.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Cuidado com o que deseja, você pode conseguir!


-T.Yamashita-


Eu não sou nem um pouco supersticiosa. Se um gato preto atravessar a minha frente, não tô nem aí, nem ligo se passar debaixo de uma escada ou se o dia é uma sexta-feira 13, pois para mim essas coisas são folclore mesmo e nem me abalam.

Na semana passada sonhei que tinha um gato e que estava toda feliz com o novo amiguinho da casa.  Cheguei a contar pro marido que não me deu força, porque ele diz não gostar de gatos, só de cães.  Depois contei o sonho para uma grande amiga que possui muitos gatos em sua casa e admira muito a inteligência e astúcia desses animaizinhos domésticos.
No entanto, ela não me incentivou a ter um gato no apartamento, só se eu colocasse telas nas varandas e isso é completamente fora de questão aqui em casa, afinal já não temos crianças no dia a dia e telas dão ainda mais impressão de estarmos engaiolados.  Sem as telas, os felinos costumam sofrer acidentes terríveis, levando-os inclusive à mortes inesperadas e dolorosas para os donos, já que o gato, curioso como ele só, vai sempre  atrás daquilo que move. E se ele vê uma borboleta, por exemplo, pode correr atrás dela e jogar-se do 13o. andar como é o caso por aqui.

Fiquei desolada, mas aceitei o fato como encerrado, pois não ia querer ver um bichinho estatelado lá em baixo no prédio.

Neste final de semana, estava em minha casa lá na serra e abri o portão para tirar o carro.  Uma vizinha que não via há tempos, aproximou-se do portão e fiquei lá conversando com ela, matando as saudades.  O portão completamente escancarado.  De repente, desceu a rua correndo como um raio, e entrou no meu jardim, bem à nossa frente, um gatinho igualzinho a este aí em cima.
Meus olhos foram atrás do bichano e falei para minha amiga que aquilo era pra lá de estranho, porque eu sonhei com um gatinho e estava louca para ter um assim, pequenino ainda, por volta  de uns dois meses, e ele entra assim na minha casa e na minha vida, como se fosse um presente que eu pedi ao universo que me atendeu imediatamente.
Chamei com as mãos o bichinho e ele veio ao meu encontro, roçando nas minhas pernas e encostando a cabecinha nas minhas mãos, como se me acariciasse e dissesse - estou aqui, cheguei!

Fechei o portão correndo e levei-o para a garagem.  Coloquei um pouco de leite num potinho e dei a ele que tomou sofregamente, parecia bem faminto, o que denotava claramente que não comia por algum tempo e estava bem magrinho.
Isso só me fez constatar que não tinha dono também, talvez um filhote de gata de rua, ou seja, um vira-latinha pedindo para ter dono.  E eu, claro, já era sua dona desde aquele instante.

Para encerrar, digo-lhes que o marido, mesmo dizendo que não queria saber do bicho, saiu e comprou argila para a caixinha de asseio, ração Cat Show, remédio para pulgas e ainda verificou o sexo do bichinho, que é menina.  
Sim, minha menina felina, passou a chamar-se Cici, apelido para Aparecida, já que apareceu assim, de repente e tão maravilhosamente em minha vida. Ela corre em minha direção quando me vê e quando a acaricio, faz um barulhinho engraçado e que descobri agora que é o famoso ronron de gratidão.

Tô feliz e Cici também, afinal está morando na área de lazer da casa e tem um jardim florido para descobrir todos os dias.



O ronron do gatinho
O gato é uma maquininha 
que a natureza inventou; 
tem pêlo, bigode, unhas 
e dentro tem um motor.

Mas um motor diferente 
desses que tem nos bonecos 
porque o motor do gato 
não é um motor elétrico.


É um motor afetivo 
que bate em seu coração 
por isso faz ronron 
para mostrar gratidão.


No passado se dizia 
que esse ronron tão doce 
era causa de alergia 
pra quem sofria de tosse.


Tudo bobagem, despeito, 
calúnias contra o bichinho: 
esse ronron em seu peito 
não é doença - é carinho.

                                               

 Ferreira Gullar






31 comentários:

Meri Pellens disse...

Que lindo!
A minha Lizze desde o primeiro dia já fez suas necessidades na caixinha de areia. É uma brincalhona que só vendo. Muito carinhosa e esperta. Colocamos telas nas janelas e só sai na colerinha, pois os vizinhos são cruéis. Perdi a conta dos gatos que tive que morreram envenenados.
Pretendemos castrá-la assim que for possível, além de evitar ninhadas os gatos castrados vivem mais.
Felicidades aí com a Cici, viu?
Beijinhos e muita paz!

Toninhobira disse...

Linda ação amiga, nada tenho contra os felinos e vendo seu amor/sonho inspirou-me um haikai,para voces.

Linda felina.
Surgiu como um raio_
Amada Cici.

Penso que os gatos nos passam uma certa paz.
Meu abraço de paz e linda semana.
Bju.

✿ chica disse...

Que legal e parabéns pela nova "filha".

Cici teve sorte na vida!!Coisa boa! beijos,boa sorte!chica

Calu disse...

Viu só, pediu e foi atendida(rsrsrsrs), ainda bem, Betinha.
Esta é uma das melhores comprovações do título acima!Quando estamos cheios de amor o Universo conspira a nosso favor ou foi ao de Cici?Com certeza , foi pelas duas: mamãe e gatinha, ambas amorosas e felizes com a nova etapa da vida.
Bjos e ronrons p/ vcs, tá?
Calu

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Beth, que bonitinho. Bem de acordo com o título da postagem. Gostei da explicação do "ronron". Vivendo e aprendendo.
Beijo no seu coração.
Manoel.

Maria Célia disse...

Oi Bety
Tenho muito medo de desejar certas coisas e conseguir, é um perigo.
Este gatinho aí é muito fofo, mas não quero animais domésticos.
Bjo

Lucia Maria disse...

Cade a foto??? Eu amo animais, mas apesar de preferir cachorros, gatinhos sao muito doces tb! Que bom que voce a acolheu e que presente mais gostoso de Natal que deu a si mesma!

Desejar e visualizar na minha opiniao eh uma maneira mais certa de atrair ate voce as coisas que quer. Fuciona sempre muito bem comigo e eh a unica coisa na qual acredito hoje em dia.

bjos

Lúcia Soares disse...

Isso é que é a força do pensamento, né? rsrs
Mas você está precisando se distrair, ter um mimo só para você, embora daqui uns tempos os dois senhorzinhos da casa estarão apaixonados pela Cici, vai ver!
Depois mostra a verdadeira Cici, tá? O gatinho da foto é de minha cor preferida. Amarronzado, meio ruivinho, muitas nuances de cores.
Beijo!

Bia Jubiart disse...

Que encontro! Marcado antecipadamente. Aqui em casa maridão não gostava de cachorros, temos um casal, se apegou tanto que chama de filhinhos...

Beth! A gatinha tem boa luz, se presenteou também encontrando vcs!

Beijosssssssss

Beth/Lilás disse...

Queridaaaaaaaaaaas!

Pode deixar que na próxima semana farei fotos da minha Cici, pois achei que ela estava magrinha para uma sessão de fotos.
Vou providenciar, ok.
E saibam que ela já vai na caixinha e faz tudo no devido lugar.
Uma princesa minha gatinha! hehe
Mas, esta da foto é igualzinha a ela, assim tigrada e de olhinhos cinza.
beijos a todos

======================================================================

Menina no Sotão disse...

Pronto, a boba aqui está com os olhos mareados. Lindo, lindo, lindo. Que vocês sejam muito felizes juntos. Eu tenho um cão (vc sabe) e ele foi um presente que surgiu pra mim há oito anos. No meio de uma ninhada de boxers, lá estava ele a me olhar, se aproximou e só faltou dizer "sou eu". Quer dizer, ele disse ao se esfregar na minha perna, morder o meu dedo com seus dentinhos pontiagudos nascendo ainda.
Nossa, que delícia, ele era uma bolinha de pelo. E somos muito felizes na companhia um do outro.

bacio

Ps. Desculpe a ausência (eu já me desculpei antes?) Não sei, mas é que dezembro me tira do meu eixo natural. rs

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

que fantástico Beth, essa gata tinha que ser sua, vc até sonhou com ela! ela vai te trazer muita sorte, muito amor e coisas boas.

é isso ai!
bom dia querida mãe gaia

pensandoemfamilia disse...

Oi Beth

Sempre gostei de animais e os tive na infância e na vida adulta, enquanto morei em casa. Para mim não considero que nós humanos sacrifiquemos os bichos enclausurando-os num apartamento e vestindo e tratando como crianças. Eles podem ser excelentes fonte de afeto, mas precisam de liberdade. Sei que vc vai priorizar estas questões.
bjs

Ana disse...

Que alegria!!
Adorei!!

Inaie disse...

A cici e uma sortuda. benvinda a menininha...

LILIANE disse...

Beth
aconteceu algo incrível.
Neste momento estava na pia
lavando louça e pensei tanto em ti
vim ver um email e vi você,
não acreditei.
Quando vi tua foto, no perfil senti uma emoção tão diferente, tão boa.
Alguma coisa na tua feição falou literalmente comigo.
Acredita?
Menina, uma espécie de paz...
Tô arrepiada aqui
e lendo a historia da Cici e o título do seu texto fui pensando que você chegou na minha vida feito este gatinho.
com um jeito tão próprio, tão carinhoso, meigo.
Puxa Beth, que bom que encontrei você.
Eu nem sabia que eu gostava tannnnnnnnnto assim de você e que você me fazia tão bem.
rs
Obrigada.
De coração.
Deixa um abraço na Cici... hehe
adorei o nome.
beijos de Minas.

Camille disse...

Que fofo, esse gatinho era para ser teu. Adorei a historia, de final feliz!!! Super beijos,
Cam

Elisa T. Campos disse...

Sonho felino
Cici tem nova mãezinha
a Beth/Lilás

Beth
Estou muito atarefada e atrasada nas visitas aos meus amigos blogueiros.Mas,não poderia deixar de vir aqui para ver sua linda gatinha
que apareceu na sua vida quase como a minha gata Gigi que encontramos em baixo de um carro em frente de casa com mais ou menos um mês de vida.
Gatos só nos trazem alegria e pedem muito carinho.
A minha é cheia de dengos.Não come ração sobrada de outro dia e nos dias frios só quer colinho principalmente do meu marido que também não gostava de gatos.

Beijos

Regina Rozenbaum disse...

Tô com o maridão: gosto de cães e deixo os gatos à distância (menos os de duas "patas"rs) mas se chegou dessa maneira era prá ficar!
Beijuuss, amada, n.a.

Valéria disse...

Oi Beth!
Menina, a ntureza conspirou a seu favor!rssss que sorte tem a Cici, encontrar uma alma aberta aos novos encontros e sentimentos.rsss
Beijinhos e tudo de bom com a nova vidinha!rss

Kinha disse...

Muito linda sua gatinha. Adorei seu blog e o modo como você escreve. Já estou te seguindo.

ELAINE disse...

Adorei teu blog e já tô te seguindo, depois dou um pulinho no outro, rsrsrs, Amo gatos! Tenho 3 fofurinhas brancas amadinhas! Vem me conhecer também! Bjão!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot

Macá disse...

Beth
Está vendo, de agora em diante é só pedir com fé mesmo.... que as coisas vão acontecer.
Adorei a história, gente, até arrepiou.
A Ceci estava procurando um lar e você sonhou pra ir se acostumando com a ideia.
O único problema é quando vocês viajarem; mas por enquanto tem seu filho aí né?
Parabéns.
beijos

Márcia Cobar disse...

Beth, tá vendo? As manifestações da mente são menos fantasiosas que imaginamos! Fico feliz que a Cici encontrou um novo lar, espero que ela traga tantas alegrias a você quanto você a ela! Quando for possível, tire uma foto dela ao lado de uma flor! Acho que vai ficar muito mimosa!
Bjim e felicidades!
Márcia

Nina disse...

Mas que coisa mais linda isso Beth. Ela era pra ser tua, mesmo, né? Gente, veio através de sonho e se materializou assim de repente. E ainda conquistou o maridao! Ohhh menina, que coisa fofa deve ser a Cici. E acho tbm bacana tu ter notado logo que ela era pra ser tua.
Acho o lugar ótimo onde agora ela está, o que mais um gatinho quer do que um bom jardim pra descobrir tudo a sua volta e se sentir livre,e mais uns bocadinhos de amor e racao??!

Eu nao gostava de gato antigamente, hj curto demais, gracas a um que me conquistou vindo de mansinho, lá numa certa floresta no meio do rio Amazonas. Ele se chamava Onca, tbm ouvi mt seu ronronado e fiquei com saudade qtd tivemos que ir embora...

Bjs pra vcs três :-)

Liz - Como as Cerejas da Minha Janela... disse...

Minha nossa, Beteh...o que dizer desse momento tão emocionante...ai, que lindo lindo lindo ler este texto...

Meus olhos estão cheios de água, estou muito mesmo emocionada...

Dizer que... Deus te abençoe...uma grande luz entrou na sua vida... voce é um ser humano merecedor, que realmente está numa busca profunda e sincera por mudanças em sua vida...e quando há algo que desejamos profundamente na nossa alma, nós, onde quer que estejamos, erguemos as mãos e a alcançamos, naturalmente, agora sem mais nenhum esforço...é assim que será...continue a sua caminhada...voce achou profundamente o seu caminho...o caminho da sua alma...do seu coração...da sua essência...é isto que o Universo veio lhe dizer...através da linda Cici...

Um beijo grande no seu coração...

Palavras Vagabundas disse...

Beth, tem coisas que são mesmo inexplicáveis...
bjs
Jussara

Pitanga Doce disse...

Querida Beth, este teu texto, que é mais uma "história de amor", era tudo o que precisava para começar o meu dia. Você está numa fase iluminada, em que as coisas boas "te perseguem". Hoje tenho trabalho na Casa que vai me tomar o dia todo. Quando voltar mando-te um mail a explicar minha ausência por aqui e por ali.

Beijos e um bom dia pra você.

PS: Do lado de cá da poça, tempo ainda nublado.

Celina Dutra disse...

Beth, carioca, querida,

Que encanto de amor! Cici foi sonhada, foi desejada e chegou pra lhe trazer ainda mais amor pra sua vida. A eu acredito na realização dos nossos desejos. Precismos ter cuidado com o que desejamos. Girassóis nos seus dias. Beijos.

Wilqui Dias disse...

que lindo,parece historia de Natal, ´´tipo conto Natalino´´.
olha foi um presente, essa gatinha vai lhe trazer muiiitas alegrias, afagos, e muitas risadas pois eles sao bem palacinhos..eu curto gatos, mas sou alergica, teimo em tocar fico cheia de manchas vermelhas e coceirentas, minha vizinha tem dois LINNNNNDOS e se cham sacha e o outro bili, semana passad aela me chamou pra ver um filme na casa dela, ok eu fui...o mais gordo o Sacha pulou em mim eu nao resisti fiquei com ele no colo, afaguei brinquei...
agora adivinha?
estou cheiiiiiiiiiiiiiiiiiia de coceiras e machas que parecem sarnas, passando pomada e dormindo muito mal me consando toda, rsss
é uma pena, gato nunca vou poder, infelizmente. bjs

ML disse...

Eba! Hello pra Cici e muitos bjnhs pra ela: "quando um certo alguem cruzou o teu caminho, se mudou a direção... quando um certo alguem desperta um sentimento é melhor não resistir e se entregar...!
Meow, Miau, hauhau!

Sorte a dela, a sua e de sua família, Beth! Presentaço de 2011, né não? Teu maridex é tudo de bão! Não fosse, não combinaria com você!

bjnhssssssssssssssssssss pra família que cresceu.