . criar o milagre impossível!
E ele nasce através de nós..
que lindas histórias de amor, da biblioteca com pessoas pra conversar...dos amigos do jovem com câncer... do senhor Iijima... e eu cá vou ligar pra meus amigos distantes.. sem cobrar nada.. apenas torcar.. que lindo lindo!
Bom dia !

Bejus de Luz Lilás!

Beth/Lilás disse...

Respondendo Camille:

Olha, posso lhe jurar que só tive um comentário idiota nestes 4 anos de blog, mesmo assim foi tão idiota, tão bobo que nem fiquei com raiva, mas não publiquei lógico.
Agora, recebo, como todos, muitos spams cheios de palavras inintelegíveis, vão direto para a caixa de spams e esqueço, nem vejo.
Obrigada pelo elogio! Gosto demais de seu espaço também.
beijocas
======================================================================

Beth/Lilás disse...

Respondendo Camille:

Olha, posso lhe jurar que só tive um comentário idiota nestes 4 anos de blog, mesmo assim foi tão idiota, tão bobo que nem fiquei com raiva, mas não publiquei lógico.
Agora, recebo, como todos, muitos spams cheios de palavras inintelegíveis, vão direto para a caixa de spams e esqueço, nem vejo.
Obrigada pelo elogio! Gosto demais de seu espaço também.
beijocas
======================================================================

Misturação - Ana Karla disse...

Poxa Beth, que post emocionante!
Fico mais forte ao ver que existem pessoas que fazem a diferença. Que existe solidariedade.
Atitudes do bem é que fazem a grande diferença.
Xeros

Teresinha Ferreira disse...

Olá Beth,
Essa música é belíssima. Um verdadeiro hino.
Seu post... Uma reflexão...
Como sempre você arrasa no seu espaço. Parabéns amiga.
Bjs mil

Glorinha L de Lion disse...

Betita, que post lindo! Daqueles de levantar o astral da gente. Pois, como diz aquele anúncio da coca cola que coloquei outro dia: Os Bons São Maioria! Como é bom ver esses exemplos de doação em prol de um bem comum! Lindo isso! beijos,

Rosamaria disse...

Beth, tu sempre nos mostra coisas boas. Com teus posts a gente pode ver a pessoa sensível que és. Gente boa se vê de cara.
Bjim

ML disse...

Aplaudível!

bjnhs