.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Eu ando pelo mundo ...

  (Céu azul de outono esta semana em Itaipava)


Sabe aquela música da Adriana Calcanhoto - Esquadros - "Eu ando pelo mundo, prestando atenção em cores, cores de Almodóvar, cores de Frida Kahlo. Cores! Eu presto muita atenção no que meu irmão ouve ... Pela janela do quarto. Pela janela do carro. Pela tela, pela janela ..."  eu sou assim.

Mas eu ando esquecida demais e pude constatar isto nesta última semana em que passei dias agradáveis na serra. Pois bem, posso até ser apelidada de "Dóris", aquela peixinha esquecida e meio lesada do filme Nemo, mas presto muita atenção ao meu redor ainda. Percebo as gentes e as cores, a vida, a beleza de uma paisagem, um bichinho num canto, uma criança brincando, pessoas que riem e estão alegres ou aquelas que têm no fundo de seus olhos uma tristeza velada.  Observo também aqueles que são imperceptíveis, quase invisíveis  ao mundo. Gente que trabalha enquanto eu e outros se divertem, gente que dá sua boa energia para que tenhamos momentos de relax ou entretenimento.  Gente como a gente.


"Se a nossa vida é provisória, que seja linda e louca nossa história, pois o valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem.
Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis."




15 comentários:

Ivana disse...

Bethinha, qur lugar lindo! Nem preciso te dizer que apaixonei no gatinho!!
Acho o ceu azul do outono o mais bonito de todos...
Ah, Beth, eu tb ando esquecida... Que sera?
Beijos!

ML disse...

"Navegar é preciso...!"
Aqui no Mãe Gaia tem neurônio funcionando muito bem e obrigada.
ADORO!
bjnhs

PS1: ref. spa, adoraria, mas quem me dera...
PS2: ref. Fernando Pessoa, esse cara não é o topo do máximo? ADORO!

Glorinha L de Lion disse...

Voltou inspiradíssima ein amiga? Que fotos lindas.....como o que vc disse é importante...as pessoas que nem percebemos e como são importantes para que o conjunto todo funcione bem....muito legal isso...
Agora, quer rir um pouco? Vai lá no blog da Thaís ver as coisas que andam acontecendo com ela...tadinha da minha filha...nem me contou pra eu não ficar nervosa....beijos

Isabel disse...

Eu também voltei a olhar em meu redor e a ver o mundo a girar e ver como as pequenas coisas podem ser maravilhosas. Gosto muito dessa música de Adriana Calcanhoto e adorei o seu post.
Bjs

Gisa disse...

Perfeito trecho de Pessoa.
Tens razão, momentos no campo são sempre especiais, inesquecíveis. Como a natureza é rica não é Beth ? nos traz lindas lembranças e emoções.

Boa semana.
bjao

Georgia disse...

Oi querida, aproveita o teu momento. E quem foi que disse que vc nao trabalha? Trabalhou e muito na educacao do filao, agora é hora de viver...e cuidar de vc, rs.

Bjao

silvia disse...

adorei as imagens..eu também estou sempre observando pessoas..momentos..coisas que me fazem pensar e isso é maravilhoso..
bj e boa semana
vi

RoCosta disse...

Relax total ;-)
Beijos, muitos!

Lúcia Soares disse...

Beth, toda essa reflexão, todo esse momento relaxado que está vivendo será sempre útil e necessário. Agora é hora de olharmos pra gente mesmo, como ser humano que já batalhou muito. Mas nunca podemos esquecer que o trabalho das "formiguinhas" é sempre indispensável.
Por isso as varredoras aqui de BH (não sei se em todo o Brasil) são chamadas de "formiguinhas". Parece um trabalho sem muita necessidade, mas vai que elas não passem na sua rua por 1 mês...Daí a gente vê o quanto são preciosas suas vassourinhas.
Bj

Dani Etoile disse...

Bravo!!!
Beijinhos,
Dani

Teresinha Ferreira disse...

Minha amiga Beth!!!
Você nem imagina o quanto estou rindo, aqui e agora, da Dóris.kkkkkkkkkkkkkkkkk...Só você mesma. Mas foi divertido. Pois é, enquanto curtimos outros trabalham para que tenhamos prazeres e prazeres. Sabe, realmente, você é observadora...Percebeu um olhar triste e tantas outras coisas que aconteceram...Será??? rs...Depois me conta.
Vou te confessar uma coisa. Acho que se você ficou um pouco esquecida, eu mais ainda. Os momentos foram tão belos e o relax foi profundo demais...Foi isso...Estou com saudades de poder me proporcionar momentos mágicos. Fico triste e feliz ao mesmo tempo.
Fique bem.
Bjs mil

manuel marques disse...

A vida é curta há que aproveitar.

Beijo.

Bia Mendonça disse...

Beth! Eu sou que nem vc! Presto atenção em tudo ao meu redor, mesmo sendo meio desligada! haha

bjs

Rosamaria disse...

Não é sempre, mas às vezes me pego prestando atenção em tudinho. Acho que é quando estou mais sensível, também choro mais, rio mais. É a idade, hehehe.

Adoro o Fernando Pessoa, especialmente este pensamento que colocaste.
Bjim, cosquirídia.

Liza Souza disse...

Beth,
tbm vivo prestando atencao no mundo ao meu redor. Agora mesmo estava observando a arvore aqui de frente. Como ela se modifica a cada dia com a chegada do verao e como ela estava a pouco tempo no inverno. Gosto de reparar as pessoas que passam e pensar no quanto cada detalhe, cada atitude, cada olhar e sorriso trazem tanto de cada um e nos ensina tanto sobre o mundo, sobre os seres humanos, sobre nós mesmos.
Beijos