.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

E vou seguindo o conselho do poeta



-Pinterest-

Não aprofundes o teu tédio.
Não te entregues à mágoa vã.
O próprio tempo é o bom remédio:
bebe a delícia da manhã.

A névoa errante se enovela
na folhagem das araucárias.
Há um suave encanto nela
que enleia as almas solitárias. . .



As cousas têm aspectos mansos.

Um após outro, a bambolear,

passam, caminho d'água, os gansos.
Vão atentos, como a cismar. . . 

No verde, à beira das estradas,
maliciosas em tentação,
riem amoras orvalhadas.
Colhe-as: basta estender a mão.

Ah! Fosse tudo assim na vida!

Sus, não cedas à vã fraqueza.
Que adianta a queixa repetida?
Goza o painel da natureza.

Cria, e terás com que exaltar-te

no mais nobre e maior prazer.
A afeiçoar teu sonho de arte,
sentir-te-ás convalescer.

A arte é uma fada que transmuta

e transfigura o mau destino.
Prova. Olha. Toca. Cheira. Escuta.
Cada sentido é um dom divino.


-Manuel Bandeira- 





Ahhh este poema é tão lindo, adoro-o!  Ele complementa o meu último post sobre criar, inventar, reaproveitar e ficar feliz com o resultado.  Espero continuar com estas inspirações e fazer ou aprender coisas novas, mas por esta semana vou dar um pulinho logo ali e ver um pouco deste nosso Brasil, visitar amigos queridos e conhecer novas paragens.
Espero que você também 'beba a delícia de cada manhã' e viva a vida com felicidade no coração.  Volto rapidinho, tchau!




Poema de Manuel Bandeira À sombra das Araucárias.




22 comentários:

pensandoemfamilia disse...

Boa viagem e que as inspirações sejam suas companheiras.
bjs

Priscila Ferreira disse...

Estamos te esperando o/
Beijos

✿ chica disse...

Poema lindo e realmente inspirador! E tu tá passeadeira,heim?rs

Coisa boa! Aproveita bastante e depois nos conta tudo! beijos,chica

Ana Paula disse...

Certamente vou beber a manhã e não aprofundar o tédio!
Lindo este poema, não o conhecia.
Embriague teus olhos com novas paragens e até a volta com mais inspirações.
Bom dia!

Márcia Cobar disse...

Boa viagem, querida! Beba a delícia das manhãs nos lugares que visitar!
Adorei "as cousas tem aspectos mansos"...
E que foto linda... Deu vontade de enrolar um cobertor no corpo e caminhar pelas araucárias de manhazinha...
Bjim!

Heloísa disse...

Boa viagem, Beth.
Que você encontre muitas coisas lindas.
Beijo.

Léia Silva disse...

Querida Beth
Esse poema é mesmo lindo!
Inventar sempre!
Boa viagem.
Bjo grande
Léia

ONG ALERTA disse...

Sensacional e curte muito teu passeio, beijo Lisette.

Calu disse...

Coroamento perfeito pras inspirações que estão a mil.Eu obediente, beberei a luz e a delícia de cada manhã, vivendo com a felicidade por companhia, Betinha.
Passeia bastante, viu?
Bjkas, amiga,
Calu

ML disse...

Valeu, Beth!
Boa viagem, Querida!

bjnhsssssssssss

Georgia Aegerter disse...

Beth, lindo o poema.

Volte logo...

Bjos

Elisa Zambenedetti disse...

Você foi beber numa fonte altamente inspiradora, Beth.
Gostei!
Beijos.

R. R. Barcellos disse...

Na taça da araucária
Bebe-se o vinho da vida
Que na estação vindimária
Por Gaia nos é servida.


Haverá, talvez, árvores mais majestosas, mas nenhuma tão bela e altiva.

Beijos.

Regina Rozenbaum disse...

Belíssimo! Aproveita muito e 04 Vs procê...vai, volta, voando, viu Beth? Estaremos aqui te aguardando!
Beijuuss

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

aeeeeeee Mãe Gaia! é isso aí!!! a viagem vai ser ótima, tão bom visitar lugares especiais e encontrar gente idem!

curte mto a viagem, querida mãe Gaia. mtas felicidades!!!

Nina disse...

Gente, que poema maravilhoso, como conseguem esses poetas, heim? que coisa intrigante.

Boa viagem querida, divirta-se e traga fotos :-)

Yasmine Lemos disse...

Volte logo!beijos

chinanaminhavida.com disse...

Oi... lindo seu cantinho azul... amo essa cor. rs
E agora com o fuso quase ajeitado vou tentando colocar a vida nos eixos. Obrigada pela sua visita e virei aqui mais vezes.
Beijo

Palavras Vagabundas disse...

Aproveite o passeio, pois devemos "beer a delícia de cada manhã" sempre!
bjs
Jussara

Luma Rosa disse...

Lindo esse poema de Manuel Bandeira. Obrigada por partilhá-lo conosco.
Bom descanso! Beijus,

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Beth
A positividade é um grande Dom... que Ele nunca no-la tire!!!
Bjm de paz e orante

Toninho disse...

Que lindo mergulho no Bandeira!
É muito inspiradora esta dele, a gente chega a criar as imagens e sentir o orvalho.
Lindo demais inspirada Beth.
Meu abraço com carinho e admiração amiga.
Bjo