.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Um bom pensamento para nossos irmãos do Sul



Enquanto nossos vizinhos do Hemisfério Norte e Europa já começam a se enroscar debaixo dos edredons, ligando os aquecedores ou acendendo as lareiras para espantar o frio e a neve, nós, por outro lado, começamos a nos preocupar com os ventos do final de primavera e a chegada da estação que para alguns é maravilhosa, mas que para mim é sinônimo de bagunça, deselegância, chuvas torrenciais e o calor insuportável.
Acostumada que estava a temperaturas em torno dos 24 graus no verão da montanha, imaginem como me sinto no verão do Hell de Janeiro! Não acho graça nenhuma neste inferno tropical!

Bem, ainda nem começou esta estação tenebrosa, mas as chuvas já, e este ano parece que São Pedro resolveu abrir as comportas do céu sobre o leste da linda Santa Catarina e o povo de lá está sofrendo demais. Deu muita pena ver as pessoas e suas casas alagadas ou levadas pela força das águas, tendo que abandoná-las em barquinhos para sair de dentro delas. No Vale do Itajaí, onde lindas cidades como Joinville e Blumenau foram atingidas e muitas outras daquela região que estão completamente inundadas e sem acesso.Para o governo do estado, essa é a "pior tragédia climatológica da história". Na segunda-feira, em sete horas, o número de desabrigados e desalojados mais que dobrou e passou de 18.127 para 44.151 pessoas. As mortes triplicaram, passando de 22 para 65.

Muitas campanhas já estão sendo feitas pelo país afora para ajudar estas pessoas e, nós aqui em casa, já fizemos nossa contribuição através de uma conta aberta pelos empregados da empresa que meu marido trabalha e que tem várias instalações naquelas cidades.

Fenômenos da natureza são normais acontecerem desde o início dos tempos, mas o que vemos ultimamente é a resposta aos desmandos, desinteresse, pouco cuidado e falta de educação e amor, em geral, para com a Mãe Gaia. O ser humano não percebe isto e continua no seu processo de destruição das matas, desvios de rios, lançamento de gases tóxicos na atmosfera, gastando energia sem responsabilidade e um interminável número de agressões ao planetinha.O que será do futuro de nossas crianças!

Mas, prá não terminar em tristeza e desesperança meu post, prefiro voltar ao bom humor que carrego na minha alma e fazer um pensamento positivo para que as chuvas cessem nestes lugares e as pessoas possam retornar às suas vidas.


16 comentários:

Saia Curta disse...

OI LINDA, ADORO FAZER AMIZADES. OBRIGADA PELA VISITA, REALMENTE O TEMPO ESTÁ MUITO LOUCO.
TENHO UMA IRMÃ NA ALEMANHA, E LÁ JÁ TEM MUITA NEVE..
AQUI NO BRASIL MUITA CHUVA..
HOJE FALEI COM MINHA MÃE EM NATAL E LÁ O SOL ESTA ARDENTE.
QUEM SABE UM DIA , PUDÉSSEMOS JUNTAR NEVE ,CHUVA E SOL!!!!
QUEM SABE NÃO TERÍAMOS UM BELO CLIMA????
GRANDE BEIJO
N@N@

Lucia Cintra Stevenson disse...

Pois e'... as chuvas causando caos ai e os fogos da California causando caos aqui. As pessoas realmente tem que tomar coinciencia que as nossas acoes influenciam o planeta onde vivemos. Ja viu um filme do Al Gore chamado "Untold truth"? Da ate medo das estatisticas mostradas.

Nao ha nada pior do que perder tudo num desastre como esse! Perder tudo que tem, seu lar e as coisinhas que batalhou tanto pra conseguir na vida. Que Deus ajude essas pessoas. bjos

As aventuras de uma brasileira no Egito disse...

Que Deus proteja essas pessoas....

Beijos e fiquem com Deus

Barbrinha

Marilac disse...

Beth,
Eu também faço essa prece de que as chuvas cessem e de que essas pessoas possam receber a assistencia que precisam para reconstruir seus lares!É realmente muito triste perder tudo,e o pior são as perdas humanas interrompidas de forma tão tragica.
Ver no jornal cidades inteiras vivendo esse drama dá mesmo um aperto no coração!

bjs
Marilac

Renata Lopes Costa disse...

É minha amiga, concordo contigo e pouco podemos fazer por estas pessoas, a não ser doar o que podemos e pedir à Deus que isto passe depressa. Os números de mortes já passam de 85, triste? Desesperador para quem vivencia.

Bola pra frente! Bjão!

Renata Lopes Costa disse...

Beth, recém agora fui ver o slide com tuas flores, estou até agora "babando", são lindas. Adoro flores!

Luciana Håland disse...

Vi as fotos em alguns sites hoje pela manhä, muito triste mesmo, mas como você disse, é a natureza reagindo, infelizmente.
Só podemos mesmo elevar preces e esperar que as coisas mudem.
Beijo

Lúcia Soares disse...

Minha filha mora lá no sul, em Londrina, Paraná. Peço a Deus que essa chuva não aconteça por lá! Cruzes! Mas a natureza está em um ritmo louco, mesmo. Além dos malefícios que os homens causam há também muito de negligência dos (des)governantes, e da própria população.

Lúcia Soares disse...

Ficou parecendo insensível meu comentário, só desejando que as chuvas não castiguem Londrina. Longe disso! Peço a Deus que não chova mais em Santa Catarina, e o que puder fazer, materialmente, pelas pessoas, farei.É só o que posso, já que estou tão longe do local.Sei bem o que é isso, pois em Belo Horizonte há muito dessa tragédia, quase todo Janeiro. Já é até esperado, infelizmente, porque as famílias voltam todas para o local condenado no ano anterior. É uma tristeza!

Lucia Cintra Stevenson disse...

Nossa, ate a CNN esta falando sobre isso, ouvi na radio que o numero de pessoas que ja perderam suas casas cresceu pra 54 mil!

Ainda esta chovendo por la ou ja parou?

acqua disse...

Acho que está tudo no extremo. Chuvas demais. Calores demais. Frio demais... Quem sabe um dia o equilibrio volta, se é que temos direito a isso depois de tudo que já fizemos pelo planeta. enfim...

Kenia Mello disse...

Que situação mais difícil a de SC, não é, Beth? Não me lembro de já ter ouvido falar em algo parecido por aquelas bandas. Espero que as autoridades realmente ajudem os mais necessitados, que são os que mais sofrem em ocasiões como essa.

Beijos.

Sonia H. disse...

Que bom que a empresa do teu marido teve esta bela iniciativa de abrir uma conta para ajudar as pessoas de Santa Catarina!
Precisamos todos ajudá-los!
Beijos,

Heloisa disse...

Que Deus proteja e ampare os desabrigados dessa terrível enchente!
Também fiquei preocupada com os "bichinhos", pois imagino que muitos deles estejam ilhados, sem nenhum alimento...
Muito triste!

Flávia Fayet disse...

É Beth, como somos parecidas mesmo! O texto sobre o tempo, sobre odiar o calor e meu proximo ja tinha mais ou menos "bolado" algo sobre o caos em SC,terrivel né? Beijos

mônica disse...

Os Deuses que desculpem minha ignorância humana, mas a natureza pode ser tão "madrasta"...
Ou será que se a gente nunca tivesse tido a ousadia de desrespeitá-la tudo estaria + ou - equilibrado?
Sinto pelos caras: que estão sofrendo pelo excesso de chuvas ou sol, pela derretimento das calotas polares, pelos que perdem a pele porque essa é bela, e tantos outros injustiçados.
Sinto pela falta de racionalidade dos seres auto-intitulados "racionais".
Tenho até vergonha de pertencer a essa espécie.
Muitos bjnhs e, + 1 vez, parabéns por suas brilhantes crônicas.

PS: cara, já pensou em escrever um livro?
Quando sair, não esquece de me convidar para a noite de autógrafos, ok?