.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Para a amiga Manuela

(Colibris brasileiros)

Beija Flor

Sou eu quem 
Beijo a Flor?
Ou Ela
Quem me beija?
Oferecida
A pingar mel
Néctar
Gotículas minúsculas
Brilhando 
Ao sol
Luz
Refratária
Refratada
Em mil cores
Repartidas
Asas
Mil vezes
Batidas
Translúcidas
Eu bailo no ar
Ela baila
Efêmera
Em sua beleza
Descabida
Nós dois
Pássaro e Flor
Tela pintada
Pelas mãos
Da Vida



Nossa amiga Manuela não conhece o que é um Beija-Flor ou Colibri. Naturalmente!
Afinal, esta minúscula ave só existe aqui na América do Sul e na América Central.

A poesia acima foi feita exclusivamente para este post pela talentosa escritora e poetisa Glorinha L. de Lion e, oferecemos a ti, querida amiga Manuelasempre tão participativa nos comentários alegres e carinhosos.

Que o Beija Flor, ave tão admirada em nossa cultura por sua delicadeza, leveza e suas características tão genuínas, seja a partir de agora um símbolo que marque para sempre nossos laços de amizade nesta blogosfera.

1) O beija-flor mede de 6 a 12 cm e pesa de 2 a 6 gramas;
2) Este pássaro é capaz de extrair o néctar da flor enrolando a sua língua, de três quartos de uma polegada, de comprimento, em um formato de canudo muito pequeno;
3) Originário das Américas, este é o único pássaro capaz de voar para trás e de permanecer parados no ar enquanto bate as asas;
4) O batimento de suas asas é muito rápido e as espécies menores podem fazer isso de 70 a 80 vezes por segundo;
5) As fêmeas são geralmente maiores que os machos, mas possuem colorações menos intensas.


















22 comentários:

Beatriz disse...

Oi Beth
A Manuela é uma poetisa e tanto.
E suas aquarelas então, tão coloridas e delicadas! Aposto que ela vai adorar colibris tão graciosos quanto a sua homenagem!
Beijinhos,
Bia
www.biaviagemambiental.blogspot.com

Mila Viegas disse...

kkkk... pois é! Estamos em sintonia. Tirei aquela foto faz um tempo, mas ainda não tinha feito o upload. São lindos né? E a Guxa arrasou na poesia... ela é fogo.. rs.

beijos

Glorinha L de Lion disse...

Oi Betita, espero que a Manu goste dessa nossa homenagem à ela, nossa tão querida amiga! Fiz esta poesia para ela, por encomenda de minha amiga, incentivadora e às vezes, mecenas: Você, Beth Lilás!
Que o beija flor seja o símbolo de nossa amizade: um dia quem sabe, todas juntas, eu, Manu e vc, celebraremos nossa amizade? beijos

Lucia Cintra disse...

Sao passaros tao lindinhos! Eu fico a toda quando vejo um por aqui! Porem agora no inverno eh coisa muito rara.

bjos

HSLO disse...

que homenagem linda.

abraços

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Que poema lindo da Glorinha.
Uma bonita homenagem à Manu.
Com certeza ela vai ficar feliz. E ela merece

Eu conheci uma moça japonesa que foi ao Brasil e ficou um ano, só estudando as aves do Brasil. Ela é apaixonada por beija-flor. Vou mandar o poema pra ela, pq ela entende português, apesar de não falar bem.

Eu tenho saudades de ver beija flor, porque aqui só em lugares especiais pra vê-los. Em casa vinham sempre, meu pai fazia aquela aguinha com néctar em pó pra eles rs.

bjs, lindo post, Beth

Chica disse...

Linda homenagem e presente à Manuela!Adorei!beijos à todas,chica

Laura disse...

Nunca tinha prestado atençao nisso, mas nao tem aqui mesmo! Que coisa!
Beth, o petit gateau é sim o bolinho que fica com a calda de chocolate no meio e mesmo quando frio continua um creme!!!!

Beijossssss

lolipop disse...

Bom dia Beth!
Que bonito o poema da Glorinha! O beija-flor parece um pássaro mágico...eu só conheço de gravura ou foto.
Uma homenagem encantadora.
Carinhos

Renata Lopes Costa disse...

Que lindo carinho de vocês...com certeza ela ficará sem palavras!

Um beijo!

Manuela Freitas disse...

Minhas queridas amigas que deslumbramento esse beija-flôr! Estou emocionada pela vossa homenagem! Foi um complemento divino, as fotografias e o poema! Ah Glorinha tu és uma «maestrina» e as palavras carregadas de afectos pela vida e na vida está tudo, fluem com grande talento! Vou levar o poema comigo, é tão bonito e representa elos tão inexplicáveis que podemos sentir perto, mesmo a uma distância avassaladora de um oceano!..
Também querida Beth vou levar um beija-flôr de um mundo fascinante que estou desejosa de poder conhecer!
Minhas amigas hoje salvaram-me o dia, estava assim para o macambúzio, tempo muito cinzento, tudo assim um pouco para o mal disposto, mas agora fiquei com outra disposição! Minhas queridas bem hajam pelo vosso afecto e sensibilidade.
Estive a lêr as características do beija-flôr e como outros pássaros os machos são dotados de outros requintes de beleza, porque será? Fiquei a pensar nisso com uma certa malandrice, claro!! rsssssssssss
Beijinhos e um xi-coração muito especial e enorme,(tem que ser para chegar aí!)
Manú

Cantinho She disse...

Beth e Glorinha que lindooooooooooo!
O post ficou lindo, fotos lindas, e poesia MARAVILHOSA! Certamente a Manuela amou, como acabei de ler aqui o comentário dela superemocionado... Muito bom! Eu adoro beija-flor e ainda vou morar numa casa ou num apartamento com área externa para que eles venham matar a sede...
Sempre fico encantada com eles e igualmente me encantei com esse seu post Beth!
Beijo, beijo e parabéns pra Glorinha pela poesia... ;)
She

Lúcia Soares disse...

Uma homenagem de primeira, e a Manuela merece.
Esse é nosso país, com mais uma de suas riquezas, embora encontre-se o pássaro em outros países das Américas.
No sítio temos muitos, entram pela casa, depois de sorverem a água (pura) que marido coloca pra eles.
Achei, pela sua informação, tão levinhos! por isso são tõa ágeis, então.
O poema da Glinha, fui lendo, sem saber que era dela e pensando: onde a Beth encontra esses peomas?! Depois que vi que ra da Glorinha, reconheci a "marca" que ela imprime ao que escreve: a paixão.
Beijo nas minhas 3 grandes amigas!

Nilce disse...

Que homenagem linda, fiquei extasiada com tanta beleza, mesmo conhecendo tanto esse pássaro muito comum por aqui, que chega a entrar em nossas casas.
Glorinha arrasou na poesia, Beth fez um primor de post e a Manu merece muito mesmo.
Parabéns às três!

Bjs no coração!

Nilce

manuel marques disse...

E agora Colibri
bate as asas e sorri
voa,voa
vai ter com ela
vai direitinho ao Porto
para a casa da Manuela.

Beijinho.

Renata disse...

Lindíssimos beija flores para uma pessoa muito especial, a Manuela!

A Poetiza Glorinha exagerou na lindeza desse poema, estão todas de parabéns!

Mas, eu confesso que nao sabia que os beija flores eram exclusivos dessas nossas terras, que exclusividade hein?

Um abraço à vocês,
Renata

ML disse...

É uma das vidinhas mais lindinhas, tão frágeis e tão ágeis.
Vc já viu beija flor parado? Já vi umas 2 vezes, é lindo! E beija flor bebê? Muito fofo!

Parabéns pelas fotos e à sua amiga pela poesia.

bjnhs

Glorinha L de Lion disse...

Oi gente! Obrigada! Fiz esse poema com muito carinho pra Manu e ao olhar as fotos que a Beth me mandou, me inspirei na hora. Que bom que gostaram e que a Manu, nossa amiga querida saiu da melancolia com nosso presente. Beijos a todos!

Leci Irene disse...

QAdoro o beija-flor! lembro que qdo o João veio de Portugal ficou encantado e até hoje qdo vê um, para tudo o que estiver fazendo e fica a olhar...

Isadora disse...

Beth e Glorinha lindo poema dedicado a Manuela. Com certeza, ela merece muito esse gesto de carinho.
Ganhar um poema não é para qualquer um - rs!
Um beijo

Bombom disse...

Que beleza de post! Adorava Colibris mesmo antes de os ter visto ao vivo. Quando fui ao Brasil tive ocasião de os ver bem de perto e foi um deslumbramento!
Foi linda a homenagem à Manu! E que bem caprichada! Com fotos, imagens e poesia. O Poema da Glorinha está um espanto e diz tudo. O que lá está e nas entrelinhas.A Manú está de parabéns pelas Amigas queridas que ganhou! Beijinhos para todas. Bombom

Gina disse...

Já reparou como as surpresas sempre chegam na hora certa?
Isso acontece com alguns e-mails que nos tocam em momentos não tão felizes...
Parabéns às três, que, envolvidas pela amizade virtual, estreitaram as distâncias físicas.
Tenho amigas queridas em Portugal e outros países e sei bem como é isso.
Bjs.