.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

sábado, 12 de setembro de 2009

Lembre-se - é só o Amor

Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse Amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. E ainda que tivesse o dom da profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse Amor, nada seria. E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, se não tivesse Amor nada disso me aproveitaria. O Amor é paciente, é benigno; o Amor não é invejoso, não trata com leviandade, não se ensoberbece, não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal, não folga com a injustiça, mas folga com a verdade. Tudo tolera, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O Amor nunca falha. ... Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido. Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; mas o maior destes é o Amor.


(Corintios 1-Cap.13)

14 comentários:

Flávia Fayet disse...

Sempre tão bom vir aqui... Bjs

Blog do Óbvio disse...

Beth, sem comentários! Só parabenizo você por essa postagem linda. Um beijo com carinho paulista. Manoel.

Ivana disse...

Beth, que coisa linda...
O Amor é a cura para todos os males.
Beijo!

Wilma disse...

É o amooooorrrr...lembro logo da música sertaneja. Ah! o amor pode ser esta rosa vermelha linda... Um ótimo fim de semana pra você!!

Dani dutch disse...

OI Beth, tudo bem?
Bom fim de semana pra vc...
e cá pra nós, na minha opinião quem tem amorno coração, tem tudo na vida...
bjusss

Lúcia Soares disse...

Muito lindo, Beth. Palavras de São Paulo. Li o livro que conta a história dele e é pesado, (inclusive pela grossua do volume...). Ele sofreu muito para chegar a essas conclusões nas cartas qe escreveu, tanto aos Coríntos, quanto a outros povos.
No começo a gente tem até uma ceta "antipatia" dele, mas depois ele nos cativa. Perseguiu muito aos cristãos, até tornar-se um. É fascinante.
A flor vermelha, a letra vermelha, deram um tom de "paixão" ao texto, como tem que ser.
Bom fim de semana! Bj

Renata disse...

Oi minha linda!!!
to meio corridinha e sumida daqui, neh?...
mas achei seu comentario tao bonitinho... kkkkk alegrou o meu dia... eu ia adorar almocar com voce todos os dias...
:)
beijos amor!

Elianne Goff disse...

Eu adoro essa musica, ficou linda sua postagem . Parabens Beth !!! Vamos celebrar o amor sempre .

bjs,

Georgia disse...

Oi querida, passando rapidinho por aqui antes de dormir, para te agradecer o carinho lá na Saia.

Tivemos muita festa por aqui e foi impossivel ficar online.

Te desejo uma linda semana

Um beijo grande

Lucia Cintra disse...

Hoje estou numa dessas fases de "love spell" ou amor sem fim pelo meu maridex... ai, ai!!! O texto encaixou perfeitamente. bjos

Michelle Dangeli disse...

Amém Lilás...Assim seja.Bjos pra carioca.

Ana disse...

Que lindooo!
Bom de ler, bom de ver, bom de sentir!

ML disse...

Essa "poesia" é muito linda mesmo.
E atemporal, né?
Coisa mais linda: "... ainda que eu tivesse tudo, sem amor eu nãda seria...".

AMEI!

bjnhs

Laura disse...

Lindo, Lindo, Lindo!!!!

Beijoss