.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

domingo, 7 de novembro de 2010

Viver não é fácil, não!



Sim, tudo isso é importante para sermos felizes, vivermos bem e estarmos em paz com nossa própria consciência.

Existe algo nestas frases imperativas que você ainda não consegue fazer?

Para mim existe - "Faça aquilo que mais teme." - Sou muito medrosa do desconhecido e já consegui realizar um enfrentamento no ano passado, quando viajei de avião várias vezes e depois naveguei por 9 dias num transatlântico, mas ainda tem um monte de outras coisas que não consigo encarar, como por exemplo, andar sozinha pela cidade em que nasci. Tenho maior pavor de dirigir no Rio.  Falei, pronto!

E você?  Conta aí, vai?










26 comentários:

orvalho do ceu disse...

OI,Beth querida
Viajar de avião é bárbaro... de navio,idem,só o fiz por 3 dias e to querendo fazer o de 8... se Deus quiser.
Agora,dirigir no RJ,só nos bons tempos... quando não tinha pavor da Av. Brasil e da Dutra... Nem sei como enfrentei "aquilo"... Nossa!!! É terrível mesmo como vc nos diz.
Ah! Faleijá com o Gilberto sobre o que conversamos ontem... ele tá no meu post de hoje no Alma Mater...
Bjm e doce Domingo de muita paz,amiga.

lolipop disse...

Ah, eu conto sim Beth! Não tenho nem um pouquinho de medo de avião...mas tenho FOBIA de túneis e parques de estacionamento subterrâneos, mas...só quando sou eu a dirigir. Estranho, né? Descobri isso quando conduzia num túnel com muitos quilómetros na Suíça e comecei a transpirar, com falta de ar e meu coração batendo acelerado...fiz um esforço enorme para me controlar, mas quando cheguei ao fim, encostei o carro e chorei.
Ternuras
PS Adorei esse cartaz/imagem!

pensandoemfamilia disse...

Oi querida

Como me escreveu, falaram sobre mim... Espero econtrá-las também e não decepcioná-las....
Medo, sempre temos alguns, eu nunca me deixei enlouquecer, rs,rs, Mas comparilho com vc do receio de dirigir , Desisti há muito tempo, foi um desafio que enfrentei e depois abandonei.
bjs.

www.comtextosdavida.com disse...

Vocês tem medo de dirigir no Rio!Já estive aí várias vezes e quando chegava a SP o trênsito parecia que estava em câmera lenta. Entendo vcs. Mas eu, agora tenho medo de voltar visitar o Rio
bjs Lais

Eva disse...

Eu adorei este post, não conhecia teu blog, estou te seguindo para ler tudo, tudo, heheh. O que li, amei o espírito do blog. Quanto a pergunta da frase, eu escolho: grite!porque nem sempre consigo extravasar o que sinto, com medo de não ser amada, então eu escolheria grite, mas grite no mato para se aliviar e continuar feliz! beijo grande e um ótimo domingo

Cris França disse...

tem tanta coisa entre nascer e morrer não querida? deixaste-me pensativa, embora, tenha sorrido feliz em ver o encontro das amigas, com uma vontade enorme de ter estado com vcs. bjs

Glorinha L de Lion disse...

Tb tenho medo de pegar estrada dirigindo e dirigir na ponte Rio Niterói! Tenho horror! E, justo numa das vezes em que enfrentei o medo, o pneu do carro estourou e eu fiquei parada no meio da ponte, vendo os ônibus em alta velocidade vindo na minha direção. Fora o vento que parecia que ia me carregar!Quase morri de tanto medo! Mesmo assim, dirigi umas duas vezes em que houve muita necessidade na ponte, mas tenho muito medo...e de avião, nem se fala! Beijos,

Glorinha L de Lion disse...

Tb tenho medo de pegar estrada dirigindo e dirigir na ponte Rio Niterói! Tenho horror! E, justo numa das vezes em que enfrentei o medo, o pneu do carro estourou e eu fiquei parada no meio da ponte, vendo os ônibus em alta velocidade vindo na minha direção. Fora o vento que parecia que ia me carregar!Quase morri de tanto medo! Mesmo assim, dirigi umas duas vezes em que houve muita necessidade na ponte, mas tenho muito medo...e de avião, nem se fala! Beijos,

Lucia Cintra disse...

Querida web-mae, ja que estou esperando o maridex pra sair e como te prometi, estou passando aqui, rs.

O meu item ha uma semana atras, que nao conseguia fazer era "Trabalhe com prazer". Agora tudo mudou e como esta sendo prazeroso! Ate mesmo os planos me enchem de alegria!!!

Fora esse, acho que tenho seguido essa lista direitinho! bjos, Lu

manuel marques disse...

Deus concedeu-nos o dom de viver; compete-nos a nós viver bem ...

beijinho.

Kelly disse...

Meu grande problema: o medo!!!
Pior que ele paralisa e me deixa cega, como quero vence lo!!!
beijos

Celia disse...

Se fizessemos pelo menos a metade do que esta escrito aqui, acho que o mundo seria melhor e as pessoas mais felizes. Tenha uma boa semana. :)

Luciana Håland disse...

Eu diria enfrentar meus medos, o de violência eu prefiro continuar não enfrentando, mas tenho problema com altura, eu até enfrento, mas queria enfrentar com mais frequência. Há dois anos enfrentei e subi uma montanha que tem aqui, passeio belíssimo, mas cadê coragem de repetir, coragem e disposicão, porque voltei quebrada, foram dois dias de dores no corpo, mas foi um passeio muito prazeroso.

Mas vamos tentando.

Beijo e uma ótima semana.

Bombom disse...

Eu também tinha pavor de andar de avião, mas já me curei. Sabes que quando o meu filho foi viver para a Suiça e mais tarde para os EUA (ele é investigador científico) dava-me uma tal saudade que me metia no avião a pensar somente em vê-los e, pouco a pouco fui-me habituando.
Agora ao olhar para esse quadro, o primeiro arrepio foi no ERRE! só mesmo por engano, he,he!
Faça Aquilo que Mais Teme! Eu? Saltar de paraquedas, andar de parapente ou de ultra-leve? Nunca serei capaz. Nem de andar na Montanha Russa!
GRITE! Não sou capaz...não me sai a voz!
XEQUE-MATE! Impossível! Será cobardia? Ou excesso de amor ao próximo?
Revejo-me em tudo o resto, e já não é nada mau! Bjs. Bombom

Manuela Freitas disse...

Olá querida Beth,
Lindo encontro de desvirtualização e eu aqui coitadinha tão longe!
Bons conselhos para a vida, tento segui-los o melhor que posso, também tenho feito coisas que temo, é um desafio que tem adrenalina!! às vezes não me saio é muito bem! rsrs
Há uma coisa que não faço é orar, é uma coisa que me meteram a martelo e agora esqueci-me!..Gosto até de entrar em igrejas e ficar no silêncio, mas nunca vou pedir nada, como dizia o poeta «não peço nada, só quero o que mereço!
Boa disposição para ti minha querida, nesta semana que amanhá vai começar.
Beijinhos,
Manú

Lulú disse...

Nós tememos muitas coisas, mas, vamos fazendo uma de cada vez e vencendo nossos medos , né Beth?
Deus nos ajuda.
Maria Luiza (Lulú)

Tati Pastorello disse...

Quer saber mesmo? Vamos à lista: Harmonize-se mais, importe-se menos (ainda bem longe); Permita-se (neste eu sou terrível! Morro de culpa...); Estou aprendendo a fazer aquilo que mais temo (uma destas coisas foi me expor no blog! Tenho conseguido!); É... nem são tantos assim. Os outros eu ando aplicando/ praticando, às vezes com tropeços! rs
Beijos

Camille disse...

Gostei da lista. Mas fazer o que mais temo, nao faço nao. Pra que faria? Temo pegar numa cobra, temo aranhas, temo morrer com dor, temo sei la tanta coisa, mas tudo nessa ordem de coisas. Temo tb ficar com minha loja, temo sucumbir nela. Ao mesmo tempo que gostaria de dar certo. É meu temos atual esta concentrado nisso. No mais, penso que procuro fazer mais e mais o que esta dito nas frases. Muito legal!
Beijos e boa semana!

Nilce disse...

Como vencer nossos medos, não Beth?
Não conheço o Rio ainda, mas fiquei apavorada quando dirigi por São Paulo pela primeira vez. Nem fiquei assustada com o trânsito lento e a imensidão das marginais, mas ficava o tempo todo olhando pelo retrovisor, com medo que alguém chegasse, ou um motoqueiro me assaltasse.
Tive pavor mesmo, ano passado quando entramos à noite numa favela em Curitiba, para chegar até um hospital. Juro que não quero passar por aquilo nunca mais.
Quanto ao resto, vamos vencendo no dia-a-dia.
Tenha uma excelente semana.

Bjs no coração!

Nilce

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Gozado q eu tb tenho essas fobias com direção, que nem falaram a Glorinha e a Margarida.

mas procuro encarar de frente, repito pra mim mesmo que o monstro mora na minha mente. e respiro fundo...e vou.
assim consigo enfrentar meu medo. fora isso, eu tinha mto medo da violência...

bjs Beth e boa semana pra vc!

Luciana Klopper disse...

Beth, to me sentindo mto desgastada, sabe com pouca energia, preciso me sentir melhor, tem mta carga em cima de mim no momento, preciso q passe mesmo, to ficando pra baixo e tenho medo disso!

Lu Souza Brito disse...

Olá Beth,

O "Importe Menos" e Permita-se são os mais complicados para mim, até mais que enfrentar o que mais temo.

Eu sou muito ligado a coisas / pessoas e como diz meu marido: faço tempestade em copo dágua. Me importo muito, nao desligo, sou tipo mãe protetora e cheia de culpa.
Rsrsrs.
Adoro voar e navegar. Cruzeiro então para mim é a 7ª maravilha do mundo. Mas nao me peça para fazer uma trilha subterranea, passar por um buraco para sair em outro lugar (tipo as trilhas em Bonito ou na Chapada?) Morro antes de entrar. Eu desmaio, ahahaha.
Pavor, pavor só de pensar. Até suei frio escrevendo e imaginando a situação.

Lúcia Soares disse...

Beth, temho muitos, muitos medos. Atualmente, o de dirigir à noite, sozinha. Antes saía numa boa, se precisasse.
O de avião é clássico para mim, embora viaje. Fecho os olhos, rezo muito e lá vou! Ou é enfrentar ou não ver minha filha e netos...
Beijo!

Nina disse...

Ei que quadro lindo isso aqui daria!!!! vou copiar, pode Beth???
Vou colocar na minha parede e logo mostro numa foto... posso????
AMEI!

Beth/Lilás disse...

Ninaa!
It's a good idea! Faça sim!
Também vou fazer, achei ótimo!
bjs

==========================================================================

Barbie Girl disse...

Ahh Beth!

Eu não consigo deixar de me importar, me importo com tudo, me preocupo com tudo e com todos e as vezes isso faz mal, sabia?!
E mudar de opinião, é bem difícil... hahaha Punto e basta! hahaha

beijos