.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

sábado, 10 de janeiro de 2009

Porque não na Maturidade - II





O post anterior nos fez refletir e trouxe novas interpretações acerca do tema Beleza e Maturidade.

Muito me incomoda e acho que também a um grande número de pessoas, no que se refere ao conceito de beleza atual. Afinal, isso nos é imposto freneticamente pela massificação da mídia, que dita a cada semana qual será o novo padrão de beleza.

Penso que não se pretendeu valorizar na mostra impecável do fotógrafo holandês Erwin Olaf, que prestigiou as mulheres mais velhas, a tal mesmice que vemos nas bancas de jornais do mundo inteiro, e sim o 'corpo feminino' com a sua beleza e expressividade na idade madura.

A beleza é rotulada e fomentada pelos meios de produção, que são as indústrias da moda e cosméticos, além de outras, que definem padrões de beleza em cima do que lhes são mais adequados, com o objetivo principal de ter seus ganhos econômicos.

Como tudo neste mundo tem sido movido pelo impulso do lucro financeiro, vejamos por exemplo, no passado, quando a bela raça negra ou afro-descendentes, assim como os exóticos asiáticos, não constavam dos catálogos de beleza.

Quando começaram a aparecer?
Quando passaram a ter poder de compra e potencial de consumo.

Daí, minha gente, o que é Beleza?
A beleza só existe até os 29 anos? Ou 30, 31 ...?

Claro, que as mulheres mostradas pelo fotógrafo Olef, são belas, mas como não são imagens usuais, para muitos pode até chocar, já que a maturidade da 3a. idade está muito, ainda, ligada ao recato. Uma mulher aos 60 ou mais, não perde sua essência feminina com seu grau de libido, de sensualidade, de vaidade e de querer se mostrar, seja lá por que meios forem.

O que acontece, na verdade, é que essas características são aprisionadas e ficam adormecidas em muitas, porque a "grande máquina" não valoriza e de certa forma, "proibe", ou cria a conotação de que pega mal, é rídiculo, feio, etc.

Mas, irá valorizar, assim como estão prestigiando a grande comunidade gay mundial com crescente poder aquisitivo.

Então, os velhos da 3a. idade, que dentro de 20 anos serão quase 80% da população mundial, serão a verdadeira massa econômica a ser bajulada pela máquina.

É só uma questão de tempo! Tudo é o que a "máquina" quer!



Cada pessoa é um universo que precisa ser descoberto e contemplado. O ser humano é sempre mais do que vemos ou percebemos; é muito mais do que a imagem que revela.

Que a beleza da verdade – contida no interior de cada ser – supere sempre em nós a superficialidade da imagem, levando-nos assim a descobrir os tesouros depositados pelo Criador em cada coração. Assim conseguiremos enxergar o ser como um todo, sem nos prender às armadilhas parciais da exterioridade.


(Adriano Zandoná-Seminarista e missionário da Comunidade Canção Nova)


10 comentários:

ML disse...

Caberá a nós mesmas respeitarmo-nos e valorizarmo-nos.
Alcançar a beleza serena como Sean Connery.
Ao invés de exagerar no "estica e puxa".

bjnhs e bom domingo pra Você!

JAMES PIZARRO disse...

O conceito de beleza, assim como o conceito da moral, é ECOLÓGICO (varia de região para região) e TEMPORAL (valia de época para época).
Em Roraima, na linha do equador, com maior fotoperíodo, a iniciação sexual é mais precoce e é comum adolescentes já estarem copulando antes mesmo de ter chegado a menarca (primeira menstruação). Lá, onde minha UFSM manteve um campus avançado durante décadas, isso é normal e ninguém se espanta. Analisado este fato com o olhar do habitante do sul do país, constitui-se numa imoralidade, barbarismo, indecência, etc...A escravidão era normal na época do Império e era tolerada até pela Igreja na época, que nunca se pronunciou contra. Hoje, passados poucos anos, é intolerável se pensar em escravidão de qualquer tipo.
Há poucos anos atrás, as mulheres mais atraentes e sexualmente desejáveis eram as obesas, tão bem documentadas nos quadros dos pintores clássicos. Hoje, as mulheres sofrem de bulemia e anorexia para poder ficar magrelas e atingirem o peso "ideal" e se empregarem como manequins.
Resumo : eu não me espanto com nada,faço as coisas que gosto de fazer sem me importar com a crítica alheia e - para ser coerente - aceito todos os outros como os outros são. O segredo está em aceitar e conviver com as diferenças. O resto é poesia e literatura !
Bj

James Pizarro

Kenia Mello disse...

Beth, ainda acho que na Europa a coisa é bem menos severa que aqui, onde ter 40 anos já é o suficiente pra ser chamado de tio(a) e coroa. Toda idade tem sua beleza e com os cuidados da medicina, boa alimentação e atividade física, dá pra se envelhecer com dignidade e beleza.
Beijos.

Lúcia Soares disse...

Basta ir a uma praia, em qualquer lugar do mundo, pra se ver um corpo muito belo ou um muito feio. Cada um é um, e se expõe ou não. O que é belo pra mim, pode ser feio pro outro. É tudo uma questão de ponto de vista, opinião, moda, época, mesmo.Não me sinto à vontade pra mostrar-me além do que acho necessário, mas admiro quem o faz. A vida é muito mais que um corpo bem feito, com tudo em cima.

Lucia Cintra disse...

Sabe uma atriz que acho linda de morrer? Holland Taylor. Ela ja deve estar nos seus 60 e pouco, mas nossa, que mulher linda! Tem tantas outras que amadurecem garciosamente sem ajuda de cirurgia plastica nem nada e as quais admiro por isso.

Nao posso dizer se um dia eu faria ou nao... Sou vaidosa mas nao uma daquelas obcecadas a aparentar sempre jovem. Se fosse fazer algo um dia nao sera nada mt radical.

Onde moro agora a pressao eh enorme. As meninas e mulheres querem todas ser iguais as artistas. E a pressao nas artistas entao... Se ganham um kilo ja sao crucificadas. E o pior eh que vivemos numa sociedade que so sabe julgar. Acho que isso nunca vai mudar.

Bjos

aminhapele disse...

O James disse tudo.
Que belíssima lição.

Ana disse...

Beth

São tao pouco divulgadas as possibilidades de amor e sexo na idade madura...
A gente precisa assimilar, internalizar, acostumar, entender tudo isso, para depois poder viver, na prática...

Achei bacana mostrar para vc estas fotografias, da excelente Marrie Bot:
http://marriebot.com/

Beth/Lilás disse...

Oi, Ana!
Muito bacana o trabalho de Marrie Bott. Ainda não a conhecia e gostei de saber.
Brigaduuuuu!
bjs
........................................................

Georgia disse...

Beth, concordo com o texto mas na prática é outra coisa. Minha pergunta é: Por que só expoêm as mulheres? Por que o homem nessa idade nao mostram também o corpo?
Será que é porque a mulher nao está nem ai para a opiniao alheia e embala e topa todas as idéias da sociedade querendo mostrar que estamos além do tempo? Nós mulheres estamos sempre querendo ensinar que somos muito mais abertas para esses limites...Por isso nao gosto. Há tantas mulheres nessa terceira idade que se vestem com muita elegância e sensualidade. veja a Sofia Loren? Ela precisou tirar a roupa nessa idade para mostrar que é sensual? Nao. Para mim, sensualidade está além disso.

Um beijo grande

Beth/Lilás disse...

É, Georgia, você também tem razão quando diz que, nós, mulheres, temos essa necessidade 'meio besta' de se mostrar tanto e o homem, ao contrário, é mais comedido.
Não sou partidária nem compradora de revistas de 'mulher pelada' como as Playboys da vida, não vejo ali nenhum tipo de arte a não ser mostrar o corpo e atiçar os sentidos para homens e mulheres, mas ensaios como este, mais fechados, apenas para mostrar o ser humano como ele é, no sentido verdadeiro de um corpo vivo e pulsante, este tipo de mostra, não vejo como apelativo e sim afirmativo do trinômio beleza-corpo-maturidade.
Assim como as fotos que a Ana nos mostrou acima de Marrie Bott.

Ahh, Sofia Loren é minha deusa predileta até hoje! Linda até morrer!

beijos e obrigada por sua participação, sempre inteligente e de bom senso.
..........................................................................