.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

terça-feira, 15 de abril de 2008

Minha "recheada" solidão


Nada com um dia chuvoso para ficar em casa, passeando nos pensamentos e refletindo sobre algo importante.

É claro, estou com tempo prá isso e o ambiente me favorece. Estou sozinha comigo mesma e é muito agradável estar assim.
Mas, peraí! Não pensem que sou individualista ou que quero ser uma ermitâ no futuro. Tô só curtindo o dia de um jeito que pode parecer estranho prá muitos, mas eu gosto mesmo.
Sou daquelas que não reclamo de ficar só às vezes, porque toda vez que reflito sobre a vida e a morte, chego a um profundo entendimento da solidão, coisa esta que tenho medo como a maioria das pessoas, mas como sou de fácil integração a quase todos os meios, gosto de ser atuante, participativa no meio social e coletivo e tenho amigos de verdade e no mundo virtual, não considero estar só ou ficar só uma coisa tão horrível.

Prá dizer a verdade até gosto e acho que todo ser humano precisa ficar só consigo mesmo para poder curtir uma verdadeira libertação.

Hummmmmmmm! Tá ficando muito filosófico este papo! Deve ser efeito do clima, assim meio friozinho, chuvinha fina na vidraça e eu aqui destilando minhas abobrinhas. Nhé! Boa tarde!


(foto da Net)







3 comentários:

Fátima disse...

Oi minha queridinhaaaaaaaaaa!!!
Que chuvaaaaaaaaaaaaaaa!!! Fui com o papai e o Darinho ao Rio hj, devidamente besuntados de repelente e toma-lhe chuva. Voltamos para Petrópolis, lanchamos bolo de cenoura e lá fomos nós para a segunda parte dos afazeres de rua, chegamos ainda agora 8 e meia da noite. Jantamos e vim dar uma espiadinha na sua pracinha e li sobre a necessidade de ficar a sós de vez em quando. Acho muito necessário mesmo, se bem que agora, não posso nem pensar em pleitear um dia desses pra mim...rssssssss,mas tudo bem, uma hora a filharada vai e aí, imagino que tb terei desses dias, mas nem sei, se no meu caso curtirei, vc sabe como a casa aqui é movimentada, né?
De qualquer forma, acredito que o melhor é dançar conforme a música...tá agitado, APROVEITA...tá sossegado, APROVEITA TB! Sei que isso vc faz com maestria.
Mil beijinhos!!!

Tv for Blogs disse...

Lindo papo filosùofico, achei massa.Passei para conhecer o teu cantinho e gostei muito; Coragem e vamos em frente. Beijo. A.

Lilás disse...

Obrigada amigos pelos comentários. Valeu!