.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Tirando os sapatos


Sabe quando você se encontra numa verdadeira 'saia justa', quando tem vontade de falar algo que lhe incomoda, mas para não magoar ou deixar constrangida uma pessoa, você se cala, mas lá dentro atormenta seus pensamentos! Pois bem, o homem entrou com aquele 'sapatão' que devia ter pisado em todas as ruas sujas e foi direto para o aposento onde fica meu computador. Dava prá ver o chão ficando sujo em cada passada. Ai, que dor!

É que aqui em casa temos uma mania 'meio oriental', digo meio porque não somos totalmente adeptos da filosofia de vida dos orientais, apesar de achar muito bacana, mas é difícil para nós, viver com hábitos de uma cultura tão diferente e cheia de tradições.
No Japão, as pessoas tiram os sapatos na casa dos outros e em muitos bares e restaurantes. Somos 'meio' japas quando c
hegamos à porta de casa e tiramos o sapato ali, geralmente na entrada da cozinha e colocamos nossos chinelos de casa. Fazemos isso involuntariamente, sem pensar no ato, pois já é um costume antigo nosso.

Ainda há pouco vi na novela sobre a Índia que uma mulher falava para a outra tirar seus sapatos, não entrar com eles em casa, porque traziam más energias da rua. Isso me lembrou o fato que ocorreu-me há poucos dias quando o técnico veio à minha casa, mas não penso tanto sob este prisma da religião indiana e sim pelo lado da limpeza, de não trazer para dentro de casa os s
apatos que caminham pelas ruas sujas da cidade, coletando as milhões de bactérias e as titicas do cachorro do vizinho ou do vizinho cachorro. Afinal, as ruas no Brasil não são como em Genebra ou Estocolmo!
É claro que este comportamento, muito nosso,
não estendemos às nossas visitas quando as recebemos em nossa casa, nem percebo isso, pois o hábito é só entre nós e não acho conveniente pedir a um amigo que tire os sapatos na entrada de minha casa. Mas, o pobre homem estava suado, com uma mala na mão e devia ter vindo de ônibus, não ficaria bem eu pedir-lhe este 'obséquio', mas eu confesso que fiquei incomodada com isto. Esperava que 'ele' tivesse este sentimento, mas...

A cena da novela me lembrou deste fato do outro dia, e estou aqui comentando para saber se vocês têm algum hábito ou mania em suas casas?

14 comentários:

Renata disse...

eeeeeeeeeeee!!!
eu tambem tenho essa mania... Tiro os sapatos pra entrar em casa!!! E gosto quando veem aquele monte de sapatos ao lado da porta e oas visitas tambem tirem...
agora sim...
tambem sou meio japa...
kkkkkkkk
beijos!

Beth/Lilás disse...

Renatinha,
Eu sabia que você era assim, puxou a web-mãe, oras! kkkk
bjs
............................................................

Lucia Cintra disse...

Eu e Al tb somos assim, sempre tiramos o sapato. A gente pisa em mt coisa nojenta la fora e eh so no que consigo pensar se alguem entra de sapato na minha casa (pois eu gosto de andar descalca ou de meia aqui).

Alias, na minha antiga, eu ate desisti com os outros no andar de baixo, mas absolutamente ninguem chegava perto das escadas do andar de cima calcados.

Aqui no nosso ape, todo mundo tira os shoes logo na entrada.

Minha mae tb tinha essa mania, mas meu pai nunca cooperou, entao nao deu certo.
Bjos

Beth/Lilás disse...

Lucinha,
Mais uma web-filha que puxou a mãe! haha
bjs
.................................................................

Luciana Håland disse...

Aqui na Noruega é costume e regra tirarmos o sapato ao chegarmos em casa e também na casa dos outros.
Salvo raras excecões, como em algumas festas que as pessoas permitem os convidados entrarem com os sapatos em casa. Temos o hall de entrada e lá tem estrutura pra deixarmos os sapatos e jaquetas.

Acho isso ótimo, por limpeza e para não arranhar o piso também.
Já adotávamos isso no Brasil, eu tinha horror de quem entrava em casa, principalmente nos quartos, com sapato usado na rua. O jeito era fazer uma limpeza após as visitas irem embora.

Tá certíssima Beth, é muita sujeira nas ruas.
Beijo

Laura disse...

Aqui além de tirarmos assim que entramos em casa as pessoas que vem aqui tambem tiram assim que entram. So os "consertadores" de alguma coisa que não.
Beijossss

RoCosta disse...

Beth lembro que quando era criança tínhamos o costume de chegar na casa de alguém e entrar descalço. Sou mineira, e antigamente era assim. Mas hoje já não fazemos isso porque as pessoas ficam constrangidas. Uma pena: evitaríamos muitas doenças com essa atitude. Em Genebra a rua é limpa, mas mesmo assim o suíços tiram os sapatos antes de entrar em casa.
Beijos muitos, Lilás.

Flávia e Kbça disse...

hahahahhahah. nos primeiros dias morando juntos. era engraçado.

a Flávia tem mania de ajeitar o tapete, seja da cozinha, sala, banheiro... onde tiver tapete.

era eu andando e a Flávia atrás ajeitando o que eu desarrumava...

eu. não sei se tenho manias. claro que tenho. mas não lembro, hehe.

Ana disse...

Oi, Beth!
Quando eu trabalhava fora, isso era ainda mais rotineiro: entrava em casa pela cozinha, deixava água aquecendo para o chimarrão e ia no meu quarto deixar sapatos, bolsa, bijous, echarpes ou o que tivesse usando!
Só depois me sentia "em casa"!!

todoyda disse...

Beth, eu cresci com a minha mãe fazendo com que tirássemos os sapatos antes de entrar em casa e alí já colocássemos os calçados de ficar em casa, também baseada nos princípios de higiêne.
Já aqui nos Estados Unidos e principalmente na neve temos que tirar os sapatos no hall de entrada, até tem um armário só para guardar os sapaos lá.
Eu também gosto deste hábito, mas nem sempre podemos impô-los as pessoas que vem a nossa casa, mas tem um hábito que eu não permito que seja feito em minha casa ou no meu carro que é fumar, isso não tem jeito, quer fumar vai lá para fora, faça frio ou calor e seja quem for.
bjks
Cristiane

Wilma disse...

Beth quando morava em apartamento havia mais rígidez ao entrarem de sapatos em casa, pela higiene e para não arranharem o chão, rsrsrs agora morando em casa observo que as visitas entram sem cerimônia com os pés cheio de areia e tudo o mais, eu por hábito já venho da rua e sem perceber troco os sapatos, sandálias e os coloco na sapateira.
ET.nem pensar em bater nos meus pets, é q ultimamente com a chegada da Dalila a Monalisa (Rott) por ciúmes avançava nela e por duas vezes a deixei presa por um minutinho, mas percebia q não era a melhor atitude, apesar dela ter se corrigido (ela é muiiiito inteligente, quase uma pessoa) e achei bacana a matéria. Mas bater jamais!! Elas são fofas, a Dálmata é a meiguice em pessoa, jamais teve um gesto de violência, brincalhona, e muito meiga; a Monalisa tem instinto de lider, não aceita abusos, independente, companheira 24hs, adora carinhos e é guarda incorrigível, é minha sombra. A Brisa, uma persa que pede colo, protegida pela Mona e incompreendida pela Dalila q não entende q ela não é cachorro!!!rsrsrs

Renata Lopes Costa disse...

Não diria hábitos e sim manias, tenho aversão à sujeiras em geral, meu marido fala que sou maniática demais, que não posso ver uma coisinha sequer no chão, que logo me incomodo com aquilo. E é verdade! Aqui com criança é meio complicado esse hábito, porém, a ordem é: chegar da escola ou da rua mesmo e ir direto pro banho.

Estás certíssima em manter a casa assim, deve ser um brinco! KKKK Adoro a minha casa como aquelas de revista.

Mariana disse...

Oi Beth!
Aqui também tiramos os sapatos. Eu já vi muitas casas que tem o armário de sapatos na entrada, na minha só falta montar móvel.
Mas dá para entender: com o frio, chuvas e neve é só barro mesmo, nem pensar em ir no quarto com o sapato que chegou da rua!

Ana disse...

Complementando:
Nem é tanto por higiene... Gosto de tirar os sapatos por conforto!
Sou cuidadosa com limpeza, mas já fui mais estressada...
Agora com neném em casa...