.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

quarta-feira, 6 de maio de 2009

De olho lá em cima


Uma coisa que acho liiiiiiiiinda neste país é a tal mania de elogiarmos a nós mesmos. Por exemplo: que somos um povo maravilhoso e solidário, que Deus é brasileiro e só lá fora é que acontecem cataclismas e guerras ou que só aqui temos maravilhas na natureza.
Blah! Gente hipócrita, já dizia Gil! E falando em hipócrita-hipocrisia, lembrei-me de um trecho de Luiz Fernando Veríssimo em "O Mundo é Bárbaro":

"A frase sobre o amor à hipocrisia poderia ser de qualquer brasileiro decidido a resistir à desesperança e ao ciniscmo, por mais que o provoquem. Não somos otários, como pensam. Somos hipócritas. Isto é, otários conscientes, otários assumidos, otários porque o contrário seria sucumbir ao amoralismo dos outros. Otários porque alguém neste país tem que fingir que é virtuoso. Para que a hipocrisia funcione nos salve do caos é preciso que a maioria faça seu papel : de otários. Nenhum brasileiro tem dúvida de que é logrado em tudo, e não só no balcão da farmácia. A política que lhe vendem há anos também é para otários. Essa elite é essa elite porque há anos logra os otários, ela não existiria se os otários não estivessem compenetrados no seu papel. Aqui ninguém é otário por ingenuidade, é tudo simulação, tudo estratégia. São os otários que sustentam a República. No Brasil, a hipocrisia é uma forma de patriotismo."

Então me digam, onde estão as ONGs, a mídia e a solidariedade do povo brasileiro para com nossos irmãos do Norte e Nordeste? Será pouco o que aquele povo passa em regiões
esquecidas pelo Governo Federal, que por sinal é nordestino ou que tem um homem importante no Senado que é dono de todo um estado, digo o Maranhão, e que está neste momento debaixo dágua e já conta 8 mortes?!

O 'anônimo' que deixou este comentário em O Estadão tem, ou não, razão?

Vergonha Brasileira

Qua, 06/05/09 12:41 , Anônimo

O Nordeste é realmente esquecido pelos políticos e pela sociedade em geral. Os nodestinos são os párias deste país, saem da caatinga para procurar emprego nas grandes cidades e aumentar a população das favelas, essa é a imagem desse povo. É lamentável, pois todos esquecem que independente da origem ou cultura, somos todos humanos e merecemos respeito e devemos ter os mesmo direitos. Cadê as ONG's, a imprensa o ditos "Solidários", porque não se manifestam e solicitam ajuda para o Nordeste?


8 comentários:

Lunna Montez'zinny disse...

Eu sempre enxerguei algum tipo de preconceito no Brasil com relação ao nordeste brasileiro, ainda mais aqui em São Paulo.
Enfim, sempre achei engraçada essa história de que Deus é brasileiro. Bjs

Lucia Cintra disse...

Concordo com Lunna, tb lembro de que quando morava no Brasil, via sim um pc de preconceito em relacao aos nordestinos. Pq sera? A maioria das pessoas so falam as coisas da boca pra fora, ja reparou? Acao que e' boa, nadica de nada. Eh triste. bjos

Fernanda disse...

Solidario nada, o Brasil ainda tem muito a caminhar no quesito voluntariado, solidariedade. Claro que tem muita gente com boa vontade e generosidade dignas de tirarmos o chapeu, mas acho acho que ainda temos um longo caminho pela frente.
Beijinhos!

Wilma disse...

O ânonimo aí tem toda razão, infelizmente este povo tão sofrido só é levado em consideração na ora do voto, depois, esquecidos a própria sorte. Uma coisa que não entendo são estes politiqueiros que saem de sua terra natal e vêm "lutar" pelos esquecidos daqui, não seria mais nobre lutar pelos seus conterrrâneos? Mas os holofotes daqui são mais sedutores...aff!!!

Sonia H. disse...

Beth,
Estava eu ONTEM pensando sobre esta total indiferença com o povo sofrido do nordeste. Vendo as cenas tristes daquelas inundações, fiquei aqui pensando o quão diferente foi a atitude e o tratamento de nós brasileiros para os nossos irmãos de Santa Catarina.
É lamentável, é triste demais.

mônica lidizzia disse...

Com relação ao Brasil eu fico mesmo é com aquela piadinha antiga.
Alguém pergunta: "Senhor, por que no Brasil não tem terremoto, vulcões, furacões, etc?"
Deus responde: "vc vai ver o povo que vou colocar lá."

bjnhs

PS: sou péssima contadora de piadas ;>)

aminhapele disse...

Em minha opinião,querida amiga,uma coisa que sempre distinguiu o povo brasileiro é a capacidade positiva,manter em alta a sua auto-estima,mesmo nos momentos mais duros.
É por isso que gosto de vocês.
Um abraço.

Beth/Lilás disse...

Caro amigo Rui,
Então, será que Drummond tinha razão com esses versos?:

"Quem me fez assim foi minha gente e minha terra
e eu gosto bem de ter nascido com essa tara.
Para mim, de todas as burrices a maior é suspirar pela Europa.
A Europa é uma cidade muito velha onde só fazem caso de dinheiro
e tem umas atrizes de pernas adjetivas que passam a perna na gente.
O francês, o italiano, o judeu falam uma língua de farrapos.
Aqui ao menos a gente sabe que tudo é uma canalha só,
lê o seu jornal, mete a língua no governo,
queixa-se da vida (a vida está tão cara)
e no fim dá certo."

(Carlos Drummond de Andrade-Explicação)

A verdade é que os tempos são outros.

----------------------------------------------------------------------------------