.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

quarta-feira, 25 de março de 2009

O menino e o Super-Herói

Vi ontem esta notícia no Yahoo:

"Um bombeiro tailandês se vestiu de Homem-Aranha para conseguir que uma criança autista de 8 anos deixasse a varanda de um prédio de onde poderia cair, informou a Polícia.

Um bombeiro tailandês se vestiu de Homem-Aranha para conseguir que uma criança autista de 8 anos deixasse a varanda de um prédio de onde poderia cair, informou hoje a Polícia.




O incidente ocorreu em uma escola especial de Bangcoc, onde um professor viu que um dos alunos tinha saído pela janela do terceiro andar e que não atendia a seus pedidos para voltar para dentro do prédio.

A mãe da criança contou à Polícia que o menino era um grande fã de super-heróis e, então, um dos bombeiros apareceu fantasiado de Homem-Aranha em uma desesperada tentativa de salvá-lo.

"Parece incrível, mas a criança se jogou em seus braços assim que o viu", disse o sargento Virat Boonsadao.

Boonsadao explicou que o bombeiro guardava uma fantasia de Homem-Aranha em seu armário e que a usava com frequência para tornar mais leves os testes anti-incêndios."


Fantástica a atuação desse Bombeiro!

Achei também interessante a reação do menino, pois sabemos que pessoas autistas vivem num mundo subjetivo e teem seus interesses e afetos de uma maneira bem diferente das pessoas tidas como 'normais'.

Fiquei por algum tempo olhando a foto e pensando sobre isso, o quanto ainda temos a aprender sobre o ser humano e o que vai dentro de cada um! Ainda somos um verdadeiro mistério!

Características do autismo

Nem todo autista é igual, existem autistas mais sociais que outros, outros são mais intelectuais, e assim por diante. Por isso dá-se o nome de Espectro Autista a estas diferentes manifestações do autismo: o autismo tem vários níveis, desde os mais graves (o autismo típico em que as pessoas geralmente pensam) até os casos mais sutis. Muitos autistas não são muito diferentes de pessoas tidas como "normais": possuem hábitos consolidados, reagem com dificuldade a situações que os desagradam, possuem manias e preferências.

As características mais comuns do autismo são:

  • Dificuldade na interação social (como todo e qualquer indivíduo, por exemplo);
  • Dificuldade acentuada no uso de comportamentos não-verbais (contato visual, expressão facial, gestos);
  • Sociabilidade seletiva;
  • Padrões restritos e repetitivos de comportamento, interesses e atividades:
  • Preocupação insistente com um ou mais padrões estereotipados (movimento circular, por exemplo);
  • Assumir de forma inflexível rotinas ou rituais (ter "manias" ou focalizar-se em um único assunto de interesse, por exemplo);
  • Maneirismos motores estereotipados (agitar ou torcer as mãos, por exemplo);
  • Preocupação insistente com partes de objetos, em vez do todo (fixação na roda de um carrinho ou na boca de alguém que fala, por exemplo);
  • Seguir uma vida rotineira e resistir mais do que uma pessoa comum resistiria quando ela é mudada;
  • Tendência a uma leitura concreta e imediatista do contexto, seja ele linguístico ou
  • ambiental ("levar tudo ao pé da letra"). (fonte Wikipédia)


12 comentários:

Cristiane A. Fetter disse...

Beth, o mais incrível é ver a sensibilidade deste bombeiro em tomar esta atitude.
Não poupou esforços para salvar a vida desta criança.
Tiro o meu chapéu a este homem, que concerteza receberá (se não já as recebeu) muitas homenagens.
O aplaudo de pé.

Me diga se você recebeu a resposta que eu enviei sobre o seu e-mail.

bjks

Lu Olhosde Mar disse...

q coisa impressionante realmente! um beijo, querida!

Paula disse...

Oi, Beth,
Vim agradecer o carinho.
Aprendi um pouco sobre autismo na faculdade.
Bjos,
Paulinha

Chica disse...

Linda atitude desse bombeiro que fez de tudo...Interessante esses esclarecimentos sobre a doença! parabéns pelo lindo blog,chica

crisesdetpm disse...

ótima postagem.
E ótima ideia do bombeiro.
Ainda que deu tudo verto!!!!
Beijos

Isabella disse...

Oi Beth,fica aqui o convite pra participar da meme lá do TQG, tá?

beijos : )

Isabella disse...

Conheço 2 famílias (as mães são brasileiras) que moram aqui e tem meninos autistas.

Quanto mais as pessoas se conscientizarem melhor! Esse bombeiro teve mesmo presença de espírito!

bjs

Mila Viegas disse...

Fiquei emocionada! Meu filho também é fã do homem-aranha, assim como todos os meninos da sua idade. Que bom que o bombeiro foi criativo e conseguiu salvá-lo. Tenho certeza de que ele nunca vai esquecer que um homem-aranha de verdade o salvou, por mais que não tenha uma compreensão real do fato.
Amo histórias com finais felizes!

Sonia H. disse...

Que notícia maravilhosa, Beth!
Precisamos de histórias positivas como esta.
E quanto ao autismo, realmente é um mistério.
Beijos,

Flávia Fayet disse...

Vi essa reportagem e fiquei emocionada com o serviço (e presteza) do bombeiro! Se todos fizessem sua parte em seus empregos, se dedicassem de verdade...

Bjs


p.s.: e teu email?

ML disse...

Beth: eu conheço um casal que tem uma filha "down".
As campanhas de inclusão são generosas, mas a realidade é mesmo muito difícil.

Inegavelmente.

bjs

Georgia disse...

Beth, vc sabe que uma vez o Daniel teve que fazer uma operacao curta no ouvido e qdo ele acordou e viu que nos pulsos os médicos deixaram já preparado o local para enfiar alguma ampola caso alguma coisa nao desse certo. Ao acordar e ver aquilo ele disse: Mamae, o homem aranha estev aqui e eu nem vi. Veja o que ele me deixou?

Menina os médico riram demais, ele tinha uns 4 anos nessa época. Homem Aranha faz sucesso com as criancas, ahahahaahhaha!

E que bom que essa história tb teve um final feliz, imagina a cena desse menino numa altura dessa se achando Homem Aranha?

Bjsu