.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

quarta-feira, 5 de março de 2008

Pilates

Bom Dia, querido blog e amigos!

Quarta-feira não é muito prazeirosa porque tenho que acordar mais cedo, mas o dia está lindo, quente e tenho aula de Pilates o que é bem legal.

Não seria justo deixar a Viviane (fisioterapueta) me esperando e ficar aqui no meu quartinho escuro com arzinho gostoso. Então, parto pro ataque, lavando bem o rosto com água fria para acordar de vez, tomo meus remedinhos diários, aquele café da manhã, meio magro por causa da dieta e vou andando, pois a clínica é logo ali na esquina, pertinho do meu apartamento.

A aula das quartas, diferentemente das segundas, começa assim meio devagar, pois ainda estou sonolenta e a endorfina custa um pouco a ser liberada, mas em poucos minutos já estou fazendo as coisas direitinho e falando também, pois é meio impossível prá mim, pelo menos, ficar sem conversar. E depois, a professora também gosta e é um amorrrrrrrrrrrrrrrrrr!

O Pilates tem me ajudado em muito na postura, no conhecimento de como colocar meu corpo no prumo certo e o melhor é que conseguiu sumir com aquelas dorzinhas no nervo ciático que vez ou outra apareciam e me deixavam dolorida, porque o alongamento conserta esse tipo de problema físico.

Os aparelhos são meio estranhos para quem nunca viu, parecem aquelas salas de tortura, mas são excelentes porque não causam impacto nas articulações e o mais importante é que devem ser feitos bem devagar e prestando atenção à respiração.






Um comentário:

Viviane disse...

Adorei seus comentários sobre o Pilates e sobre mim. Como retribuição aproveito para te dar a boa notícia do mês: consegui horário mais tarde na quarta, mas só durante o mês de março.
Parabéns pelo blog e obrigada pelo carinho.
Um beijo grande,
Viviane