.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

terça-feira, 29 de março de 2011

Os sentimentos são sempre uma surpresa.



Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: não fazer mais nada. Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram. Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição. Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue;outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés. Os sentimentos são sempre uma surpresa. Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido. Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer. Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho...o de mais nada fazer.


Clarice Lispector




24 comentários:

Mila Viegas disse...

Eu bem estava precisando ler isso!
Obrigada por compartilhar, Bethita.
Beijosss

ML disse...

Nossa, que desespero comportado, Beth. Pensei que tivesse sido escrito pela "Liz". Aliás, que "retrato" maravilhoso!

bjnhs

ML disse...

Uau! Olhando mais 1 vez, vejo Brigitte Bardot!
Vou olhar de novo...

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Não adianta, né Beth.... forçar o amor, sentimento... isso não existe, acho que até piora a situação, faz a outra pessoa até ter mais raiva de vc ou desprezo, não sei.

e eu amo vc, minha amiga-mãe, que tanta coisa boa me presenteia sempre.
bom descanso ou bom dia rs

ManDrag disse...

Entre as espirituais filosofias orientais chama-se o fazer não-fazendo.
Sentimentos não se fabricam por encomenda. E o amor não pode ser fingido.
Na vida temos sempre que seguir em frente. Tudo é ganho!

Abraços

Cucchiaio pieno disse...

Concordo com Clarice sempre! Fiz muito isso quando era mais nova e nunca teve resultado, pois realmente amar não é imposição!
Bjos
Léia

¸.•*´¨`*•.chica disse...

Sentimentos e emoções nunca podem ser impostos.Ou existem ou nã...beijos,lindo dia!chica

Misturação - Ana Karla disse...

Bom dia Beth!

Acho essa de Clarice excelente!
Muito boa escolha.
Xeros

Luciana disse...

Lindo!
Beth, näo sei o que acontece, mas quando vejo que sobe um post seu lá na minha lista, venho aqui e não encontro o post, espero um ou dois dias e volto e heis que aparecem vários posts. Muito estranho, mas no fim aparece tudo.

Beijo

Lúcia Soares disse...

Beth, depois de 3 dias de "bolo" do pedreiro, o jeito é relaxar e comentar...rsrs
(sim, a reforma não começou! o rapaz dá "mil e uma" desculpas, hoje vou, hoje vou e...nada. Agora diz que virá às 10h,trazer-me a lista de material. Se não vier, despacho-o sem dó!)

Na vida real nunca passei por isso. Mas na virtual, sim.
Cheguei-me a alguns blogueiros uma, duas, três, muitas vezes. Sem uma palavra de retorno. Um belo dia, parei de comentar. Alguns, então, se chegaram. Mas outros simplesmente devem ter dado "graças" ao meu sumiço. rsrs
Há sentimentos que nascem depois de muitas rusgas, mas o melhor é que seja instantâneo: olhou, gostou, ficou. Pode ser para o amor ou a amizade.
Quando se gosta, difícil é desistir, mas é o mais sensato.
Beijos!

Tina disse...

Pura verdade tudo o que está escrito. Muitas vezes só aprendemos com a decepção, suplicamos, mendigamos o amor de alguém e não somos retribuidos, doi no mais profundo da alma, ahh doi... Vivo da realidade de que o que é pra ser nosso será... sem forçar, sem sufocar.

Beijosss

Bel Rech disse...

Eu acredito muito na frase:"O que é teu está guardado", talvez demore mas chega...Linda mensagem...beijo

Silvia Masc disse...

Esse texto, me remeteu imediatamente à esse poema...
um beijo querida, e se não é recíproco, esqueça, dedique "esse" para quem te ama.

As sem razões do amor
Carlos Drummond de Andrade

Eu te amo porque te amo.
Não precisas ser amante,
e nem sempre sabes sê-lo.
Eu te amo porque te amo.
Amor é estado de graça
e com amor não se paga.

Amor é dado de graça,
é semeado no vento,
na cachoeira, no elipse.
Amor foge a dicionários
e a regulamentos vários.

Eu te amo porque não amo
bastante ou demais a mim.
Porque amor não se troca,
não se conjuga nem se ama.
Porque amor é amor a nada,
feliz e forte em si mesmo.

Amor é primo da morte,
e da morte vencedor,
por mais que o matem (e matam)
a cada instante de amor.

Maria Célia disse...

Boa tarde, Beth
Bárbaro este texto. É duro querer que alguém seja seu amigo, tenha afeto por você, amizade e é relegada a 2º e 3º planos.
Sei bem o que é isto.
Bjos

pensandoemfamilia disse...

Muito sábias estas palavras, mas há em algumas pessoas a atração a quem lhes rejeita (masoquismo).
Linda a imagem também.
Há un convite no meu blog, vá conferir e ver se lhe agrada.
bjs

Turquezza disse...

Perfeito Beth!
Uma vez eu comentei que "jogo para o alto as coisas que me chateiam" (claro que não podemos fazer isso com todas mesmo), mas o amor, seja de que tipo for tem que ser recíproco, verdadeiro.
E quando descobrimos isso percebemos que já estamos com a idade lá no alto rsrs A vivência longa ensina mesmo !!!!!
Beijos.

Valéria disse...

Oi Beth!
Passo por aqui, mas nunca comento aproveitei a deixa, Clarice, que adoro! Que naturalidade para falar de amor, seus versos são quase que uma conversa simples com cada um, com qualquer um, que ama.

LILIANE disse...

Beth
Acho Clarice Lispector tão intensa e tão verdadeira....

Infelizmente, já "corri" muito atrás das pessoas e isso dói bastante, porque fica evidente que os nossos sentimentos não são correspondidos ou aceitos.

Acho que tem a ver com autoestima.

Hoje, estou aprendendo a gostar mais de mim.

beijinho.

welze disse...

que pena de quem não tem amor por quem é amada e vice e versa. é tão bom quando tudo dá certo. tenha uma linda, perfumada e lilás tarde.

manuel marques disse...

" É possível impor silêncio ao sentimento; não é, porém, possível marcar-lhe limites. "

Beijo.

Nilce disse...

Amar e não ser amado é mendigar sem ter necessidade. Não vale a pena, ninguém doará nada.
Excelente texto da Clarice, Beth.
Gostei!

Bjs no coração!

Nilce

Socorro Melo disse...

Oi, Beth!

Perfeita. O que mais dizer? A Clarice disse tudo.
Ótima partilha.

Beijos, amiga
Socorro Melo

Sônia Cristina disse...

Clarice, sempr ela...

Esse é forte amiga, daqueles que temos que assimilar em um só golpe.

Bela escolha.

bj

Somnia Carvalho disse...

amo clarice! esse trecho e incrivel! sempre penso em voce inclusive quando olho para minha colecao de clarice na estante... nao tenho coragem de dar o livros porque sempre penso que quero reler