.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Façam suas apostas!

 (Chuva fina em Petrópolis)

Passei dois dias com chuvinha fina e muito frio lá na serra e antes que ficássemos com cara de mofo descemos pro Rio, mas o mau tempo continuou insistindo, dando uma trégua hoje pela tarde. Então fomos conhecer, após um almoço no Leblon,  o nosso Hipódromo da Gávea ou Jockey Clube do Rio de Janeiro e que é simplesmente uma das mais lindas áreas da cidade.

(clique para ampliar)

O Hipódromo da Gávea é o maior de corridas de cavalos do Brasil, abrangendo uma área em torno de 640 mil metros quadrados. Se quiser saber mais sobre o início do Turfe no Brasil clique no site ao lado. (fonte aqui)

Inaugurado em 1885, esta linda área apresenta as corridas de cavalos que desde a época do império, juntamente com o remo, eram os esportes mais importantes e elitizados no final do século XIX e início do século XX.  Hoje, cede seu espaço para diversos eventos, desde as corridas às exposições de decoração, arte e moda.

(clique para ampliar)

Os anos 1950 representaram o apogeu das corridas na cidade, uma fase apoteótica, mas que com a transferência da capital para Brasília, infelizmente delimitaram o início de reversão do prestígio e popularidade deste esporte.  Mas, até hoje, muitos criadores de puro-sangue apresentam-se ali com seus pequenos jockeys, dando show nas apresentações como as que assisti hoje à tarde e fiz até uma 'fezinha'.  Apostei no cavalo no.2, chamado El Demolidor que ficou em 4o. lugar. Ganhou um lépido jovem de 4 anos apenas chamado Our Magee e de pelo castanho.
Muito interessante acompanhar uma corrida ao vivo, sentada naquele lugar de bancos antigos e ver de perto a arquitetura de colunas jônicas que lembram os templos gregos da antiguidade e a abóboda de vidro inspirada nos palácios parisienses.  
Os apostadores, em sua maioria septuagenários, podem apostar e ficar dentro de grandes salões, visualizando e acompanhando a corrida pelos telões, como também do restaurante ou ao ar livre nestas enormes arquibancadas.

(clique para ampliar)

É um lugar bonito e tranquilo para se passar uma tarde de domingo ou de feriado e em sua volta podemos avistar as montanhas, o Corcovado, as grandes palmeiras do Jardim Botânico e a Lagoa Rodrigo de Freitas.
E o melhor ainda é que pode-se entrar gratuitamente e fazer apostas a partir de R$ 1,00 apenas.

(clique para ampliar)





38 comentários:

Ivana disse...

Bethinha, que lindo! Gostei de ver você, toda elegante, posando pra foto!
Beijos!

Beth/Lilás disse...

kkkkkk
Ah, Ivana, só faltou o chapelão, mas um dia vou num grande prêmio e boto um daqueles. Valeu!
beijocas

==========================================================================

aminhapele disse...

Andou pelos sítios de que mais gosto.
Leblon,Lagoa,Jardim Botânico,etc.
Talvez,dentro em breve,eu lhe diga:
Estou cá!
Até breve.
Um abraço.

Camille disse...

Pois eu aposto que dificilmente ha uma cidade tao linda e tao cheia de charme quanto o Rio de Janeiro.
Lindas imagens voce fez do Jockey Club. Saudades de minha cidade. O friozinho ainda esta aqui tb na minha cidade emprestada que é São Paulo, onde fico bem e sou bem acolhida. E assim sou grata a Sampa. Quanto aos seus comentarios, obrigada. Claro que nao exporia minha filha. A outra vez que coloquei uma foto dela, era desfocada e ja nao coincidia com a idade dela. Não gosto de expor, nao devo expor. Diferente do que penso das amigas que moram no exterior. Estao longe, querem se comunicar com suas familias mostrando suas vidas. E ainda o principal, estao fora do perigo que temos aqui no Brasil, ao expor nossas vidas, filhos, familia.
Bjos,
Cam

Thayla disse...

Oi Beth!
Que lugar lindo, amei! Me senti rica só de ver as fotos hahahaha
Eu me sinto tão bem quando vou à esses lugares, creio que nasci na época errada =/
Bjos e uma ótima semana!

Lucia Cintra disse...

Pra voce ver, Web-mae, eu nao tinha a minima ideia que isso existia ai no Rio! Cresci nesse estado (em Niteroi), mas mal conheco minha cidade natal.

No dia que voltar ao Brasil e levar o Al comigo, nos dois vamos acabar fazendo turismo juntos, rs. Eu conheco muito mais os USA do que meu proprio pais e um dia tenho muita vontade de remediar isso!

bjos

Chica disse...

Que chique,heim? Lindo mesmo esse lugar e a chuvinha foi bem trocada,não é ?
beijos,tudo de bom,chica

Lu Souza Brito disse...

Bom dia Beth,

Que lugar lindo e elegante. Delicia de passeio. Por aqui o tempo também foi estranho: gelado no sábado, ameno no domingo. Segunda fez um solzinho a tarde. E esta madrugada choveu sem parar.

Um super beijo pra vc!

pensandoemfamilia disse...

Olá Beth queridda

Eu ano passado fiz esse passeio e também apostei para observar esta sensação.
Este lugar nos remete a outras épocas por sua arquitetura, há una sensação de viagem no tempo. Eu estive no Teatro Municipal RJ e não levei a máquina, acredita?

lolipop disse...

OI BETH!
Sítio bonito esse...com um certo ar aristocrático que faz pensar naquelas corridas em Inglaterra, com senhoras em chapéus extravagantes. Mas vc, mesmo sem chapéu, está distintíssima, perfeita nesse enquadramento.
Aqui, o fim de semana também foi de chuva, só que com muiito frio!
BEIJOS
TERNURAS

Isadora disse...

Beth, uma passeio maravilhoso o que você fez. Temos muita cultura por aqui e aproveitamos pouco.
Um beijinho e as fotos estão lindas.

Beth/Lilás disse...

Isa,
O carioca não dá valor a estes passeios, só visualiza praia, mas o Rio tem lugares lindos e cheios de cultura.

Lolipop,
Obrigada. Este lugar já foi aristocrático e muito frequentado, mas hoje, como em muitos lugares, já sente-se a decadência e o abandono.Uma pena! Mas, continua com seu charme peculiar.
beijos
----------------------------------------------------------------------

Heloísa disse...

Beth,
Que lugar sofisticado!
E que passeio diferente e charmoso.
Vou pouco ao Rio (cidade maravilhosa), mas fiquei motivada para conhecer o Jockey, numa próxima oportunidade.
Bjs

Maria Célia disse...

Oi Beth
Imagens lindas. O Rio é mesmo lindo, charmoso, um encanto. Tantos lugares lindos pra conhecer, e a maioria só pensa em praia.
Bjos

Manuela Freitas disse...

Olá querida Beth,
Obrigada por me dares a conhecer um sítio tão bonito e tão charmoso e tu tb tão charmosa! O Jockey Club tem de facto umas instalações excelentes e as fotografias estão muito boas.
Adoro as tuas reportagens! Veio-me logo ao pensamento «My fair Lady», cena antológica de corrida de cavalos em Ascot, não é? (não tenho a certeza)
Por cá não há nada disso, houve umas tentativas de corridas de cavalos frustradas!!!
Obrigada querida pela viagem, quando fôr grande quero ir ao Rio de Janeiro!!!hehehe
Beijinhos e tudo de bom para ti.
Manú

Lu Olhosde Mar disse...

Beth, qual será o futuro do Jockey? qdo os septuagenarios se forem, se ninguem mais apostar... o q vc acha? o lugar é belissimo!! bjao

Beth/Lilás disse...

Lu querida!
Você tem toda razão e inclusive ontem eu e meu marido falávamos sobre isso justamente. Pois enquanto aqueles senhores e senhoras que ainda gostam deste esporte estão por lá, apostando e prestigiando o lugar, tudo fica como antes, embora já decadente, mas o que será daquilo há mais alguns anos?
O que sabemos é que o local custa absurdamente caro, muitos milhares de dólares e possivelmente só um grande shopping poderia comprar aquela área.
Boa observação a sua!
beijinhos

======================================================================

Lu Olhosde Mar disse...

eu morro de medo q coloquem tudo no chão, Bethinha!!

Cris França disse...

que chique! chiquérrimo amiga, bjs!

Thais disse...

adoro o hipodromo. Ja participei de uma feira dentro da tribuna de honra. Na entrada tem miniaturas de cavalos, uma mais linda que a outra. amei mesmo rever um pouco da minha cidade. bj

Gina disse...

Interessante, nunca havia me interessado em visitar o Jockey.
Ficou ótimo o post, muito bem documentado!
Bjs.

Cacá disse...

Olá, Beth! E eu quanto mais pensava que conhecia o RJ mais aparce uma paisagem mais linda que ainda não conhecia. Adorei! Abração. paz e bem.

welze disse...

que bom comhecer esse ponto turístico pelas suas fotos e palavras. adorei o passeio

Glorinha L de Lion disse...

Muito legal Betita! Não sabia da parte histórica do Jockey nem que era tão antigo! Fiz a Baylonia Feira Hype durante tr~es anos e andava muito por lá, mas só para trabalhar, nunca joguei, até porque não curto jogos de azar. Mas muito lindas as fotos que tirou. beijos,

Kelly disse...

Que delícia, turismo + aula de história, mesmo com chuvinha valeu a pena a viagem, beijos

Dama de Cinzas disse...

Nunca fui lá! Já fui convidada por uma moça que trabalha lá! Uma dia vou... rs

Obrigada pela sua visita e pelo seu carinho!

Beijocas

Macá disse...

Beth
Chiquérrima!!!
Muito lindas as fotos e a história toda.
Aqui em SP só fui umas 2 vezes ao Jockey, quando uma amiga frequentava muito lá. E o melhor, apostei e ganhei, pena que tenha apostado pouquinho. Sorte de iniciante, sabe como é?
Mas o lugar é admirável mesmo.
beijos

ML disse...

Elegante mesmo, arrazou!

bjnhs (sumi, mas voltei, causa nobre ; > )

bjnhs

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Beth, cade o chapeu???? hahaha
vi vc na foto, vc tava muito elegante, nem precisava do chapéu.

sabe, esses lugares são tão lindos... tem a alma do Rio antigo, que era tão classudo né? vejo as fotos do Rio, acho que era uma cidade que não devia nada pras grandes e chiques cidades do mundo... pessoas elegantes, lugares bonitos, uma classe só.

eu queria mto conhecer o jockey club. um lugar lindo que conheci no Rio e adorei foi a Confeitaria Colombo.

moro perto de um hipódromo, gosto de ver os cavalos treinando, são tão bonitos.

lindo passeio, eu adorei ter ido passear com suas fotos.

bjs pra vc, querida amiga Beth mãe gaia

Elisa no blog disse...

Beth,
Como o Jockey Club do Rio é bonito! Lindas fotos.
Vc conhece o de SP? Fica perto do Morumbi, é antigo e muito bonito tb.
Elisa

Liza Souza disse...

Beth, o lugar é mesmo lindo! Ah, nao posso deixar de comentar que vc estava muito chique. :)
Beijos

Teresinha Ferreira disse...

Olá Beth,
O Rio de Janeiro continua lindo!!! O Rio tem coisas belas. Fiquei aqui pensando na época dos chapéus, ternos, gravatas, tudo para ir ao jockey...Apostar..Perder...Ganhar...
E você super elegante...
Gostei muito...
Bjs mil

Astrid Annabelle disse...

Que lindo passeio Beth!
Me deu saudades do tempo que andei por aí!
Lindas fotos e você chique como sempre!
Belíssimo post.
Um beijo grande e agradecido.
Astrid Annabelle

Lúcia Soares disse...

Tudo muito lindo e chic. Adorei a possibilidade de um passeio por aí.
A paisagem e a construção são belíssimas, é realmente um lugar para ir disposta a "causar". Legal mesmo deve ser ir em um dia de gala, de chapelão e tudo. Me chama que eu vou! rsrrs
Beijo!

Gina disse...

Como você participou do sorteio do Vinicius, tem uma nova chance de ganhar o cd no blog Manga com Pimenta, da Nana. Vá até o Naco Zinha e clique no logo do cd, que será direcionada para o post da Nana, ok?
Bjs.

Bombom disse...

Quando eu for ao Rio, não perco, de certeza! (He, he!) Quando será?...
Gostei muito de conhecer estes sítios. Adoro cavalos e corridas, mas nunca vi ao vivo. Deve ter outra emoção! Bjs. Bombom

Laura disse...

Oi Beth, que legal o teu blog. Sabe, não conheço muito bem o Rio e fui so uma vez. Tai um lugar que eu gostaria muito de conhecer, o Jockey Club. Deve ser otimo morar em uma cidade tão cheia de atrativos como o Rio, sua sortuda!
Também queria agradecer pela visita no meu blog.
Beijos

Dani dutch disse...

Web-mae,quanta imagem linda.
E falando nisso, tinha comprado uma camera nova, mas até então a não tinha acertado o "ponto" das fotos, por isso aquelas fotos no meu blog, estavam tão desfocadas, mas agora problema resolvido. bjuss