.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

domingo, 12 de julho de 2020

Às vezes é assim que eu sinto.


Quantas vezes um de nós já pensou assim: "me pego pensando se seria possível voltar para outras épocas, encontrar outros momentos do tempo em que eu pudesse ser mais feliz, me identificar mais." 

Como Adélia Prado, ultimamente isso tem sido um pensamento frequente, pois não tenho me encaixado bem em certas coisas que vejo e que parecem-me de cabeça pra baixo neste nosso mundo. Talvez nossos antepassados tiveram a mesma impressão que eu e você, ou isso é o que acontece quando envelhecemos e ficamos céticos diante de tudo!?



⚜——— ∆ ———⚜










8 comentários:

Roselia Bezerra disse...

Boa noite de domingo, querida amiga Beth!
A maturidade nos faz rechaçar o que não é bom para nós.
Há muita superficialidade no ar e nós rejeitamos por sabedoria.
Tenha uma nova semana abençoada!
Bjm carinhoso e fraterno

chica disse...

Beth, por vezes não sabemos se estamos mesmo vivendo ou não tais realidades vistas! Lindo post! beijos, tudo de bom e sigamos!! chica

Calu Barros disse...

Nossa, como me reflito nas palavras de Adélia. Sinto mesmo assim, mas, não esmoreço. Sigo na defesa dos bons valores, da decência e da ética.

Mensagens tão lindamente compostas, dão força ao conceito.

Bjos,Beth,
Carminha

pensandoemfamilia disse...

Beth penso que em todas as épocas este sentimento devem ter surgido. A vivência é subjetiva e a cultura (coletiva) traz diferentes repercussões e reflexões. Esta é a nossa viagem, que consigamos levar dela o melhor e deixarmos a nossa melhor. marca.bjs

Luiz Gomes disse...

Bom dia tudo bem? Sou brasileiro, carioca e procuro novos seguidores para o meu blog. E seguirei o seu com prazer. Novos amigos também são bem vindos, não importa a distância.

https://viagenspelobrasilerio.blogspot.com/?m=1

Rose disse...

Acredito, Beth, que a maturidade coloca as coisas em seus devidos lugares. E haja arrumação! Abraços!

Bill disse...

Oi Beth! Fico pensando nisso também.
Será que sempre será o momento estranho a quem chega? Tanta novidade? Ou realmente os valores se perderam. Acho que se perderam sim.
Boa reflexão.
Bom domingo aí!

pensandoemfamilia disse...

Voltei para lhe fazer um convite especial. 11 anos do pensandoemfamili. Clique no link abaixo

http://pensandoemfamilia.com.br/blog/roda-de-celebracao/
Se desejar convite a Silvia será um prazer ela estar conosco vibrando energias positivas para o universo.

Bjs