.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Então, vamos cantar?


Vou lhes contar um segredinho . . . já cantei em coral de igreja.  Pronto, falei!
Oras, todo mundo tem um passado nebuloso escondido e o meu teve dessas coisas!  rssss
É, não se espantem não!  Mas, eu era uma soprano e das boas, bem afinada e cantava lá na frente do coral.
O meu grande motivo é que namorava aos 17 anos um rapaz metodista e acabei me envolvendo com tudo o que ele fazia e gostava. Acontece que eu acabei gostando mais de cantar do que ele, pois na verdade, quem se entusiasmava mais era eu e assim um dia ele saiu do coral e eu continuei. Porém, tudo terminou quando terminamos nosso namorico, mas foi um tempo muito bonito e cheio de recordações legais.

Era uma energia muito boa que acontecia quando as vozes se juntavam e transformavam-se em sons harmônicos e melodiosos.  Cantar é uma coisa gostosa, sabe!  Isso envolve nosso corpo, a audição acentua-se, podemos ouvir os diferentes timbres de voz que saem de dentro de cada um ao nosso lado e aí, sentimos uma vibração aquecida e só quem já sentiu isso um dia, saberá do que estou falando.

Tempos depois, passando por um período meio triste na vida, voltei a ficar feliz quando ganhei um vídeo karaokê do maridex e cantei muitos dias seguidos, mesmo sozinha, adorava. E se eu tivesse um par para me acompanhar, ficava até tarde brincando naquele negócio. Agora, anda esquecido lá em casa, em algum fundo de gaveta.

Quem canta seus males espanta já diz o ditado e acho mesmo que tem toda razão, pois ao cantarmos desfazemos uma série de más sensações, ficamos mais leves, jogamos para fora coisas que ficam acumuladas e que são energias ruins, nocivas para nosso corpo e mente.

Li noutro dia uma reportagem que dizia que sessões de tortura nos Estados Unidos, com terroristas capturados, obrigavam-os a cantar, para, aos poucos, livrarem-se de suas raivas, tornando-os inofensivos e que pacientes com Mal de Alzheimer, graças a uma música conhecida, recuperaram algumas lembranças, e pessoas que sofreram apoplexia conseguiram voltar a falar através do canto.

Cantar é tudo de bom na vida, por isso vejam e inspirem-se neste  coral de vozes harmonizadas que vem do interior de cada ser e faz vibrar os corações, mesmo os mais quietinhos e discretos.


Aha, cantou junto heim!  Impossível ficar mudo diante deste vídeo e coral vibrante.  Solta a franga, comece o dia cantando, mesmo que seja debaixo do chuveiro, vamos lá!











33 comentários:

Ana Paula Soldi disse...

Essas coisas que a gente faz por amor na adolecencia, eu comecei a treinar volley, porque me apaixonei por um menino que jogava :)
E depois o volley se tornou algo super importante na minha vida, o volley ficou e ele se foi.

beijos

Maria Luiza disse...

Amo cantar, só não entro em coral, apesar dos convites. Ouvir coral cantando é choro que desce, são arrepios mil que transcorrem pelo meu corpo. Vou além, muito além com boa música! E sou contralto. sua voz deve ser tão linda como vc. Bjbj

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Beth, cante muito! ainda mais com essa voz linda q vc tem! Canta na igreja, canta na rua, na chuva, aonde puder rs.

eu tb gosto, canto do meu jeito, mas gosto muito. sempre vou aos karaokês, me divirto muito.

cantar faz um bem, acho que deixa a alma da gente muito mais leve.

e gosto muito de ouvir coral.
bom dia querida amiga mãe Gaia Beth

✿ chica disse...

Eu também já cantei em coral...nem vou contar aqui os motivos que me levaram a fazê-lo,srrsr ( um dia sai um texto,srrs) Mas realmente é legal e minhas crianças participaram de corais da universidade onde eu estudava. Era ótimo. Lá em casa tinha sempre um grupo de coralistas fazendo bagunças! beijos,lindo dia e hoje se eu cantar nem te digo... mas cantei com o0 vídeo...beijos,chi9ca

Astrid Annabelle disse...

Bom dia querida Beth!
Ah! Como é bom cantar!
Também cantei quando era jovem...e esse vídeo é demais...assisti ao filme inteiro e dei muita risada...levanta o astral de qualquer um...realmente impossível ficar parado e mudo!
Então cantemos!!!
Um beijão muito agradecido por seu comentário carinhoso lá em casa!!!!!
Astrid Annabelle

Dulce disse...

Pois então, minha amiga, acontece que tenho uma voz pequena, não muito afinada, mas adoro cantar, canto por tudo e por nada, pego-me cantarolando até no supermercado... hehehe...
Vamos, pois, cantar...
Beijos e um bom musical dia para você.

Marli Borges disse...

Bom dia, Beth
Independente do namorico, o cantar floresceu não é? Mas cantar é tudo de bom mesmo. E esse vídeo, ah(!) eu adoro, é ótimo. Sabes, nunca participei em nenhum coral, mas acho uma das coisas mais sensacionais que existem. É o retrato da união e da força brotando. Um momento mágico.
Am ei o post. Bjsssssss

Zélia Guardiano disse...

Também já cantei no coral do Colégio Objetivo, onde lecionava.
Adorei a experiência e sinto saudade...
Abraço.

Vivi disse...

Cantei junto sim !!!!! e cantar é bom mesmo !!!!
Amei esse post...
apesar de sumida deste nosso mundinho "blogal" ...mas não te esqueci viu!!!!
bjs

Lu Souza Brito disse...

Oi Beth,

Cantar é uma terapia. Eu canto no chuveiro, canto enquanto lavo louça, faço faxina. Voz? Esganiçada até, mas e daí? Canto para mim, para me alegrar, quando vem uma boa recordação.
Agora você, cantora de coral, que legal! Tem nada de nebuloso nisso, eu acho o máximo.
Eu tinha vontade de cantar em karaoke na epoca que todo barzinho tinha um desses, mas a vergonha nunca deixou, quer dizer, só uma vez com uma amiga - e fomos vaiadas, por que nossa voz, só por misericordia, ahahahah. Desafino total!
Ontem passei o dia cantando o Parabéns a Você da Xuxa, kkkkkkkkkkkkk.
Beijos

Vivi disse...

Ah esqueci de te dizer... eu tn fiz parte de um coral da escola... puxa há qto tempo.... morávamos em Belém do Pará na época... e a escola , aliás quase todas , se apresentavam no Teatro Municipal.... era lindo!!!! e eu me achava tão importante lá na frente... e ao mesmo tempo minha timidez extrapolava, as pernas tremiam... enfim... mas no final dava tudo certo !!!! uau!!! qtas lembranças vc me troxe hoje!!!! brgada!!!
bjs

Wanderley Elian Lima disse...

Que massa! Adoro canto coral. Cantar é um privilégio de poucas pessoas. Parabéns.
Bjux

Silvia Masc disse...

Eu cantei no Coralusp, e morro de saudades, pelo meu timbre de voz, vc já deve saber que não fui soprano...rs Percebo que canto pouco, mas sou movida a música.

beijinho

lolipop disse...

Querida Beth,
Sabe que não estranhei nada que vc já tivesse cantado num coro...vc tem uma voz melodiosa e linda.
Quando for ao Japão vai ser a estrela do karaoke!
Eu tenho voz de cana rachada...(risos), mas apesar disso lá vou cantando...

Muito giro o vídeo!

Mil ternuras

Cantinho She disse...

Beth, que post mais gostoso, adorei! E amei saber da novidade, vc canta para mim? hehehehehe Adorei também o vídeo que vc escolheu, mas eu, minha querida, só canto mesmo no chuveiro por ter a acústica do banheiro que ajuda pq tirando isso é um horror....kkkkkkkkkkkkk
Beijo, beijoooooo!
She

Lúcia Soares disse...

Cantei no coral formado nas aulas. Não é muito, mas eram os alunos selecionados para pequenas apresentações, na escola mesmo.
Gosto de cantar, mas com o tempo a voz ficou diferente, a garganta já não aguenta tons altos. rsrs
Adoro o filme, a Whoopi e a música.
Beijos!

orvalho do ceu disse...

Olá, querida
É tudo de bom!!!
Ameniza muitas tristezas contidas e dilata o nosso coração...
Abre mente, ficamos libertos de corpo e alma...
Que passado lindo vc teve para nos contar!!!
Bjm e estamos na contagem regressiva,né?? Tan tan tan tan...

Misturação - Ana Karla disse...

Ah dona Beth, cantou em coral, hein?!!!
Mas não é pra qualquer um não. Estou certa?
É sempre muito bom cantar e eu adorooo.
Penso, um dia, em fazer canto para aprimorar a voz. rsrsrsrs

Gostei da história.

Xeros

pensandoemfamilia disse...

Oi Beth

Eu também já fui "uma cantora" de mão cheia. Nos passeios de colégios, nos ônibus, soltava a voz. Participei também de coral de Igreja na pré adolescência e amei.
Quanto a música e pessoas com demência, usa-se a música como exercício de recuperar palavras que vão sendo esquecidas.
Ótima escolha da música, mas não deu para acompanhar, rs,rs,

Então quando vamos cantar????

bjs

Teresinha Ferreira disse...

Olá Beth,
Você me encanta com suas postagens..rsrsrs...
Hum...Verdade...Todo mundo tem um passado nebuloso escondidinho.kkkk..
Quem canta seus males espanta, não é por ai?
Bjs mil

ML disse...

Eu adoro cantar, assoviei com 9 meses de idade - tadinhos dos meus pais, quem merece? - e ouço música quase o dia inteiro. Já fui "rata" de baixar mp3 "de grátis", mas aí o computador pegou um virus e eu parei com a graça.
Quanto a cantar em coral, quam não tem "um passado que lhe condena" que atire a 1a. ... nota : > )

bjnhs

PS: Beth: a respeito do encontro de blogueiras no próximo sábado, onde e quando? Se der - prometo não - passo pra dar um "hello" e ter o prazer de conhecê-la ao vivo. bjnhs

Sônia Cristina disse...

Claro que cantei,

e viva o canto, afinado, desafinado...
não importa!
eu canto o tempo todo Beth, sou movida a música...
beijo

Malu Machado disse...

Minha filha, os melhores cantores do mundo cantaram em igrejas. Que coisa boa! Cantar faz bem à nossa alma e ao nosso coração. Cante, cante sempre, roxinol!

bjs,

Heloísa disse...

Beth,
Também adoro cantar.
Estou passando rapidinho, porque estou viajando, e com a internet bem limitada.
Bjs.

Paloma disse...

Cantar só nos faz bem,é muito gostoso.Talvez por estar ligada nas canções de Julio Iglesias,estou sempre cantarolando alguma.Já faço,sem sentir.

Beijos cantarolados

Renata disse...

Coitada de mim...sou desafinada que só...rsss

mas confesso que quando nao tem ninguem olhando eu canto tbm...e o que é pior, canto em outros idiomas...kkkkk...sem nem saber a letra...que mico!!!!

Feliz de quem tem a musica no seu coração!

Um abraço, bom dia, e obrigada pelos votos que voce me deixou!

Lucia Cintra disse...

Que legal, Web-mae. Eu nunca cheguei a cantar numa igreja, mas ja cantei num choir da faculdade. E ja que sou perfeccionista e nao acho minha voz la grande coisa eu acabei saindo.

Mas eu AMO cantar junto com o Al (em casa, pois nao canto na frente de ninguem mais, rs), ou entao no carro. Tem vezes que a gente passa mais de uma hora fazendo isso e como eh gostoso! Ele canta super bem e sempre me ajuda a melhorar a minha tecnica, rs.

bjos

Maria Célia disse...

Oi Beth
Como é mesmo aquela frase tão comum?
Quem canta seus males espanta. Será mesmo verdade?
Sou péssima pra cantar, desafinada, minha garganta dói, mas adoro ouvir os outros cantarem.
Este vídeo é bárbaro, dá vontade de cantar junto.
Bjos

Bombom disse...

Olá Beth! Cá vem mais uma rainha das cantorias! Eu acho que nasci a cantar, porque sempre dei por mim a cantar. Em casa, na rua, no Liceu, nas Escolas...Sempre pertenci ao Coro do Liceu e até tínhamos concursos entre várias escolas e colégios. O nosso Coro ganhava quase sempre!Depois a profissão de professora estragou-me a voz, mas mesmo assim, nunca deixei de cantar, sobretudo quando estou sozinha. E sempre achei que nunca poderia viver sem ouvir música...Como estava enganada! Há 3 anos, quando perdi 70% da audição de repente, aprendi que afinal até podemos viver sem muita coisa.Já não oiço rádio, nem televisão, nem vou a concertos como antigamente, mas nunca deixarei de cantar!Bjs. Bombom

Somnia Carvalho disse...

Lilasona, ja cantei tombem e vou dizer que eu viiivo ouvindo essa musica ai! tenho gravada no itunes e danco sozinha com ela e outras do filme! faz um bem pra alma que so nao!

Nina disse...

ah que bonitinho, num coral... fofo!

achei essa técnica no presídio interessantíssima, imagina os bandidoes cantando... que cena!

tenho voz horrível desafinadíssima, mas adooooooro cantar.

Mila Viegas disse...

Bethita,
Você sabia que música é uma das coisas que me deixa mais emotiva nesse mundo? Canções me arrepiam, me contagiam, me fazem meditar. E é verdade o que você disse... Faz tão bem para o coração, para o espírito. Eu amo cantar.

P.S. Vamos ressuscitar esse karaokê no nosso churras de "Deus sabe quando"??? kkkk

beijos

Isabel disse...

Beth, eu também já cantei num coro de Igreja e gostava muito. É muito bom cantar, canto muito sozinha em casa e no duche também, claro!!
Esse filme é muito divertido e animado. E é sempre bom rever essa cena.
Bjs