.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

sábado, 12 de dezembro de 2009

No clima dingo bell




Todos os anos, isto é, quando resolvo festejar Natal ou Ano Novo, gosto de dar um up nos enfeites natalinos, sempre compro um ou dois itens de novidade e com isso tenho muitos enfeites diferentes e bonitinhos.  Do primeiro natal que fiz quando me casei só restaram três bolinhas daquelas de vidro ainda, porque claro, foram quebrando-se.  Mas, hoje em dia,  os enfeites são perfeitos e não mais de vidro, assim muitos desastrados como eu, não precisam se preocupar na hora em que um cai no chão.


Meu pai era um artista na habilidade de criar enfeites para a casa nesta época e ousava fazer arranjos diferentes com galhos enormes, pintados ou envernizados, onde eram amarrados pinhas e bolas de vidro coloridas e até bolas de gude multicoloridas lembro-me dele inventar certa vez e ficou muito bonito.  Eu também gostava dessa parte de criação e ficava perto para ajudá-lo ou dar meus pitacos.  E com isso, fui tomando gosto por enfeitar a casa quando fiquei adulta e depois a minha própria casa quando me casei.
 
Mas, de todos os enfeites natalinos o que mais gosto e me chama atenção pela diversificação a cada ano é a Guirlanda.  Vocês já viram como tem guirlanda bonita e diferente a cada ano que passa?!  Os artesãos de hoje, criam verdadeiras obras de arte e que dá vontade até de deixar na parede ou na porta o ano inteiro.  
Vi, hoje,  numa enorme feira de artesanato que tem aqui no bairro onde moro, muita coisa bonita e tão bem feita que parecem objetos de lojas chics.  Até mesmo as mais simples e inusitadas como esta abaixo feita de balinhas de morango, chamam a atenção e dão um ar super alegre às casas, principalmente as que têm crianças, pois depois da ceia podem ser desmontadas e comidas.  Que peninha!


(Getty Images) 


Como as Guirlandas me encantam, fui buscar o significado delas e vejam o que encontrei:



  • A COROA DE AZEVINHO OU GUIRLANDA

    Às vezes conhecida por “coroa de Natal” ou “Guirlanda” são memoriais de consagração. Em grego é “stephano”, em latim “corona” - podem ser entendidas como:- enfeites, oferendas, ofertas para funerais, celebração memorial aos deuses, celebração memorial à vitalidade do mundo vegetal, celebração das vítimas que eram sacrificadas aos deuses pagãos, celebração nos esportes. Significam um “Adorno de Chamamento” e, conseqüentemente, são porta de entrada de deuses. Razão pela qual, em geral, se colocam as guirlandas nas portas, como sinal de boas vindas! A maior parte dos deuses pagãos do Egito aparecem sempre com a “guirlanda” na cabeça! A Bíblia não faz qualquer menção de uso de “guirlanda” no nascimento de Jesus. Só existe uma guirlanda na Bíblia, e esta foi feita por Roma para colocar na cabeça de Jesus no dia da sua morte. Esta guirlanda de espinhos é símbolo de escárnio! (Fonte aqui)




    E para vocês, qual o Símbolo desta época que acham mais bonito e atraente?


    Notem quanta idéia linda abaixo e que vocês mesmos podem fazer.




    (Fonte:www.dingsdings.com/)

    xmas-wreath


(Fonte:  www.digsdigs.com/)
christmas-wreaths

christmas-nature-wreath

christmas-wreath-ideas

12 comentários:

Tania Girl disse...

Amo natal!!!
amo ano novo!!
É bom demais!!!
Adorei seu blog!!É lindo!!
bju

Dani dutch disse...

OI Beth, tudo bem?
Quanta coisa linda.... e que legal seu pai fazendo arranjos de Natal, o meu nunca foi assim muito presente, e na minha casa quase não se enfeitava nada... e isso eu não gostava, porque precisamos viver a vida de acordo com os momentos,e o Natal é um clima maravilhoso ... sinto uma energia tão grande nessa época... bjusss

Ivana disse...

Oi Bethinha!!!
Eu adoro guirlandas! Minha tia costumava fazer uma igualzinha aquela de bala de morango! Ela fazia e dava de presente para as pessoas da família e amigos. Realmente, uma guirlanda na porta de entrada é um toque especial e natalino na entrada da casa. É como se anunciasse que naquela casa mora o espirito natalino.
Mas, Beth, pra mim,o símbolo que mais me lembra a minha infancia e que é tão rico em simbolismo e posesia é o presépio. E já não vemos mais presépios porai.
Quando eu era criança (acho que uns 5 aninhos) eu lembro perfeitamente que todos os anos minha tia Stela me levava para visitar o presépio na casa de uma senhora muito religiosa. Era um ppresépio enorme, cheio de detalhes, luzinhas, etc. Nunca vou esquecer disso... Até hoje, quando vejo um presépio lembro daquela época.
Beijos!

Heloísa disse...

Beth,
Lindas guirlandas. E seu blog tá que tá, não?
Como símbolo do Natal, eu escolho o presépio. Acho lindo, e também tenho muitas lembranças da infância. Eram comuns os presépios bem grandes, com várias figuras e cenas. Tive um tio avô que fazia um presépio que ocupava praticamente uma sala, que levava dias para ser montado, e que era uma atração para a criançada. Isso só era possível naquela época, mesmo.
Beijo.

Lucia Cintra disse...

Muito lindos! Minha mae gostava demais de faze-los pra nossa porta pra qq estacao do ano, nao so Natal e nossa como ela tinha talento pra isso! Poderia ter trabalhado com arranjos florais ou decoracao de casa, pois ficava tudo perfeito! bjos

Wilma disse...

Quantas guirlandas bonitas!!! eu gosto de manter uma guirlanda o ano todo na porta, de flores artificiais, no momento estou sem nenhuma, já comprei tudo pra montar outra. Mas no Natal coloco um ano um Papai Noel no outro um arranjo de porta, os mesmos há anos!!! Mas o que mais me encantam são os arranjos com luzes à noite.

Mila Viegas disse...

Eu amo guirlandas, especialmente as que eu faço em tecido (modéstia a parte... rs). Depois vou tirar fotos e colocar no blog (se der tempo! rs).
beijocas

Lúcia Soares disse...

O que mais me encanta nas preparações para o Natal é a decoração nas ruas. Aqui em BH as luzes e formas que enfeitam o entorno do Palácio da Liberdade, que é bem central na cidade, ficam maravilhosas. Pena que fotografando não dá nem a mínima ideia do que é ver "ao vivo".
Mas o síblolo mesmo do Natal, sem dúvida, é o presépio. Pelo menos ele retrata a mensagem da data, que é o nascimento de Jesus. Pra mim, Natal é "só" isso. Bj

Silvia Masc disse...

Meu pai nos conta que quando ele era jovenzinho, houve uma época no período pós guerra que não haviam bolas de Natal disponiveis, e como meu avô trabalhava com os ingleses que vieram implantar a ferrovia no Brasil, eles tinham acesso a alimentos que tb. não eram comuns na época, então naquele ano, graças ao presente dos ingleses, ele tiveram uma árvore de Natal, decorada com maçãs... gostaria muito de ter visto.
As guirlandas tb. são a minha paixão, e tenho um cantinho em casa que adoro colocar enfeites...
Boas informações sobre a origens das guirlandas.
beijinho

Georgia disse...

Beth eu gosto demais das Guirlandas também, mas nao a uso na porta, eu a faco para adornar a mesa. Na porta uso um galho de pinheiro todo decorado. Vou te enviar por emaisl as fotos das minhas guirlandas, rs.

Mas eu sou fascinadas com elas.

Gosto de decorar a casa usando muitas EStrelas.

Um bjao

Lu Souza Brito disse...

Oi Beth...

Guirlanda é a coisa mais linda do mundo, né não? E de quantos tipos hein! Ler este post me bate mais saudade da minha casa, minha familia (a primeira, rsrsr), porque todo ano bolavamos uma guirlanda diferente (minhas irmãs são perfeitas nas coisas artesanais) ao contrario da bonita aqui que vos escreve.
Mas faziamos para a porta e também uma para a mesa, que no meio ia algum tipo de vela, que também eramos nos quem faziamos.
Quanto mais natural, mais bonita. Ah, as de balinhas também eu adorava!

Osinete disse...

Acho tudo muito lindo,mas não curto o
Natal,não.Lembro que quando criança,mamy fazia a árvore com galho seco e cobria com algodão e estrelinhas coloridas e pisca-pisca.
O melhor de tudo,era no dia 25 exibir os presentes para os vizinhos.
Apesar de uma infância pobre,éramos felizes e sabíamos.Os brinquedos eram feitos em casa mesmo:carrinhos de madeira feitos por meu pai e bonecas de pano,feitas pela vó paterna.
Obrigada pelo post,que me reportou
ao túnel do tempo.Valeu!!!
Bjs