.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Simplicidade e Natureza



"Oscar Wilde dizia que os prazeres simples são o último refúgio dos homens complicados.


Um dos precursores da autoajuda, Henry David Thoreau, quis experimentar a vida simples e por isso viveu dois anos no meio da floresta.  Dessa experiência surgiu seu livro Walden, publicado em 1854 e referência até hoje.


Estas são algumas das conclusões às quais chegou Thoreau em seu retiro campestre:


  • A pessoa mais rica é aquela cujos prazeres são os menos dispendiosos.
  • Nossa civilização consiste em milhões de seres vivendo juntos, num espaço restrito, em total solidão.
  • A natureza é o único local onde um ser humano pode se encontrar consigo mesmo.
  • As coisas não mudam - nós mudamos.
  • Seguir a trilha dos próprios sonhos e viver a vida que desejamos é garantia de sucesso.
  • Investir em bondade é o melhor negócio que você pode fazer.



(fonte-Allan Percy) 






20 comentários:

Nilce disse...

Oi Beth

Oscar Wilde deixou um bom legado que nos ensina até hoje.
Muita sabedoria em poucas frases.

Bjs no coração!

Nilce

Lizete Delmonte Ferraz disse...

A natureza...amo a natureza...sou sagitariana...
Quando estive muito doente, pedia muito para meu marido me levar e me deixar no meio dela...ela é o grande símbolo da simplicidade...o mar...a areia...o sol...as flores....as plantas...são obras divinas para a humanidade...tudo aí, de graça para nós...no seu silêncio, ajudando-nos a purificar tudo ao nosso redor...e nos mostrando o valor da simplicidade...
Um dia lindo pra vc!
Beijos, com carinho! Liz

Uma Mae das Arabias!!! disse...

Sabias palavras!

Beijos e fiquem com Deus

Barbrinha

Mari Hart disse...

Todo mundo devria ler isso! Esse cara é um sábio!

Bjo grande!

Bia Jubiart disse...

Beth! Hoje lá na Jubiart tenho um exemplo de bondade...

Aqui em casa tentamos praticar essa simplicidade, sendo que complicar a vida estressa.

Bela mensagem p/ encerrar uma linda semana!

Beijoooooooo

pensandoemfamilia disse...

SERIA BOM VIVER NA SIMPLICIDADE, MAS COMO, NÃO É MESMO??? O QUE SE DESTACA HOJE? RIQUEZA, APARÊNCIAm ENTRE OUTRAS ....
OS CONSELHOS SÃO ÓTIMOS.
bjs

welze disse...

oi minha carioca linda. adoro seus textos que sempre enfatizam a simplicidade da boa vida. que delícia estar aqui.,. beijos e bela semana

Misturação - Ana Karla disse...

Apesar de conhecer e concordar com essa teoria da simplicidade, eu vivo buscando dia a dia, sempre mais, ter e ser o mais simples possível, porém na vida de cidade grande há pontos que não tem como.
A começar por uma vida totalmente simples tem que ser mesmo num local bem distante de tantas confussões.

Beth maravilhosa, seus pontos de reflexão são ótimos.

Bom final de semana.

Xeros

Beatriz disse...

Oi Beth
Que coincidência! Já li Thoreau há alguns anos atrás, que um amigo meio "ermitão" me deu de presente: DESOBEDECENDO. O livro tem apresentação de Fernando Gabeira e fala da desobediência ao conformismo da sociedade. Como o próprio escritor dizia na época: Quando o súdito nega obediência e quando o funcionário desiste de aplicar a lei ou se demite, está consumada a revolução. Grande Thoreau!
Beijinhos
Bia
www.biaviagemambiental.blogspot.com

Lu Souza Brito disse...

Beth,

Muito bacana estas conclusoes, mas a que mais gosto é que é possível sentir prazer gastando pouco. Achar que só é feliz quem faz coisas que requer muitos gastos é bobagem!
Beijos

ML disse...

Muito bom pra começar o final de semana de bem com a vida.

bjnhs

just jane disse...

Yes, I agree! Beautiful photo and sentiment. Thank you.

Wanderley Elian Lima disse...

Bela e reflexivas conclusões. Pena que o homem não respeite a natureza.
Bjux

DÉIA disse...

Seu blog é muito bom por isso vim até o seu espaço e gostei muito do que li por aqui. Tenho um blog Tb gosto d++ de poemas. E estou te seguindo se VC puder da uma passada La no meu blog. VAI SER UM PRAZER SE PUDER ME SEGUIR...Bejs . Déia.........
Esse é o link do meu blog
http://wwwdeiablog.blogspot.com/

Lúcia Soares disse...

Beth, sei disso há naos...E tento praticar. Minha vida é simples, aprecio o belo, o bom, o caro, mas não faço uso indiscriminado de anda. Consumismo nunca me pegou e mesmo vivendo numa capital, tenho hábitos simples, não me pego em modismos, não quero ter de tudo que está "in".
Para mim, a frase perfeita foi: "A pessoa mais rica é aquela cujos prazeres são os menos dispendiosos."
Beijo e bom fim de semana.

Yoyo disse...

Excelente reflexão, minha amiga.
bjo no core

Tati disse...

Oi Betita, para começar (e não esquecer de dizer), esta foto do seu perfil está linda demais! Fiquei encantada.
Agora sobre seu texto, como a gente se esquece disso, não é? E como é difícil liberar tempo para o mais importante em nossas vidas. Às vezes passamos tanto tempo resolvendo burocracias e outras coisas que não nos trazem nada de bom ou de vivo e perdemos o mais importante: o convívio, seja conosco, com outros, com a natureza. O que mais é a vida senão isso? Perfeito demais.
Beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Vc me conhece né amiga? Sabe bem que não gosto de receitinhas...sejam elas de bem viver ou de como manter o amor, etc, etc...mas gostei da frase citada:As coisas não mudam, nós mudamos! Essa é a grande verdade da vida! Nós mesmas somos um bom exemplo disso, né? Obrigada pelo avisinho que me mandou...já fui lá, beijocas,

Luciana disse...

Adorei essa parte: "A pessoa mais rica é aquela cujos prazeres são menos dispendiosos". Super verdade.
E amei a foto. São os lilases, né?!
Aqui estão uma beleza, se fizer sol amanhã ou semana que vem, e eles resistirem, vou fazer umas fotos. Semana passada só choveu, a chuva acaba com as flores.

Beijo

Teresinha Ferreira disse...

Cara, isso me fez lembrar de ontem. Fomos a um lugar mais distante daqui, está mais para interior, e estávamos falando sobre a simplicidade. A maneira pacata de viver. As pessoas andando pelas ruas sem se preocupar com o carro passando. Uma bela natureza bem próxima. Sabe, realmente as coisas não mudam, nós mudamos... Fiquei agitada com a calma das pessoas. Pode isso?
Bjs mil