.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

domingo, 14 de junho de 2009

Entre Maringá e Londrina (sábado)

(Plantação de soja nos campos entre Maringá e Londrina)


Meu sábado em Londrina foi pra lá de ótimo. Começamos o dia em Maringá onde mora o filho e por lá almoçamos num famoso restaurante português, servido com hora marcada e atendido pelo dono e filho. Uma casa com certeza! Este é o nome do local e faz jus ao nome, afinal desde a decoração com os famosos galinhos de Barcelos, bandeirona portuguesa na parede e pratinhos, quadros azulejados e a comida com gostinho de quero mais e, lógico, repetimos a dose do bacalhau em postas, servido com batatas tão tenras e inteiras, quase adocicadas e um molho com cebolas e pimenta leve que eu ainda vou descobrir o segredinho.


Depois desse banquete, pegamos o carro alugado e o filho dirigiu pra nós até Londrina que fica há uma hora e meia de Maringá. Neste percurso pudemos avistar as plantações de soja, café e milho em extensões ondulantes e bem verdinhas nesta época do ano, sem contar com o cheirinho delicioso do café na sua torrefação. São cidades irmãs, nascidas quase juntas, semelhantes em alguns aspectos, principalmente pela terra avermelhada de seus solos, mas Londrina tem um certo ar refinado e mais arrumado, ruas largas, vias novas de escoação ao trânsito, coletivos inteligentes com três portas, sendo que a do meio é para deficientes físicos, uma enormidade de comércio e um belo comércio, diga-se de passagem. Shoppings Centers gigantes e horizontais que cansam bem menos e todo tipo de marcas que vemos no eixo Rio-S.Paulo, o que me fez visualizar que ninguém mais precisa sair de uma cidade como aquela para fazer compras hoje em dia em outras grandes cidades. Estou completamente apaixonada por Londrina e se pudesse iria morar lá agora, correndinho!

As fotos abaixo mostram a bela praça inaugurada ano passado, em homenagem ao centenário da imigração japonesa que é uma enormidade por aquelas bandas e teve até a presença do príncipe japonês Hiroito na cidade. Vejam que delicadeza e harmonia sua arquitetura urbana e, como estava tendo por estes dias um festival de teatro na cidade, assistimos a este pequeno e intrépido grupo com suas roupas coloridas e alegres máscaras.




(Restaurante português em Maringá)


(Vista do Lago em Londrina)


(Grupo teatral na praça)






(Arquitetura urbana da praça em homenagem ao imigrante japonês)




7 comentários:

ML disse...

Que viagem linda, Beth!
Como depois de um almoço e de uma estrada você ainda consegue clicar e... "blogar"?
Que energia, querida, parabéns!
(Eu ia... dormir...)
E que lugar belíssimo, quero muito conhecer o sul do Brasil (não que eu conheça o Norte/Nordeste, nunca fui além do sul da Bahia). Muito menos o Centro-Oeste...nem ao menos todo o Sudeste ;>)

bjnhs, boa semana prá Você.

Lúcia Soares disse...

Snif!Snif! Como queria estar nessaLondrina, com minha filha e netos.
Realmente, Beth, lá é uma delícia de cidade. Conheço a praça, o shoping, enfim, já rodei bstante por lá. Acho-a muito parecida com BH, mas como é menor e menos habitada, existe uma qulidade de vida muito maior.
Benvinda à doce rotin de blogar diariamente. E conta tudo!

Maíra disse...

Sogrinha,
Que bom que gostou do passeio!
Estava com o Daniel até agora pouco, ele já está a caminho de Maringá!
Comentei com ele que ficou um vazio depois que você foi embora e ele me disse que é porque você é muito espaçosa.
Não se precupe, não era no sentido ruim e sim querendo dizer que você tem uma presença muito positiva e que faz mesmo muita falta!
Já estou aqui fuçando sites de passagem para as férias!
Daqui uns dias nos vemos de novo!
Beijos e boa semana!

Renata Lopes Costa disse...

Senhora passeadeira, vim desejar uma ótima semana pra vcs!

Grande beijo à vcs!

Heloísa disse...

Beth,
Que viagem gostosa. E que lugares bonitos!
Puxa, a competição com a minha cidade (para sua futura moradia) parece estar grande, e com o filho perto, acho que Londrina acabará vencendo.
Beijos

Beth/Lilás disse...

ML,
Eu sou meio pilhda, durante o dia não paro mesmo, mas adoro dormir até tarde, sabia!
Você tem que conhecer esses lugares, são incríveis e quando fica só nesse eixo Rio-SP, nem imagina o quanto é rico e forte certos estados como por exemplo o Paraná. É lá que tem riqueza e dinheiro.
bjs
--------------------------------------

Lucia,
Londrina, lembra mesmo BH. Só que mais moderna, arrumada, limpa e menos inchada.
Na verdade, lembra BH de uns 20 anos atrás, né!
Bjs

----------------------------------------

Maíra,
Já te falei que você é a norinha que todo mundo quer, mas já é minha e ninguém tasca. I love you!
E, brigaduu pela atenção.
beijos
-------------------------------------

Renatinha,
Pois é, mas cumpri direitinho o meu planejamento e tô feliz que só!
beijinhos

-----------------------------------

Heloísa,
Ahhh, minha amiga, fiquei muito dividida entre estas duas cidades viu!
A sua com este mar, areias brancas e uma amiga assim como você, tornou-se tentadora, mas Londrina, tão charmosa, limpa, cara de Primeiro Mundo, novinha em folha, fiquei tentada também.
Acho que vou ter que tirar no par ou ímpar. hahha
beijocas

------------------------------------------------

Dani dutch disse...

Beth, tudo bem ?
Beth eu nasci em Borrazopolis, perto de Kaloré, que é perto de Jandaia do Sul ( cidade do Ratinho), e com 7 anos meus pais mudaram para Americana interior de São Paulo ( 1 hora e uns minutinhos de Sampa)
E meu pai também tinhas as plantações de café, ou melhor a familia toda, foi passando de geração pra geração.. mas depois a coisa foi ficando meio complicado, então todos se mudaram pra Americana...
Bjusss