.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Eu fui a quarta


Se você teve infância daquelas boas, com brincadeiras de rua, pulou corda, amarelinha, desfile de miss ou até soltou pipa, teve junto com isso os seriados na tv que a gente acompanhava e dava idéias para nossas reinações do dia a dia, como por exemplo; Os Três Patetas - Moe, Larry e Curly. Geralmente depois do almoço, na volta da escola, passava este seriado que tirava risadas gostosas da gurizada e até dos nossos pais. E na minha casa éramos 3 irmãos - Eu, meu irmão Luiz e minha irmã Rosane - e as brincadeiras 'bem patetas', às vezes, repetíamos uns com os outros.

Não me lembro qual deles era o mais espertinho e tinha a mania de fingir que enfiava os dois dedos nos olhos de um outro. Quando um fazia algo bem "pateta", o espertinho virava e mostrava as mãos fechadas e dizia "Vê isso?", aí o outro pateta dizia, "Não, o quê?". Aí ele fingia que enfiava os dedos nos olhos do outro e puxava o seu nariz, dava raquetadas e era um festival de trapalhadas, bem no estilo água com açúcar e pastelão. Não tinha ato que levassse uma criança a repetir com outros e trouxesse danos ou levasse a maldade. Eram histórias de um humor ao mesmo tempo abestalhado e espirituoso.



Agora, a MGM resolveu produzir uma versão moderna dos mesmos, só não sei se a química que rolava com aqueles três pode acontecer nos dias de hoje ou se a criançada atual, acostumadas às
lutas e jogos eletrônicos vão receber bem o trio e dar risadas como a gente deu naqueles bons tempos!
(fonte:http://fabricadequadrinhos.uol.com.br/index.php?conteudo=antimateria&id=13073)

6 comentários:

RoCosta disse...

Ah!Beth como era bom,neh?!
Forte abraço, Lilás.

mônica disse...

Sei lá, cara, mas pelo que observo, os pequenos de hoje gostam da Puka, do Dexter e do ... (fala baixo) Fudêncio.

bjnhs

Beth/Lilás disse...

Hahaha Monica, pior é que é isso mesmo!
Boa sacada esta!
bjs
........................................................................

Lucia Cintra Stevenson disse...

Ai, meu pai e' quem gosta desses patetas ate hoje! Ele ri!!! E eu rio dele rindo, pois nao acho graca nenhuma neles. Agora a risada do meu pai... rsrs

Sou mais os trapalhoes, viu? bjos

As aventuras de uma brasileira no Egito disse...

Oie Beth......

Vc acredita que esse tipo de humor faz um sucessao aqui no Egitao?

O povo ama, nao tem pronografia, apelo sexual, soh trapalhadas e mais trapalhadas....e nos tambem gostamos muito....hehehehe

Espero que as criancas de hoje apoiem essa ideia...

Beijos e fiquem com Deus

Barbrinha

Georgia disse...

Eu adorava tb. Mas hoje em dia a turma é diferente, Beth.

Bjus