.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

A verdade sobre o 'bom velhinho"





 (Papai Noel no Shopping e garotinho conversando-foto minha)

E o Papai Noel (Brasil) ou Pai Natal (Portugal), afinal qual o seu papel  nas comemorações natalinas?!  Fui buscar informações na rede, mais precisamente na Wikipédia que sabe tudo e descobri que:
  • O personagem foi inspirado em São Nicolau Taumaturgo, arcebispo de Mira, na Turquia, no século IV. Nicolau costumava ajudar, anonimamente, quem estivesse em dificuldades finaneiras.  Colocava o saco com moedas de ouro a ser ofertado nas chaminés das casas.  Foi declarado santo depois que muitos milagres lhe foram atribuídos.  Sua transformação em símbolo natalino ocorreu na Alemanha e daí correu o mundo inteiro.
  • Uma das pessoas que ajudaram a dar força à lenda do Papai Noel foi Clemente Clark Moore, professor de literatura grega em N.York, que lançou o poema Uma visita de São Nicolau, em 1822 escrito para seus seis filhos. Nesse poema, Moore divulgava a versão de que ele viajava num trenó puxado por renas.  Ele também ajudou a popularizar outras características do bom velhinho, como o fato dele entrar pela chaminé.
  • As renas do Papai Noel ou do Pai Natal são as únicas renas do mundo que sabem voar, ajudando o Papai Noel ou o Pai Natal entregar os presentes para as crianças do mundo todo na noite de Natal. Quando o Papai Noel ou o Pai Natal pede para serem rápidas, elas podem ser as mais rápidas renas do mundo. Mas quando ele quer, elas tornam-se lentas. O mito das renas foi inventado na Europa, no século XIX.
Acontece que este Papai Noel que vemos por aí, aliás, desde que nascemos praticamente, com longas barbas brancas, chapéu vermelho, roupa vermelha e branca, emitindo aquele som característico nos Shoppings do mundo inteiro "Ho, ho, ho!", uma saudação inclusive universal, tanto os Papais Noéis daqui, quanto lá de cima ou de baixo, emitem o mesmo som quando saudam as criancinhas.
Mas, este Papai Noel não é o mesmo criado lá no século IV nem no século XIX.
Este Papai Noel é, na verdade, a imagem que a gigante Coca-Cola lançou no mundo em 1931, quando o ilustrador americano Haddon Sundblom,  foi convidado pela Coca-Cola para desenhar a imagem para a sua campanha de Natal daquele ano.  Diz-se que recorreu a um modelo humano - um amigo seu, Lou Prentice - e, posteriormente ele próprio serviu de modelo.

E aí temos desde então, o Santa Cola, oooops, quer dizer, o Santa Claus dos americanos e nosso querido Papai Noel que é este velhinho barrigudo, barbas brancas, bochechas vermelhas e ar bonachão.  Mas é bom ficarmos cientes que acima de tudo, isto é uma grande jogada de marketing que foi perpetuada até 1964 e que consolidou de vez a figura em todo o mundo e que ficará para sempre em nossas lembranças de um Feliz Natal.

Olha ele aí, em várias versões e bem viciadinho na bebida marronzinha:









14 comentários:

Mila Viegas disse...

Que interessante! Eu não sabia disso... rs. Marketing é uma coisa incrível mesmo.
Beijos

Lúcia Soares disse...

Ai, Beth! Que pena! Deixei programado para amanhã um texto falando exatamente disso! Mas não vou deletá-lo. Vai entrar às 6 h da manhã...Rsrsrsr Mas suas fotos estão maravilhosas, rodei até atrás de algumas, mas só consegui ficar no Google mesmo! Ahhhhhh Tô frustradinha! Mas vou deixar meu textinho lá...Mesmo "pobrinho" demais! Bj

Flávia Fayet disse...

Bem bonitinho o bom velhinho, mas ainda prefiro manter distâcia! Rsrsrs Legal vc contar a origem dele, história... Sempre escrevendo tão bem!
Qto ao q vc comentou no blog sobre o tênis, achei q vc gostasse d mim Beth!!! Que coisa, se vou ai com um desses all star sou capaz de voltar até sem o pé! Hehehe
Bjsss

Heloísa disse...

Beth,
E eu que não sabia.
Puxa, coca-cola?
Será possível?
Beijo.

Ivana disse...

Bété, me abana! Esse fofucho aí, desse jeitinho, foi a Coca-Cola que criou?! Jesus! Morria e não sabia!
Mãe Gaia tb é cultura! ;*

Lucia Cintra disse...

Nao tinha a minima ideia que essa imagem foi da Coca-cola, pensei que o nome Santa Claus fosse do santo Nicolai ou coisa parecida.

Eh como aquele comercial de um banco brasileiro com a musica de Natal que mais me toca o coracao nesse mundo!!! E umas das unicas de Natal que gosto. Essa aqui:
http://lucintra.blogspot.com/2008/12/musica-de-natal.html

bjos

Café com Bolo disse...

Pra mim essas são as imagens mais lindas do velho Noel...essas campanhas da Coca Cola antigas são muito legais!
e não adianta a gente reclamar e dizer que a isso é cultura americana, já se incorporou de tal maneira às outras, que já é tradição...ou a gente algum dia vai aceitar um índio dando presentes ou um tucano ou coisa que o valha?
Por mais que os pobres homens que se fantasiam de Papai Noel sofram com nosso verão de 45 graus à sombra, as crianças e até a gente, acha bonita essa imagem...não é?
Beijos, Beth

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Muito interessante!!!

Beijos

Heloísa disse...

Beth,
Recebi, sim, seu e-mail e respondi na hora.
Você não recebeu a resposta?
Hoje, reenviei.
Beijo.

Georgia disse...

Beth, pra dizer a verdade acho que essa lenda deveria acabar. Quantas criancas sonham e esperam pelo "Bom Velhinho" para que ele lhe traga algum brinquedo? Acho judiacao. Acho que as criancas onde o poder aquisitivo nao existe deveriam logo saber que isso é um estória e que ele nao existe de verdade. Conheci criancas que cresceram com tristeza porque o Papai Noel nunca o visitou e vendo o amiguinho do lado com um simples caminhaozinho ficou se perguntando onde ele tinha sido naquele ano tao ruim assim. Acho extrema a judiacao com essa estória...

Te mandei em parte os emails 3 vê se vcs os recebeu?

Bjao

Liza Souza disse...

Meu marido sempre me disse isso sobre a coca-cola e eu sempre repito pra ele: isso é intriga, pois tenho certeza que o papai noel existe sim em agum lugar desse mundo. rs
Beijos

Dani dutch disse...

OI Beth, que post lindo !!!!
Volto com mais tempo pra ler os outros.
Hoje o blogger deve estar brincando comigo, primeiro publicou um post de aniversário da minha irmã, e cancelou um post, fiz novamente e quando postei tava lá os dois, é demais não ...
bjusss

Lu Souza Brito disse...

Puxa, a Coca Cola está em tudo hein! Ou será intriga da oposição, ahaha. Desconhecia totalmente este fato. Mas como alguém citou: você imagina um velho indio como "papai noel" ou um afro descendente ou qualquer outra figura que nao o velho gordinho, barbudo e bochechudo? Eu não...até quando vejo um mais magrinho a primeira reação é: "esse nao tem cara de papai noel, desnutrido coitado"!!!kkkkkkkkk.

Sonia H. disse...

Eu já conhecia a história do Papai Noel por que a tradição de Sinterklaas na Holanda é muito forte - São Nicolau é comemorado no dia 5 de dezembro na Holanda e é uma tradição mais forte que o Papai Noel por lá.
Beijos,