.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Eu fui a quarta


Se você teve infância daquelas boas, com brincadeiras de rua, pulou corda, amarelinha, desfile de miss ou até soltou pipa, teve junto com isso os seriados na tv que a gente acompanhava e dava idéias para nossas reinações do dia a dia, como por exemplo; Os Três Patetas - Moe, Larry e Curly. Geralmente depois do almoço, na volta da escola, passava este seriado que tirava risadas gostosas da gurizada e até dos nossos pais. E na minha casa éramos 3 irmãos - Eu, meu irmão Luiz e minha irmã Rosane - e as brincadeiras 'bem patetas', às vezes, repetíamos uns com os outros.

Não me lembro qual deles era o mais espertinho e tinha a mania de fingir que enfiava os dois dedos nos olhos de um outro. Quando um fazia algo bem "pateta", o espertinho virava e mostrava as mãos fechadas e dizia "Vê isso?", aí o outro pateta dizia, "Não, o quê?". Aí ele fingia que enfiava os dedos nos olhos do outro e puxava o seu nariz, dava raquetadas e era um festival de trapalhadas, bem no estilo água com açúcar e pastelão. Não tinha ato que levassse uma criança a repetir com outros e trouxesse danos ou levasse a maldade. Eram histórias de um humor ao mesmo tempo abestalhado e espirituoso.



Agora, a MGM resolveu produzir uma versão moderna dos mesmos, só não sei se a química que rolava com aqueles três pode acontecer nos dias de hoje ou se a criançada atual, acostumadas às
lutas e jogos eletrônicos vão receber bem o trio e dar risadas como a gente deu naqueles bons tempos!
(fonte:http://fabricadequadrinhos.uol.com.br/index.php?conteudo=antimateria&id=13073)

6 comentários:

RoCosta disse...

Ah!Beth como era bom,neh?!
Forte abraço, Lilás.

mônica disse...

Sei lá, cara, mas pelo que observo, os pequenos de hoje gostam da Puka, do Dexter e do ... (fala baixo) Fudêncio.

bjnhs

Beth/Lilás disse...

Hahaha Monica, pior é que é isso mesmo!
Boa sacada esta!
bjs
........................................................................

Lucia Cintra Stevenson disse...

Ai, meu pai e' quem gosta desses patetas ate hoje! Ele ri!!! E eu rio dele rindo, pois nao acho graca nenhuma neles. Agora a risada do meu pai... rsrs

Sou mais os trapalhoes, viu? bjos

Anônimo disse...

Oie Beth......

Vc acredita que esse tipo de humor faz um sucessao aqui no Egitao?

O povo ama, nao tem pronografia, apelo sexual, soh trapalhadas e mais trapalhadas....e nos tambem gostamos muito....hehehehe

Espero que as criancas de hoje apoiem essa ideia...

Beijos e fiquem com Deus

Barbrinha

Georgia disse...

Eu adorava tb. Mas hoje em dia a turma é diferente, Beth.

Bjus