.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

terça-feira, 9 de março de 2010

Quietude é uma Ação Poderosa


É um viés de nossa cultura, que ter quietude, ser um pouco mais devagar é alguém considerado preguiçoso, alguém preso na inação, um negativo.
Não é. Pelo contrário, é um ativo, um poderoso.
Além do mais, isto pode mudar o seu dia, e ao agir assim mudar sua vida.

Pense nisso.

Você está no meio de um dia atrasado, inundado pelo trabalho e reuniões, e-mails e interrupções, ou incomodado por muitos telefonemas, recados e tarefas.

Pause! Fique parado por um minuto, e respire. Você fecha seus olhos, e encontra um silêncio dentro de si. Este silêncio se espalha para o resto do seu corpo e sua mente. Ele acalma, centraliza, você se concentra no que está fazendo agora, e não em tudo que você tem a fazer e tudo o que aconteceu.

O silêncio se torna uma ação transformadora.

A quietude pode ser uma resposta poderosa para o ruído dos outros. Pode ser uma forma de empurrar para trás contra o burburinho do mundo, para assumir o controle. Ela pode lembrá-lo do que é importante.

Como Praticar 

A Quietude não vem naturalmente para muitas pessoas. Deve ser praticada.

1. Comece o seu dia em silêncio. Quer se trate apenas sentado com uma xícara de café como desperta o mundo, ou sentado em uma almofada e centrando-se na sua respiração, calma é uma maneira poderosa de iniciar seu dia. Ele define o tom para as coisas que virão. Mesmo 5-10 minutos é grande.

2. Faça pausas regulares de quietude. A cada hora, definir um alarme no seu computador ou telefone para sair. Pense nisso como um sino que toca, lembrando que seja apenas por um minuto. Durante esse minuto, coloque o foco primeiro na sua respiração, para se trazer para o presente. Deixe as preocupações do mundo em torno de você derreter - tudo o que resta é a respiração. E depois deixe o seu foco ampliar para além de sua respiração, para seus outros sentidos, um de cada vez.

3. Quando o caos ruge, pause. No meio de uma crise ou um dia ruidoso, pare. Dê um tempo. Respire fundo e foque em sua respiração entrando e saindo. Encontre o seu silêncio interior e deixe que sua próxima ação venha da quietude. Assim, focalize na próxima ação.

Deixe que a Quietude se torne sua ação mais poderosa. Isto poderá mudar sua vida.




 "A atividade vence o frio. A quietude vence o calor." 
Lao Tsé

(Tradução livre do artigo de Leo Babauta do site ZenHabits)


(Update)



Caros amigos, quando li este texto e vi do que se tratava, interessei-me imediatamente pelo tema e resolvi trazê-lo pra cá. Afinal, nos dias de hoje, todos temos momentos assim e a coisa mais difícil é como contorná-los sem deixar que eles interfiram em nossa saúde física ou espiritual.  Eu também não sei muitas vezes como me controlar diante das atribulações da vida e meditar ainda não consegui, bem que gostaria, mas o importante é que tenhamos isso em mente, não descuidemos ou, pelo menos, como Schopenhauer diz, tenhamos 'vontade' para isto.  Já é um grande passo, não é mesmo!










17 comentários:

ML disse...

Beth, que sinergia interessante: hoje, eu tb estava "ligada" no equilíbrio tênue entre o stress e o tédio: a tranquilidade.

bjnhsssssssssssssssssssssssssssssssssssss

Somnia Carvalho disse...

Lilas,

eu adorei este post... comprei um livro do Lao uma vez para tentar meditar sozinha e aprender mais... no yoga que fazia no Brasil essa parte, com a respiracao me dava uma coisa excelente de boa..

a verdade e que no dia corrido a gente se esquece do silencio, desse tempo off...

otima lembranca essa sua!!!

beijos

Silvia Masc disse...

O furacão já passou, estou buscando serenidade dentro da minha inquietude, muito providêncial o seu texto ao meu momento.

beijo e obrigada!:)

Mila Viegas disse...

Olha como são as coisas! Ontem mesmo antes de ler seu post, eu estava conversando com o Fabio a respeito de alguns comportamentos do ser humano e falamos a respeito disso que vc escreveu. O mais impressionante é que quando vc se depara com pessoas "ativas" demais, ansiosas, estressadas, tensas, acontece um choque, pois se vc está cultivando a quietude dentro de si isso vai de encontro ao estado de espírito dos que estão a sua volta.
A verdade é que todos nós estamos vibrando o tempo todo e, inconscientemente, manipulamos os outros a vibrarem na mesma sintonia que nós. Isso explica o fato de, por exemplo, nos sentirmos bem em companhia de alguém alto astral. Da mesma forma, podemos nos contaminar com níveis mais baixos de energia. Praticar a observação, principalmente, em como nos sentimos, nos dá a oportunidade de escolha entre deixarmos nos influenciar pela vibração negativa dos outros ou não, assim como nos contagiarmos com a energia positiva.
O Fabio, às vezes, fica chateado quando alguém se refere a ele como "lerdo", devagar, etc. Mas não devia e sempre digo isso a ele, pois tudo o que ele se propõe a fazer, mesmo que de forma mais lenta, ele faz com uma perfeição de dar inveja.
Adorei o seu post!
beijocas mil!

Heloísa disse...

Beth,
Como isso é importante. E realmente deve ser treinado, principalmente por aqueles agitados (entre os quais me coloco).
Sem dúvida precisamos de momentos de quietude, sempre em busca do equilíbrio.
Beijo.

*~* Coisas da Bruxinha *~* disse...

Beth querida é com muita honra que aceito o Título de Marquesa de Petrópolis , ainda mais vindo de vc Condessa de Mosela !!! HHEHHEHEHE, Mas Petópolis é linda e merece. Sabes que eu teria aceitado morar ai com muito gosto, acho que me apaixonei por esta cidade tanto quanto pelo Luiz, hehe. Mas minhas raizes, pais filhas aqui me prendem ainda e agora nosso sonho é ficar no sul , mas em Gramado , Canela. é lá que vamos nos refugiar !!
Bjs Leila

RoCosta disse...

Beth se eu tivesse que me definir numa palavra seria: quietude.
Chego a incomodar as pessoas ;D
Beijão!

Glorinha L de Lion disse...

Amiga, preciso de muito treino pra ficar assim...não consigo ainda...sei o quanto é importante, até pra nossa saúde física, quanto mais pra saúde interior! Mas é tão difícil!
Quero muito aprender a fazer isso, pois sei que quando a mente aquieta, pensamos com muito mais clareza...Um dia, quem sabe?????
Beijos e parabéns pelo lindo e sábio post!

Liza Souza disse...

Beth,
preciso aprender a praticar isso e tenho um exemplo aqui em casa. Meu marido é assim, uma das suas melhores qualidades. Tomara que eu consiga aprender com ele.
Beijos

Luciana Håland disse...

Beth, adorei o post. Obrigada por trazer esse assunto pro blog e dividir com quem aqui passa, e valeu as dicas.
Adorei o outro sobre o cérebro também, se quiser dizer qual foi o livro, já agradeco.
Beijo

gabriela disse...

Minha querida Beth.
É verdade sim eu por exemplo faço a minha caminhada de manhã 1h e nessa hora vou em silêncio, ouvindo os passarinhos vendo a paisagem tudo verde,onde passa um rio e andam muitos patinhos tudo isto em frente á minha casa dentro da cidade, é realmente muita quietude.
No fim da caminhada faço a minha ginástica e por fim encosto-me a uma arvore, a apanhar o sol na cara e estou com os olhos fechados em silêncio, fico assim uns 10 minutos sabe tão bem fico com tanta energia para começar o dia, faço isto todos os dias, menos quando está a chover.
Amiga parabéns você tráz sempre temas tão interessantes, beijo grande

Grace Olsson disse...

Valeu a dica, beth..estou precisando disso mesmo..relazar a mente..bjs e dias felizes
graceolsson.com/blog

Lu Souza Brito disse...

Olá Beth,

Este post é a melhor resposta ao meu, se bem reparar. Mesmo você tendo escrito-o antes, rsrsrs.
E aquela é uma reflexão pessoal mesmo, nao é texto copiado, então, obrigada pela ajuda com este post maravilhoso. Vou exercitar a quietude.
Beijos

Lucia Cintra disse...

Engracado que escrevi um post parecido umas semanas atras, mas ainda nao o postei (agora com esse seu, vou ate esperar mais um pouquinho, rs). Falei sobre isso mesmo, de contemplar o silencio, pois faco isso todo dia de manha, ja que nao tenho com quem falar, rs. E eh relaxante mesmo.

bjos

Marilac disse...

Beth,
Eu trabalho com orçamentos, tudo para ontem e sempre mais do que podemos concluir, isso de lidar com prazos doidos me estressa muito.Eu também ainda não consigo meditar, mas tenho vontade e estou aprendendo a ter esses momentos de quietude.Adorei seu post.

Em 2010 quero mais qualidade de vida.

bjs
Marilac

Dani dutch disse...

Olá web-mãe, devagarzinho vou voltando ao normal, posi estou no meio de reformas, estudo, trabalho e assim vai..
Beth fico impressionada com a qualidade de vida que os holandeses tem e prezam, o clima no trabalho, é descontraído, o trabalho para eles é divido entre o tempo com a familia.
Agora estou tendo mais qualidade de vida, como já disse muito no meu blog, estou aprendendo a viver pelo caminho da vida.
bjusss

Gisley Scott disse...

Ola Beth Purple,

vim agradecer o seu feedback la no blog e achei de extrem importanicia esse post.Muito 10! O silencio realmente ajuda a gente a focar nas ideias e abracar uma coisa de cada vez. A pior coisa que ja inventaram foi " multitasking" , as pessoas fazem de tudo e nao completam nada.

otima semana!
volte sempre ao meu espaco :)!