.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Geração Y - uma visão otimista de mundo. Será?!

(Reedição de post para ajudar a entender melhor as diversas gerações neste momento atual)
(Kirk Douglas With Sons Michael, Peter and Grandson Cameron)
Em conversa hoje com uma amiga, percebemos que não entendemos muito bem o que pensam e querem nossos filhos. Esta linda juventude que tem comportamentos, sentimentos, uma vida que, mesmo estando junto às nossas, em seus cotidianos e relações humanas e amorosas, nada têm de parecido com a nossa vivência passada onde uma jaqueta de couro e uma linda moto na estrada eram sinônimos de liberdade, de "é proibido proibir", de um tempo em que acreditávamos num final feliz para as utopias da vida.

Conclusão:  Eu sou uma Boomer, talvez você seja uma X e você aí um Y.

Não entendeu nada, né mesmo!  Mas se olhar o quadro abaixo entenderá:

VETERANOSBOOMERSGERAÇÃO XGERAÇÃO Y
Nascidos entre
1922 e 1945
Nascidos entre
1945 e 1965
Nascidos entre
1965 e 1977
Nascidos entre
1977 e 2000
Cresceram entre duas guerras mundiais e foram educados para a disciplina rígida e o respeito às hierarquias. O amor à pátria é um valor absoluto.Otimistas em relação a mudança do mundo político, viveram uma fase de engajamento contra ditaduras e poderes tiranos.Céticos e politicamente apáticos, refletem as frustrações da geração anterior e assumem a posição de expectadores da cena política.Otimistas
em relação ao futuro e comprometidos em mudar o mundo na esfera ecológica. Têm senso de justiça social e se engajam em voluntariados.
No trabalho, valorizam o comprometimento e a lealdade.Workaholics, valorizam o status e o crescimento profissional. São políticos, formam alianças para atingirem seus objetivos.Gostam da informalidade no trabalho e buscam o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal.São extremamente informais, agitados, ansiosos e impacientes e imediatistas. Acompanham a velocidade da internet.
Como consumidores, evitam parcelamento e privilegiam as compras à vista. Investem de forma conservadora, sem riscos.São responsáveis pelo estilo de vida que se tem hoje, de conquistas materiais, como casa, carro e acesso ao entretenimento.Sentem-se a vontade
com a tecnologia e já têm gosto pelo consumo de equipamentos eletrônicos.
Tecnologia e diversidade são coisas naturais na vida. Usam todos os recursos do celular e precisam estar conectados.
Como funcionários, sabem aguardar a hora certa para receberem a recompensa pelo trabalho.Funcionários fiéis às organizações em que trabalham, fazem vínculo com a empresa.Não se fidelizam às organizações, priorizam os interesses pessoais e não vêem com bons olhos um currículo de 20 anos numa mesma empresa.A falta de cerimônia com os pais leva à indiferença sobre autoridade. Admiram a competência real e não a hierarquia.
Acreditam na lógica e não na magia. Têm religião, mas sem superstição.Necessitam de justificativas profundas e estruturadas para tomar  decisões.Trabalham com entusiasmo quando possuem foco definido e têm necessidade defeedback.Vivem com sobrecarga de informações, dificultando a correlação de conteúdos.
(deste site aqui)


Geração Y, que é a de meu filho e de alguns que aqui frequentam, está a cada dia sendo mais presente, mostrando sua face a qual precisamos prestar mais atenção e dar créditos, pois sua irreverência tem transformado o cenário empresarial, mostrando que não têm medo de hierarquia e falam de igual para igual, na verdade o que importa é o talento e habilidades dos profissionais que trabalham para eles ou com eles.

Uma das coisas que sempre reclamei com meu marido é o excesso de doação que ele tem pela Empresa, o excesso de horas trabalhadas e o pouco tempo que dedica às atividades que lhe dão prazer ou para a vida de uma maneira geral.  Parece que o futuro desenha-se animador neste sentido, pois esta geração privilegia o tempo, sem fazer corpo mole, mas sobretudo a vivência e experiência das coisas boas da vida.

Dias atrás, num papo super legal com um jovem, geólogo,  inteligentíssimo por sinal e da Geração Y, descobri algumas nuances características desta geração e vim saber mais sobre estes que parecem ter nascido com um joystick no cérebro, vejam o que mais descobri:

1. Arrogância: matar os caras maus e salvar o mundo muitas horas por dia faz qualquer um se sentir um superherói acima da multidão.
2.Sociabilidade: quem disse que ficar na frente do computador é uma tarefa solitária? Para esta turma, ao contrário, o mundo é uma gigantesca rede de comunidades e, quanto mais você jogar, com certeza, vai acabar inserido em uma delas.
3.Coordenação: alguma dúvida de que, ao menos do ponto de vista de coordenação motora e da capacidade de reagir rapidamente aos estímulos visuais, esta geração dá um banho nas anteriores?
4.Flexibilidade: sempre existe mais de um jeito de ganhar um jogo, nas telas e na vida…
5.Competitividade: a vida é um jogo e todo mundo joga para ganhar. Sem falsas modéstias, por favor…
6.Insubordinação: logados durante horas num mundo sem figuras de autoridade, os gamers aceitam críticas apenas dos seus iguais, dos seus pares, afinal, gente de fora não entende sua língua mesmo…
Segundo os autores deste estudo, estas características vão influenciar muito as relações e o ambiente dos negócios daqui para frente. O que você pensa sobre tudo isso?


(Baseado neste site aqui)

Post escrito em 04/05/2010, se quiserem conferir comentários,cliquem aqui)





16 comentários:

✿ chica disse...

Adorei esse post e texto e as definições de cada fase...

Pelo gráfico sou BOOMERS,(nasci em 1948) mas tenho características de todos um pouco. Enfim: sou meio maluca mesmo,sr


Adorei tudo aqui e vamos esperar que os jovens saibam se posicionar e enfrentar cara a cara os problemas.

beijos,chica

pensandoemfamilia disse...

Muito boa esta análise. Mas tudo muda e portanto daqui a pouco outros estudos vão noes posicionar diante desta juventude que caminha no Y.
bjs

JAN disse...

Olá Beth!
Este post é um estudo sobre as razões das diferenças entre as gerações.
UUAAUU!!!!!

Abração
Jan

Priscila Ferreira disse...

Conheci as gerações quando estudei moda, é verdade muitas coisas, não são todos que seguem as regras,mas todos possuem um pouquinho! Sou da geração Y, que nem o Daniel!
beijos :)

Anne Lieri disse...

Que legal essa postagem!Eu tb sou Boomer...rss...gostei!Quanto a geração Y espero que sejam mesmo transformadores!bjs,

KINHA disse...

Olá Beth

Também sou uma Boomer.
Fiquei muito feliz com sua visita, obrigada.

AMIGA da MODA by Kinha

Yasmine Lemos disse...

Excelente post Beth, as gerações mudam ou se reciclam? O importante é que não param de pensar e querer transformação
Grande beijo

Teresinha disse...

Olá Beth,
Que interessante!
Mesmo sendo Boomer, acho que algumas características das demais são muito interessantes.
As mudanças são bem nítidas e os valores também.
Acho que a praticidade e o jeito mais bando de lidar com o dia a dia dessa nova geração, conflita com as demais que são mais rígidas e exigentes.
BEijos mil

ONG ALERTA disse...

Achei maravilhoso este gráfico, beijo Lisette.

Calu disse...

Menina,
que painel fantástico este para uma aula de sociologia aplicada.Super claro e interessante com referências e tudo mais.
Então sou BOOMERS,uma tribo idealista e sonhadora, ai, ai...embora, possa me encontrar salpicada em uma e outra características das demais listas.Ou seja: quem não é plural que atire a 1ª pedra, rsrsrsrs :))
Parabéns pelo post informativo e oportuno.
Bjkas sorridentes,
Calu

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Beth
Depois de ler tudo, chequei a conclusão que também sou um Boomer, tenho várias daquelas características.
Bfs
Bjux

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
Não sou veterana ainda... rs... mas não vejo como isso vaja acontecer e sim que já acontece há tempos...
Esse fatores que ressaltou no fim do post eu os conheço desde a juventude... se piorar, que será de nós???
Ótimo fim de semana!!!
Seja feliz e abençoada!!!
Bjm de paz e bem

luci disse...

Beth amiga adorei tudo parabéns e obrigado por compartilhar conosco essa maravilha beijos Luci

Bill de Oliveira disse...

Gostei de ler isto... não conhecia estas definições... interessante que são similares as definições de Guerreiros do Arco-Íris, Crianças Índigo e Cristal... Vejo um lado bom nestas gerações todas. O problema aqui é ver que no mundo dos games elas se alienam... podem não entender que a batalha é no Agora.

Bom te ler, neste domingo.

Bjs

Misturação - Ana Karla disse...

Eu, sendo da geração x, acho que as crianças e jovens de hoje, são cobrados demais, desde cedo e com isso estão pulando fases. Mas com o passar do tempo, tudo tem que ser atualizado.
Adorei o esquema.
Xeros

Toninho disse...

O BOOMERS aqui assina este quadro não conhecia menina.
Um abração,bom passar e atualizar por aqui.
Fica na paz.
Bjo