.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Bons exemplos nunca são demais (por Roxane Ré)





Com o fim da Copa ficou claro que o esforço do homem pode leva-lo longe. Quem imaginaria uma Copa do Mundo na África do Sul. Sem dúvida, foi um belo exemplo de onde pode chegar uma nação que já viveu um regime de segregação racial, uma brutal violência contra a dignidade humana.
O maior evento do planeta uniu mais uma vez nações e culturas de diversos povos em um tempo de respeito às diferenças. Comovente foi ver a alegria e o orgulho do povo africano realizando um grande sonho, mais um sonho de Mandela. O Brasil tem muito que aprender com a África do Sul.
A vitória da Espanha também celebra o bom exemplo, o futebol bem jogado que vence pela persistência, que vence a pancadaria. E se vale para o esporte, vale também para a arte.
Durante um discurso, o senador Cristovam Buarque propôs que os autores de novelas procurem incentivar a educação e passar a idéia de que não é só graças ao dinheiro ou à beleza física que as pessoas vencem na vida. Ele parabenizou o empresário Emílio Odebrecht por artigo publicado em que trata da influência das novelas no comportamento social. Segundo Emilio, o incentivo a comportamentos éticos e os conteúdos que formam a cultura dos indivíduos não devem ficar restritos aos canais educativos, às escolas ou às famílias. As novelas, forma de arte na qual somos mestres, podem contribuir para elevar os brasileiros a mais altos padrões morais, de conhecimento e de desenvolvimento pessoal.
Então é hora de lembrar que também somos mestres em outra forma de arte: o futebol. O passado nos qualifica, mas será preciso muito trabalho, persistência e honestidade para fazer uma Copa do Mundo digna dos brasileiros, que possa ser lembrada pelo esforço e pelo padrão de qualidade. Teremos, assim como a África do Sul, uma grande oportunidade nas mãos.
















 








18 comentários:

Misturação - Ana Karla disse...

Vamos abraçar essa oportunidade!

Gosto muito de suas visitas.
Tudo bem com você?

Xeros

Barbie Girl disse...

Olá minha querida!!

Sempre com matérias interessantes!!

Bom, mas o principal motivo da minha visita, é que vim te convidar a participar da 1º promoção do Meu Cantinho!!

Espero você!!

beijos

Vivi disse...

Oi Bethinha
Belo texto !!! A educação é um trsouro que ninguém pode nos roubar...
Concordo com o incentivo através das novelas... Porém temos que tomar muito cuidado pra não repetir algumas coisas como acontecido na Africa do Sul...onde estádios ficarão agora como lindos e moderníssimos elefantes brancos.. e muito em cidades que nem times têm...!!!
bjs

Laura disse...

Oi Beth, acho muito legal qdo as coisas fogem da normalidade que estamos acostumados! A copa ter sido na Africa foi um acontecimento incrivel, a Espanha ter sido campea pela primeira vez também!!!!!

Agora respeito das novelas ja nao tenho muita esperança nao! Mas q podiam ajudar mais, isso bem q podia!

Beijos

Néia disse...

Tenho consciência do quanto será importante a copa de 2014 para o Brasil. Mas eu que vivo numa diminuta cidade do interior, onde falta tudo, desde atendimento médico decente à medicamentos nos postos de saúde e uma educação precária, vejo que bom mesmo seria se o governo também se dispusesse a correr para construir uma infraestrutura digna que atenderia de fato a população carente e não dar atenção apenas à construção de estádios e metrôs que irão atender à uma necessidade nem tão premente assim, diante das mazelas atuais.
Fico envergonhada com tanta disposição em mostrar ao mundo nossa eficiência como um país emergente e ao mesmo tempo ver uma realidade que dói e que não vai mudar nada depois da copa do mundo.

Manuela Freitas disse...

OLá Beth,
De facto a Copa ter sido feita na África do Sul, deu visibilidade a um país muito sofredor e que continua a sofrer, há muita miséria, há muita SIDA. Cheguei a ver uma reportagem que mostrava isso mesmo e as pessoas em locais muito degradados, carecidas de tudo, diziam que aquela era a África do Sul, que nunca era vista!
Quanto ao Brasil e o fenómeno das novelas, teve cá duas vertentes: uns apreciavam o produto porque era bem feito, com excelentes actores, mas com argumentos muito cheios de tricas, gente bem a dar-se «ares» e o pobrezinho, muito chunga, que acabava por têr sucesso. Os pobres e os ricos e depois muita intriga. Muitos se cansaram das novelas. A outra vertente adorava sem questionamentos. Em síntese considero que passam uma má imagem dos brasileiros, para quem fique só por isto! Claro que eu lia, eu vi cinema muito forte, Pixote, A Cidade de Deus, A Central do Brasil, alarguei a minha visão sobre o Brasil, que considero ser um colosso, com muita coisa ainda por fazer, mas tem horizontes, tem futuro, não é como Portugal. Com certeza que vai haver grande empenhamento na Copa de 2014.
Beijinhos,
Manú

Heloísa disse...

Beth,
Sem dúvida a televisão poderia aproveitar sua imensa força para incentivar os valores éticos e morais, e ajudar o verdadeiro desenvolvimento do nosso povo.
E a preparação para a Copa também será uma oportunidade para mostrar que com esforço direcionado podemos obter bons resultados.
bjs

manuel marques disse...

Sucesso.

Beijo.

orvalho do ceu disse...

Olá,
É isto mesmo que disse, de onde menos se espera vem muita qualidade enquanto que, muitas vezes, do contrário, nada vem.
Excelente post!
Bjs e fica com Deus!

ML disse...

Menina, tô querendo ver o vamos apresentar na copa daqui.
Hoje, a Lagoa estava 100% engarrafada no sentido Rebouças (por causa da chuva???). Tudo paradão.
Os aeroportos são um caos, o trnsporte vamos ver e a segurança vai dar uma maquiada no que não interessa ser mostrado.
Vamos ver...

bjnhs

Cadinho RoCo disse...

Se houver respéito pelas verdadeiras necessidades da população e seriedade chegaremos à competência que hoje falta em nosso país.
Cadinho RoCo

Luma Rosa disse...

A começar pelas novelas, já que são basicamente direcionadas para adultos. E crianças seguem exemplos, não é? Ficaria mais feliz que os outros programas principalmente os que tem como público crianças e adolescentes fossem melhor elaborados e primassem pelo respeito e transmissão de bons valores. Ah, Beth!! Eu estou passada com a tal "Mulher arroto" e o programa besta em que o quadro desta se encerra. Veja - http://bit.ly/cTrPpT e me diz se não é para ficar indignada!
Beijus,

ML disse...

Li o Google na moda que vc me mandou o link: como a moda tá na moda, né Beth?
Daqui a pouco vai sair de moda
: > )

Desconhecia - super obrigada, querida!

bjnhs

Bia disse...

Vc sempre traz texto e assuntos maravilhosos Beth!!!

bjs

Ivana disse...

Bethinha, tá difícil novela ter teor educativo... Dizem que a globo tá economizando horrores no orçamento com cenário... só tão filmando cena na cama... rsrsrsrs
Beijos!

Luciana Håland disse...

Beth, muito bom esse texto.

Lu Souza Brito disse...

Beth,

As novelas tem grande chance de dar bons exemplos, mas não o faz, muito pelo contrário. Nem os finais de novela mostram isso mais, quando o bom vencia o mau. Ok, estão tentando retratar a realidade fielmente, mas como diz o seu texto, bons exemplos nunca sao demais.
Mostrar que toda e qualquer ação pode ficar impune, que só que tem dinheiro ou é muito belo alcança sucesso, etc...
E o Brasil tem mesmo chance de mostrar ao mundo que é bem melhor do que se apresentou nesta copa, não se resumindo ao futebol, claro.

Ana disse...

Sou fã do senador Cristovam Buarque. As novelas poderia, com certeza, ao menos, não "deformar", já que nem informam e nem ajudam a formar cidadãos, na sua maioria. Tudo bem que são para distrair, mas passam mensagens absolutamente equivocadas!