.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

quinta-feira, 22 de maio de 2008

Na trilha dos Fortes


Feriado e dia bonito combinam e não dá para ficar dentro de casa, por isso fomos passear.

A descoberta de hoje foi o caminho dos Fortes. Eles se encontram na região de Jurujuba que fica do outro lado da Baía de Guanabara, de frente para o centro executivo, financeiro e nervoso do Rio de Janeiro. Ali, tão perto de todo o caos da cidade, uma vila de pescadores com seu ambiente próprio e bucólico onde o tempo parou para que a gente pudesse admirar a beleza da natureza exuberante e do trabalho dos portugueses no empenho para defender a colônia das invasões inimigas.

Estes majestosos fortes estão dentro de uma reserva do Exército e para ali entrar, torna-se necessário um certo protocolo.
São 7 os Fortes: Gragoatá, Boa Viagem, Rio Branco, do Pico, São Luiz, Fortaleza de Sta.Cruz e Forte Imbuí.
Erguidos em volta da Baía de Guanabara em 1555 à época da invasão francesa. Após a expulsão dos franceses, Portugal foi equipando e aperfeiçoando os fortes.
Hoje, essas construções, com acesso pavimentado e com Vans para levar e trazer visitantes até o ponto mais alto, descortina uma das mais belas paisagens do Rio de Janeiro e Niterói.

Nas fotos a seguir, vocês verão o percurso desde Jurujuba até o Forte Barão do Rio Branco. Infelizmente, não deu para fazer mais fotos, pois esta figura aqui (eu mesma), esqueceu de recarregar a máquina ontem e acabou a bateria lá em cima. Que anta!
Daí, tive a brilhante idéia de sacar meu celular e fazer algumas poucas, mas que dão para visualizar o todo. Por isso, notarão que algumas fotos não ficaram tão perfeitas e depois o dia estava lindo, mas tinha uma névoa sobre toda a Baía.

E pensar que isto tudo está há apenas 15 minutos da minha casa!

























4 comentários:

Heloisa disse...

Belo passeio, heim amiga ???
Meu pai sempre falou muito em "Jurujuba", cada vez que contava suas mirabolantes histórias de vida.
Como bom esportista, (foi remador do clube Botafogo), também adorava nadar por esse bucólico lugar que voce esteve hoje.

Lilás disse...

Ô Helosinha!
Teu pai devia ser mesmo uma pessoa especial, estava sempre fazendo de um tudo.
Acho que foi daí que vc veio assim, cheia de energia.
Beijos, querida.

Ana Beatriz Serpa disse...

Surfando pela web, descobri seu blog, como se descobre coisa boa nessas "surfadas"
Sempre quis fazer esse passeio com meus filhos, já googlei,perguntei, assuntei e ainda não consegui informações sobre.
será que vocÊ me ajuda?
tem algum telefone, site, batida de tambor, sinal de fumaça pra conseguir informações?
Parabéns pela blog, já me viciei
bjs

Sonia H. disse...

Beth,
Que maravilha, menina!
Este eu só conheço de longe, mas quero muito visitar este complexo um dia!
Como o nosso Rio é lindo!
Beijos,