.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

A cidade e sua gente

Uma pequena homenagem aos amigos lusitanos e aqueles que teem amigos ou amam Portugal:

videoMenino tocando e cachorrinho segurando a bolsinha de moedas. Bem curioso e engraçadinho.

Pena que as pessoas pararam bem em frente à camera! Mas é assim em todos os lugares do mundo.















Vendedora de castanhas assadas.

O belo Tejo e os telhados ensolarados vistos do
Castelo de São Jorge

(Imagens feitas pelo marido de
seu 1 dia e meio em Lisboa.)

8 comentários:

Georgia disse...

Essas castanhas assadas sao uma verdadeira delícia.

Eles a assam sem cozinhá-las. Experimente, faca-as no forno. Basta cortá-las um pouco em formato de cruz ao invés de tirar a cabeca e a pontinha dela. Nao precisa colocar nem sal e nem acúcar. Come-se ao natural. Aqui na Alemanha também fazem muito.

Beijao

As aventuras de uma brasileira no Egito disse...

Ebaaaaaaaaaaaaa........tem gente de volta!!!!

Viva!!!!!

Essas imagens e o video eh uma grca.....

Obrigada por nos mostrar.....

Beijos e fiquem com Deus

Barbrinha

Kenia Mello disse...

Estar em Portugal é sempre se sentir um pouco em casa, né?

Beth, assim que eu tiver uma foto legal, mando pra você.

Beijos.

P.S. A enquete Betty Faria está no ar. :D

Fátima disse...

Que fofoooooooooooo!!!
Cresci ouvindo a música portuguesa, agora vou correndo mostrar pra mamãe e papai.
Muito legal ele poder ver de perto, uma cultura que apesar de tão próxima a nossa, tem características tão diferentes.
Mil beijinhos pra vcs!

aminhapele disse...

Foi difícil abrir a sua caixa de comentários...
Lisboa é uma cidade muito bonita.
Vivi lá 9 anos.
Depois,desisti e regressei à minha pequena cidade,com cerca de 90.000 habitantes.
O facto é que no centro de Lisboa não há,quase,residentes.
São prédios abandonados e em degradação permanente.
As pessoas que trabalham em Lisboa vivem,em esmagadora maioria,em concelhos dos arredores.
Tudo o que Lisboa tem de apelativo é quase inacessível aos seus moradores e trabalhadores.
São,no mínimo,duas horas diárias nos transportes para o trabalho e regresso a casa.
Grande parte das pessoas,incluindo as crianças,levantam-se às 6 da manhã e regressam a casa cerca das 9 da noite.
Gosto de ir a Lisboa:uma ou duas noites de hotel e tempo livre para usufruir das suas muitas ofertas.
Para viver,não!
Os "lisboetas",poucas vezes têm tempo e oportunidade para irem a um concerto,um teatro,uma exposição.Vêem na televisão.
Ao vivo,fica para nós,turistas!
Nos prédios,os vizinhos não se conhecem.
A vida,é uma corrida constante.
Prefiro a minha "aldeia"...

Lilás/Beth disse...

Caro Rui,

Pois então, é como aqui no Rio, quem curte é turista, o resto trabalha e muito e sofrem nos transportes coletivos.
Tudo igual neste mundo globalizado!
abçs
.....................................

Fafá,
Teus pais vão adorar ver as outras que ele fez. Vou mandar algumas prá vocês p/email, ok.
bjs
...................................

Georgia,
O problema é achá-las aqui no Brasil fora do natal.
Aí deve ser bemmais fácil.
bjs
....................................

Heloisa disse...

Puxa, nem sabia que o Wilmar estava em terras portuguesas!
Sempre tive muita vontade de conhecer Portugal, gostaria muitíssimo!!!
Aliás, já "sonhei" em morar por lá..........
Inclusive estou sempre estou conectada ao canal RTP.
Castanhas assadas ???
Que novidade legal, nunca ouví falar!
Quando voces vierem a Petrópolis terão muitas novidades pra contar, que bom, vou aguardar !.......

aminhapele disse...

Já viu,alguma vez,uma fotografia(ainda que má) do seu blog?
Ora dê uma espreitadela no PEDECABRA.