.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

quinta-feira, 4 de março de 2010

Vestir-se de natureza


Voltei!


Li bastante na ida e na volta, conversei muito com a mãe, a irmã e o cunhado.  Foi bom, enchi minha mãe de beijinhos e mimos, ela ainda está adoentada, mas melhorando e voltei no mesmo percurso, na mesma linha de ônibus de uma estrada longa que corta muitos pastos, vales verdejantes depois de alguns dias de chuva.

Mas, nem tudo são flores, pois onde tem habitação humana tem também desordem e um visual cansativo de borracharias de beira de estrada, montes de carros velhos em depósitos, casebres, antigas fabriquetas largadas ou sujas, crianças vendendo bananada na parada de ônibus em Casimiro de Abreu, muito carro e muita gente até mesmo nas cidadezinhas que antigamente quase nada se via.  
Com esta chuva era lama só em algumas localidades que avistei da rodovia, e ainda cartazes enormes com a cara do atual presidente, sua candidata e o político local, agradecendo a visita de tão nobres personalidades.  Por isso um bom livro deve ser companhia obrigatória porém, do pouco que pude observar, alguns liam o jornal do dia mas, a maioria tenta dormir ou fala ao celular quando estão chegando.

Volto meus olhos para a natureza. Que beleza quando no seu estado primitivo ou quando bem cuidada!

E aí fico pensando, será que povos como este abaixo,  assim tão intimamente ligados à natureza, não são mais felizes que nós?!  Ou nós, com a arrogância de acharmos que estamos melhor do que todos, devemos lutar para incluí-los nos padrões de nossa já tão alquebrada sociedade?
  
  A parte mais baixa do Vale de Omo, no sudoeste da Etiópia, isolada pelas montanhas etíopes ao norte, os pântanos do rio Nilo a oeste, e o deserto do Quênia ao sul.
Povos da Tribo del Omo




Eles se vestem da própria natureza, não é lindo!



10 comentários:

Heloísa disse...

Beth,
Que bom que você voltou. Já estava dando para sentir sua falta.
Que interessantes as vestes dessa tribo.
Não sei se eles serão mais felizes que nós.
São bem mais simples, e a simplicidade, quase sempre, traz felicidade.
Beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Amiga querida, web mana! que saudades! sabia que já sinto falta de nos falarmos quase todo dia?
mas foi por uma causa nobre...sua mãe está melhor?
Olha, vou te mandar um email...
E que lindas essas fotos dessa tribo...aonde vc descobre essas coisas menina?
Vc é muito esperta mesmo...eu sou uma bobona pra coisas internérdicas como dia a Thaís...hehehe.Acho que com certeza eles são mais felizes que a gente, sim! A ignorância de tecnologias, de confortos, de tudo isso que pra nós é básico, mas que se pensarmos bem, são totalmente superfluos, os faz mais felizes que nós, nesse mundo consumista e violento...
Beijos querida!Bem vinda de volta.

Mila Viegas disse...

A pergunta parece fácil de responder, mas não é. Acho que felicidade pode reunir muitas coisas, muitos sentimentos principalmente. O importante é ser feliz em qualquer situação, em qualquer lugar, em qualquer cultura. Certamente, envoltos nesta energia única da natureza a felicidade parece mais palpável e talvez, por ser costumo, eles não se dão conta disso. Talvez, alguns deles podem, mesmo na ignorância, vislumbrar e sonhar com outros "mundos". A gente não sabe. Assim como nós, que apesar de tudo, nos esforçamos em busca da nossa felicidade... Muitas vezes nos pegamos dizendo: "Éramos felizes e não sabíamos!". Complexo!
Agora, as imagens dessa tribo são simplesmente maravilhosas. São verdadeiros seres humanos artesanais. Adorei!
beijos

Dani dutch disse...

OI web mae estou passando pra desejar um lindo fim de semana bjuss

Luciana Håland disse...

Beth, bem vinda de volta a internet, já estava com saudades.
E que bom que a chuva chegou pra acabar com o calor. Menina, aqui o clima tá doido, ainda estamos debaixo de neve, caiu mais neve hoje, e 5 minutos depois que caiu a neve a temperatura subiu e a neve comecou a derreter, achei isso meio louco, muito estranho. Agora está um sol lindo lá fora, provavelmente vai dar uma boa derretida na neve hoje, mas a noite esfria e a água congela.
Hoje estou de folga da escola, vou passear.

Beijo

Luciana Håland disse...

Beth, bem vinda de volta a internet, já estava com saudades.
E que bom que a chuva chegou pra acabar com o calor. Menina, aqui o clima tá doido, ainda estamos debaixo de neve, caiu mais neve hoje, e 5 minutos depois que caiu a neve a temperatura subiu e a neve comecou a derreter, achei isso meio louco, muito estranho. Agora está um sol lindo lá fora, provavelmente vai dar uma boa derretida na neve hoje, mas a noite esfria e a água congela.
Hoje estou de folga da escola, vou passear.

Beijo

Paty disse...

Oi, Beth!

Que bom que fez boa viagem! Aproveite mesmo.
Eu aproveitei muito os meus avós que já se foram e aproveito o quanto posso minha família. A distância atrapalha um pouquinho, mas a parte boa é que a internet encurtou as distâncias. Minha mãe e minhas tias, que quase nem sabiam pra que servia internet (e olha que são moderninhas, mas resistiam a todo custo), agora já usam pra falar comigo, ver minha pequena...
Mas sobre vestir-me de natureza, eu tenho vergonha. Haha! Brincadeira! ;) Estas pessoas fazem o que é a essência da tribo/ grupo e acho a coisa mais linda! :) Quem dera a civilização não acabasse aos poucos com esta essência. Infelizmente, a modernidade traz coisas boas e ruins... Bjs!

RoCosta disse...

Penso que independe da tribo que a gente for teremos sempre momentos felizes e outros tristes.
Beijos,muitos!

Lu Souza Brito disse...

Oi Beth, nao assisti o video (ainda), mas pela imagem, eu digo que estão integrados a natureza, mas nao saberia dizer se são mais felizes ou igual a gente. Porque bem sabemos que em toda questão, em todo hábito e forma de viver há o lado positivo o negativo. Eles tem suas alegrias na sua forma de vida simples e sem a ambição que temos aqui, por outro lado, sofrem co outras coisas. Nossa vida não é assim tão ruim, mas claro, está longe de ser a melhor (nao pense que estou sendo arrogante).
Mas de verdade, também gostaria de ter uma vida mais saudável, com maior contato com a natureza...

(ficou muito confuso?)

ML disse...

Belíssimos, Beth!

Eu já vi a foto de um desses alborígenes com um Ipod - demais!

Melhoras pra sua mãezinha.

bjnhs