.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

terça-feira, 3 de junho de 2008

Pensando matematicamente


Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava.
Não sabia que, somando as incompreensões é que
se ama verdadeiramente.


Clarice Lispector

2 comentários:

Fátima disse...

Oi minha queridinhaaaaaaaa!!!
Adoro a Clarice, o amor é sempre misterioso e já disseram que o mais importante é sentir e saber se deixar amar. Gostaria muito de deixar umas palavrinhas da Lya Luft que tb gosto muito, espero que vc tb aprecie.
Mil beijinhos congelados...rssss!

" A MATURIDADE ME PERMITE OLHAR COM MENOS ILUSÕES, ACEITAR COM MENOS SOFRIMENTO, ENTENDER COM MAIS TRANQÜILIDADE E QUERER COM MAIS DOÇURA." (LYA LUFT)

Lilás disse...

Ah, Fafi!
Perfeita Lya Luft! E você, como sempre, ajudando a enriquecer meu blog.
Valeu! Bjs