.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

quarta-feira, 2 de julho de 2008

Harajuku Girls

Neste ano do centenário da imigração japonesa no Brasil, muita coisa a gente encontra e se surpreende, como por exemplo o termo "Harajuku Girls".

Harajuku é uma área entre Shinjuku e Shibuya no Japão.
O local compreende duas ruas de compras - Omotsandõ e ruas principais de Takeshita.
O último, abastece as várias formas e gostos com muitas lojas que vendem o visual Gótico Lolita, Kei visual, rockabilly, hip-hop e equipamentos do punk para a juventude. Além de muitas lanchonetes ao estilo fast-food e assim por diante.

Omotsandõ nos últimos anos cresceu e encheu de filiais de lojas caras e mundialmente conhecidas como Louis Vuitton, Channel e Prada.


O termo "meninas Harajucu" é usado para definir adolescentes vestidas de todos os estilos e formas que estão na área de Harajucu.
Estas meninas podem ser de várias vertentes da sub-cultura que inclui Lolita gótico, Canguro, Gyaru e Kogal. Vestem-se, também, como personagens de histórias em quadrinhos e mangás japoneses.

Muito bizarro tudo isso, não é gente! Também super-interessante e colorido.
Para saber mais dêem uma olhadinha no Google.













9 comentários:

Fátima disse...

É incrível como um povo com uma cultura tão rica em tradições, convive com a uma modernidade tão surreal.
Muito interessante a maneira desses jovens se vestirem, mas acredito, que deva deixar os mais velhos de cabelos em pé.
Beijocas mil!!!

Lilás disse...

Fafá,
Exatamente isso que eu pensei quando achei esta matéria.
Ela realmente choca os mais velhos porque quando aquele nosso amigo esteve lá no Japão no ano passado, levou um baita susto quando se viu diante de jovens de visual extremamente chocante para ele que já é mais velho e que viveu um tempo de Japão tradicional.
Mas é assim a vida - ela se renova e a gente tem que entrar no ritmo.

Sonia H. disse...

Beth,
Eu diria ... exótico...
Mas deve haver espaço para todos se manifestarem, não é.
Beijos,

Lilás disse...

Também acho Sonia.
E digo mais, se eu fosse jovenzinha hoje e morasse lá no Japão, com certeza iria querer andar com alguma coisa bem surrealista, talvez na cabeça. Sempre adorei estas maluquices. haha

Georgia disse...

Muito doido e lindo ao mesmo tempo.

Mas nao sei se eu teria coragem de colocar algo assim ou parecido, kakakak


Bom dia querida!!!

As aventuras de uma brasileira no Egito disse...

Se olharmos isso como arte, eh muito bonito e muito bem feito, mas olhar isso como estilo de vida, eh bem complicado neh?

Nao sei o que faria se um filho meu desejasse sair pelas ruas usando uma "capa" que nao eh a dele....

Beijos e fiquem com Deus

Laura disse...

Mas sabe o que eu acho interessante, eh que aos japoneses sao brilhantes nesse aspecto. Pois quantas vezes nos chocamos com o comportamento deles -principalmente os antigos - por conta da tradiçao. E os jovens criam agora novas "tradiçoes".

Bjsss

Lilás disse...

Georgia,
Também acho, mas pense bem, quando se
é jovem, recém-saído da infância que queremos ser iguais aos coleguinhas, gostamos de expressar de um jeito a nossa personalidade e natureza. Assim sendo, acho que estes jovens têm até muita personalidade, pois fazem de tudo para se mostrarem diferentes e artísticos nos dias de hoje.
Acho que eles querem é justamete se livrar daquele "ranço" da cultura nipônica há muito tempo a eles impingidos.


Barbrinha,
Eu acho que quando você tiver seu filhote e ele tiver seus 20 e poucos anos, o mundo será ainda mais doido.
Prepare-se!


Laura,
É isso mesmo, justamente o que eu quis dizer no meu comentário acima para a Georgia.
beijos

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Oi. vim visitar o link q vc deixou pra mim, obrigado.

Pois é, elas são assim. Mas só em Harajuku, que é um cantinho em Shibuya, um bairro movimentado do Japão. (vc já deve ter visto, pq toda imagem que é feita do Japão é sempre desse local, Shibuya e Shinjuku. Nunca mostram outros lugares, é sempre a avenida lotada de neons e mta gente).

Sabe o que acho legal aqui do Japão? Como diz uma amiga minha: se vc quiser sair de pijama na rua, ninguém vai dar bola. Realmente, ninguém repara, acha ruim.

Um erro que se comete muito no Ocidente é acreditar que todos jovens japoneses são assim ou nesse estilo. E que esse pessoal anda direto assim. Na verdade Harajuku é o cantinho para cada um expressar sua arte, sua loucura, sua fantasia. E fora isso, é todo mundo "normal", tranquilo, com roupas comuns. Dai o pessoal vem pra cá e fica "desiludido", pq vê jovens iguais aos do mundo todo rs...

Acho que é a mesma idéia que muitos fazem do Brasil: que tem gente de biquini no banco, que todo mundo anda pelado, essas coisas rs.

Harajuku é um grande circo a céu aberto, é divertido.

Omotesando já é uma parte mais chique. Em vez das garotas assim, é o local das patricinhas.

bjs, adorei o post