.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

E o meu olhar é para o belo que existe na vida



O Olhar

Georgia O'Keeffe foi uma pintora norte-americana.  Seus quadros são assombrosos!  Porque seus olhos são assombrosos!  "Ninguém vê uma flor realmente", ela observou certa vez.  "A flor é tão pequena...  Não temos tempo e o ato de ver exige tempo, da mesma forma como ter um amigo exige tempo.  "O ver, como fenômeno físico, acontece instantaneamente.  Basta abrir os olhos ... A luz toca a retina e a imagem se forma nalgum lugar do cérebro.  Igual ao que acontece com a máquina fotográfica.  Mas há um outro ver que não é coisa dos olhos.
Como quando se contempla uma criança adormecida.  A visão de uma criança adormecida nos acalma.  Faz-nos meditar.  O olhar se detém.  Acaricia vagarosamente.  O olhar se torna, então, uma experiência poética de felicidade.  Sentimos que a criança que vemos dormindo no berço dorme também na nossa alma.  E a alma fica tranquila, como a criança.  É por isso que, mesmo depois de apagada a luz, ida a imagem física, vai conosco a imagem poética como uma experiência de ternura.
-Rubem Alves-






28 comentários:

Mery disse...

Oi...
"O olhar exige tempo ou o *ver...exige tempo;*
andamos tão apressados que não paramos pra ver o *belo...
Beleza de imagem e texto¨¨, ¨
admiro um quadro, uma pintura*, é algo que pode fazer toda diferença na sala* da nossa casa, lembro-me de um quadro que minha mãe tinha na parede, eram "as águas de uma cachoeira, parecia real* ...lindo! Me passava uma sensação de paz*...
É isso, adoro recordar e esse post me fez voltar a atenção para o "olhar"...*
Bjinhos da Mery*
òtimo fim de semana

Celina Dutra disse...

Beth carioca querida,

Gosto de prender meu olhar no belo da vida, mas às vezes há o feio que também segura esse olhar: a fome, a guerra, o ódio entre gente, a cobiça... mas o que vejo de feio só torna maior a beleza do belo que vejo.
Rubem Alves é sábio:
"A visão de uma criança adormecida nos acalma. Faz-nos meditar. O olhar se detém. Acaricia vagarosamente. O olhar se torna, então, uma experiência poética de felicidade. Sentimos que a criança que vemos dormindo no berço dorme também na nossa alma. E a alma fica tranquila, como a criança. É por isso que, mesmo depois de apagada a luz, ida a imagem física, vai conosco a imagem poética como uma experiência de ternura."
Tenho a mesma esperança que você em relação ao tio do Alexandre. Continuo enviando mensagens de energia positiva para que ele esteja bem e sua recuperação seja rápida. Quando agradeci no final do meu post de hoje, incluí o agradecimento pelo sucesso da cirurgia e por sua pronta recuperação. Também incluí a Glorinha. Excelente final de semana. Girassóis belos nos seus dias. Beijos

Beth/Lilás disse...

Celina queridona!
Tens toda razão, pois o que não é belo, como a fome e miséria, também prende nosso olhar e nos faz refletir sobre o tanto de 'belo' que temos e não damos valor.
Muito bem colocada suas palavras, obrigada pela participação e adendo.
beijos cariocas

======================================================================

Lúcia Soares disse...

Lindo texto e as imagens são de entontecer. Só um olhar apurado para perceber a beleza que há nas sacadas. Lindo demais!
Devemos sempre enfatizar o beom, o belo. De mau e feio já estamos cheios, embora não possamos ignorar.
O que vale é ver com os olhos da alma.
Beijo!

Pitanga Doce disse...

Ai Beth! Voltaste tão, tão...AZUUL! Esta viagem te fez muito bem! hehe

Beijos e bem vinda. Já seguiu mail.

Márcia Cobar disse...

Lindíssimo Bethinha! Quanta delicadeza...Um olhar que busca beleza se surpreende muito...
Beijos querida!
Marcia

Georgia disse...

Beth querida, tudo bem?

Que beleza este texto e esta imagem. Lindo este azul dos vasos e das flores. Seriam hortensias azuis? Adoro azul.

Ver o mundo através do nosso olhar. Muitas vezes enganador, muitas das vezes sonhador. Hoje em dia vemos muitas coisas tristes. Jovens se perdendo nas drogas, nas bebidas, nos vicios. Familias se desmoronando.
Acredito que o nosso olhar tem se esforcado para vermos as coisas belas que existe ainda na vida.

Bjao querida e um lindo fim de semana pra vcs.

Ah! Faca sim a Paella. Em uma hora tudo estará pronto. Siga os passos e dará tudo certo. Depois que vc colocar o arroz nao pode mais mexer. Tem que ser em fogo brando e de vez em quando dando uma sacodida na panela. Faca e depois me conte.

Bjao

Cacá - José Cláudio disse...

Oi, Beth! Que pensamento mais fecundo! Olhar e enxergar são sentidos distintos , realmente. O artista, os comtempladores, os poetas, enfim os mais sensíveis e especiais seres humanos põem olhos e reproduzem cenas que a maioria dos olhos não consegue ver. Meu abraço. paz e bem.

✿ chica disse...

Lindo esse texto do Rubens Alves. É mesmo que não podemos deixar de perceber tantas coisas lindas que passam pelos nossos olhos...Não perder oportunidades! beijos,tudo de bom,chica

Luciana disse...

Beth, que varanda linda, que post inspirador. Eu amo apreciar as flores, quando elas aparecem aqui, e realmente é um outro mundo que nem sempre conseguimos ver a olho nu em detalhes, por isso amo fotografar flores, e fotografo de perto, assim vejo com a câmera o que não consigo ver naturalmente.
Olha, não é que eu não consiga abrir seu blog, ele abre, mas nem sempre ele corre a página e nem sempre eu consigo ler o post inteiro por causa disso, mas leio uns pedacos, e pra comentar nem sempre consigo acertar o clique no local porque a página danca, kkkkk Mas agora eu acumulo uns posts e venho tentar, porque se não leio o de cima ai leio o seguinte.


Beijo

Taia Assunção disse...

Quero uma sacada dessa para mim :-D nada como olhar a vida com olhos de 'assombro' e felicidade. Seja bem vinda. Beijocas!

pensandoemfamilia disse...

Oi Beth querida
Bom t~e-la de nova com seus posts delicados, profundos e reflexivos.
Tenho novidades, vá conferir, sei que estará na torcida comigo para que tudo saia a contento.
bjs

Valéria disse...

Oi Beth!
Que bom que voltou!
Nem sempre vemos quando olhamos, existe diferença entre os dois. O ver requer sensibilidade, um sentido mais apurado.Lindas imagens, podemos captar a pureza...
Beijinhos e um lindo fds!

Liz - Como as Cerejas da Minha Janela... disse...

Beteh, voce é uma figurinha de gibi! achou um jeitinho!!! fiquei feliz!!!

Nossa, que lindas fotos! amei! adoro janelas e varandas, e com flores então...

Já estava com saudades do Rubem...lindo texto.
Voce faz muita falta na blogosfera, coma sua atmosfera doce, sensível e inteligente. Que bom vê-la de volta!!! estava com muitas saudades...
Beijos com carinho e aroma de flores azuis...serão hortências? que lindas...

Beth/Lilás disse...

Liz, querida!
Viste! Esta é minha forma de poetar, através das imagens que capto pela vida e pelas viagens que faço.
Eu acho que são miosótis azuis, coisa mais linda, né mesmo?
Não dá para não dividir com vocês tanta beleza!
beijinhos e abraços cariocas

======================================================================

She disse...

Que barato, amei! E que imagem linda! Amei o post! Beijo, beijoooo
She

Heloísa disse...

Beth,
Que fotos lindas!
Seu olhar é apuradíssimo, e deve ter visto coisas lindas nas suas férias.
Beijo.

Cucchiaio pieno disse...

Minha querida
Nada melhor que uma bela viagem para recarregar as baterias. Essa foto é estupenda e realmente acalma!
Fiquei chocada com o problema da nossa amiga, mas estou com meu pensamento firme, orando muito e emanando muita energia de cura para ela!
Tirei férias do blog, pois não estava conseguindo conciliar meus estudos com post, comentários... mas semana que vem retornarei, pois meu bloguito fará 3 aninhos!
Bjo grande
Léia

Calu disse...

Betinha,
quando o Rubem vir os lindos painéis que vc conjuga aos textos dele, te contratará como ilustradora oficial.
As ramas azuis se espalharam nas imagens vistas e faladas ternecendo todos os recantos da alma leitora, embevecida com tamanha doçura de flores, fotos, olhares e letras.
Que bom tê-la de volta amiga querida!
Bjkas mil,
Calu

Bia Jubiart disse...

É muito bom ver através do seu olhar sensível!

Beth, estou com um projeto de criar um espaço de contemplação frente á Jubiart, o olhar vai cair no rio Tocantins, as águas trás uma paz... Espero vc um dia vir aqui contemplar... Com o seu olhar especial!

já aguardando as novidades e as imagens que só vc sabe registrar, das relax férias...

Beijão e um excelente fds!

Camille disse...

O olhar é o balizador do mundo.
Lindas flores, como é lindo seu blog!
Que bom que voce foi para a Espanha. Tb gosto de viajar e ficar num só pais, conhecendo.
Beijos e o carinho da
Cam

Bombom disse...

Viva, Beth! Então A Viagem como foi?
Espero ansiosamente por novidades.
Saber olhar é uma virtude reservada a pessoas de alma sensível. Será que a Varanda dos Vasos Azuis é espanhola e veio contigo nestas férias?
Obrigada pela tua visitinha ao Meu Estaminé e pelas notícias. Bjs. Bombom

Toninhobira disse...

Por isso que gosto de ver ficar admirando gato,pois sinto que eles com movimentos leves e amortecidos nos passa uma paz fantastica.Sempre bom o Rubem.
Seja bem vinda amiga com todo este olhar profundo.
Um abraço terno.
Bom fim de semana e vamos à obra,rsrs.
Bju.

Maria Célia disse...

Oi Beth, tudo bem?
Senti sua falta. Tenho certeza que sua viagem foi ótima, você viu coisas belas, pôde apreciar outra cultura, um modo de vida diferente do nosso.
Estas imagens são belíssimas, estou encantada.
Seja muito bem-vinda e obrigada pelo comentário carinhoso deixado no bloguito.
Beijo e boa noite.

Menina no Sotão disse...

Eu não sei, acho que algumas pessoas são mais atentas que as outras, enquanto outras são desatentas por natureza. rs

bacio

Ps. Seja bem vinda de volta.

Wilma disse...

Que Linda essa sacada!! fico imaginando que quem as colocou deve ser alguém especial por nos dá o prazer de poder admirar essa fofice, eu amo olhar janelas e sacadas e portas lindas como essa e hoje eu quando posso também clico,hahaha

William Garibaldi disse...

Não pude deixar de comentar aqui,
pela beleza e imagem poétia que vai ficar sempre em mim.
Como aprendo vindo aqui Beth... lhe agradeço.

Lindas estas fotos e que verdadeiro texto de Ruben Alves ( amo! )

Bjus de Luz!

William Garibaldi disse...

Tem uma editada na primeira foto? eu vi... eu acho que vi! rssss