.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

terça-feira, 10 de maio de 2011

Minha coleguinha de musculação

Os tempos mudaram e muito.  As mulheres então, nem se fala!  Mas, existem mulheres que ultrapassaram o limite do tempo com bom humor, graça e vontade de viver.

Dona Dina é um exemplo vivo disso e do alto de seus 90 anos, bem vividos, sorri alegremente encarando a lente sem subterfúgios, toda pimpona, pedalando ou exercitando-se no aparelho de musculação para pernas e glúteos.


Perceberam?  Eu disse Noventa Anos e isso é coisa pra caramba, será que chegaremos lá assim?

Ela começou seus exercícios na semana passada e chega sempre acompanhada de uma moça grande e fortona, de braço dado com ela e o outro apoiado numa bengala toda equipada, tem até amortecedor na ponta.
Chegamos juntas à porta do Estúdio onde faço minha musculação semanal e não podia supor que aquela senhora de cabelos brancos e de bengala fosse subir os 14 degraus que levam até ao andar superior para fazer ginástica.

Subi na frente, pois a sua acompanhante disse-me que subiriam sim, mas que eu fosse antes, pois elas iriam mais devagarzinho.

Dona Dina é uma simpatia e irradia vitalidade.  Faz alguns exercícios que seu médico sugeriu, sempre acompanhada do Personal Trainer que a atende carinhosamente, respeitando suas limitações físicas e com orientação especializada. 

Quem vê não imagina o que esta mulher já passou em sua extensa vida, inclusive ficar em coma por mais de 20 dias. Conta esta e outras estórias suas com muito bom humor, demonstrando que ainda tem uma memória invejável para a idade.
Disse-nos que neste período do coma, ouvia tudo à sua volta, mas não se comunicava com ninguém. Então, um dia, o médico falou à sua filha que ela não teria mais chances e que seria bom que eles providenciassem seu enterro.  A filha comentou então sobre que roupa iriam vesti-la e foi aí que ela, talvez num lampejo de vaidade enraizada, falou em voz alta: "Não, este vestido, não!  Quero o verde."
E assim voltou do coma, espantando o médico e os filhos.

Dona Dina segue sua trajetória com o conhecimento adquirido através das experiências ao longo de toda uma vida. Sua capacidade para interagir, mesmo que lentamente na codificação dos assuntos, fazem com que ela mantenha-se integrada à sociedade e a nós, colegas de turno neste Estúdio de Musculação.

Esta integração é de suma importância para ela, uma vez que um de seus maiores prazeres consiste em relatar fatos acontecidos em sua vida e perceber que as pessoas que a cercam dão-lhe a atenção devida.

Percebo que sua chegada trouxe uma injeção de ânimo para mim e outras colegas mais novas que frequentam o mesmo horário de Dona Dina.  


"Tenha sempre presente que a pele se enruga, o cabelo embranquece, os dias convertem-se em anos...
 Mas o que é importante não muda... a tua força e convicção não têm idade.
 O teu espírito é como qualquer teia de aranha.
Atrás de cada linha de chegada, há uma de partida.
Atrás de cada conquista, vem um novo desafio.
 Enquanto estiver viva, sinta-se viva.
Se sentir saudades do que fazia, volte a fazê-lo.
Não viva de fotografias amareladas...
Continue, quando todos esperam que desista.
Não deixe que enferruje o ferro que existe em você.
 Faça com que, em vez de pena, tenham respeito por você.
 Quando não conseguir correr através dos anos, trote.
Quando não conseguir trotar, caminhe.
 Quando não conseguir caminhar, use uma bengala.
 Mas nunca se detenha".


(Madre Teresa de Calcutá)

31 comentários:

Glorinha L de Lion disse...

Xiii, vou ser substituída pela Dona Dina! Perdi a amiga....kkkk que velhinha safadinha...que serelepe. Que tenha ainda muitos anos de vida, lúcida desse jeito...adorei essa estória e essa sua nova amiga, beijos,

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

que graça a Dona Dina! e ela tá certa!

talvez pelo fato dela ter sofrido mto com a saúde ela entenda o valor da mesma, né. e dá exemplo, cuidando bem de si, lúcida e ativa.

eu conheço alguns centenários aqui...e eles cuidam das hortinhas, passeiam, caminham, conversam de tudo. eles falam que a idade é apenas um número, pq a idade verdadeira está na mente... e eles estão certos.

adorei a linda Dona Dina! bom dia!

✿ chica disse...

Maravilha!!! Dona Dina é um exemplo. Eu aos 62 tô na lona,srrs beijos e adorei ver. beijos às duas,chica

Bia Jubiart disse...

Bom dia Beth!

Estou me preparando para chegar lá...
DNA ajuda, mas se nós se prevenir através de hábitos saudáveis é melhor.

Parabéns p/ sua amiga Dina!

Uma boa terça p/ vcs.

Beijosssssssss

William Garibaldi disse...

Genteeee! Que maravilha essa mulher! Dá um BEIJÃO na Dona Dina, sua colega, ai por mim!...

Que texto, este de Madre Tereza né?! Uma sábia!

............................
Beth!!! "To parecendo o Lula"
foi ÓTIMO!!! KKKKKKKKKKKKK
Eu concordo com todas as suas palavras! SEMPRE! Vc é A cara!
Uma sábia!

Bjão!

^.^
PS: Que beleza a postagem com o texto do Voltere! Verdade Pura!

just jane disse...

That is beautiful. I am inspired, today by this post. I thank you. Peace.

Lu Souza Brito disse...

Beth,

90 anos? Invejável mesmo. Que disposição! Mas sabe que é isso mesmo, pessoa ativa, que exewrcita, vê e conversa com pessoas de idades variadas conseguem ir mais longe. Claro que nter recursos para cuidar da saude é algo que ajuda bastante.
Mas tem gente, que além de tudo que a medicina e a vida moderna oferece, tem algo mais. Uma vontade de viver,um brilho no olhar, de não parar, de nao ser esquecida na cadeira de balanço assistindo tv. Parece-me que Dona Dina é uma delas!
Beijos

pensandoemfamilia disse...

Que delicia de post. Acho que mostrar, enfatizar o envelhecimento saudável, com garra pela vida nos motiva aos bons hábitos.
bom dia.
bjs

Uma Mae das Arabias!!! disse...

Ai que lindinha!!!

Amei essa sua amiga!!!

Sabia que tenho varias delas aqui no predio, amoooooo...tanta coisa boa pra falar, pra aprender, pra dividir.....

Beijos a vc uma super mãe, esposa, filha, amiga e mulher.

Fiquem com Deus

Barbrinha

Cacá - José Cláudio disse...

Vai viver cento e tantos, tranquila! rsrs. Isso é muito bom exemplo, Beth! Gosto de seguir estas trilhas de gente assim, pra cima, disposta e de bem com a vida. Abraços e saúde longa para a D.Dina. (e para você também) Paz e bem.

Luciana disse...

Beth, que história de vida legal, ela aos 90 anos indo pra academia, lúcida, muito lindo isso.
É realmente inspirador.

Beijo

Lúcia Soares disse...

Um bom exemplo, inclusive para mim, que não me exercito de jeito nenhum!
Quisera eu que minha mãe fosse espevitadinha como a D.Dina. Ela tinha tudo pra ser assim, mas enveredou pelo caminho mais comum ao idoso, que é a depressão.
D. Dina certamente merece todo o carinho dos que a cercam, pois a vida é preciosa e ela está mostrando o quanto a ama.
Beijo, Beth!
E uma beijoca nela, que eu mandei! rsrs

Calu disse...

Um feliz encontro, este teu, Betinha. Dona Dina é demais!Quero ser assim, ativa, esperta,sarada, srsrsrs...
Lá no pilates tbém tenho duas amiguinhas pra lá de antenadas. Do alto de seus 82(cada uma)se exercita sem choro nem vela.
Vou só me espelhando e malhando. Quero uma velhice saudável. Pode crer!
Pra lá nós vamos, amiga!
Bjinhos,
Calu

Silvia Masc disse...

Beth, que legal isso, vc autoriza publicar no Longevidade, com os devidos créditos??? me avise por e-mail.

beijinho

Silvia Masc disse...

Beth, vc como sempre muito fofa e generosa, já peguei, quando for publicar, eu te aviso.
beijinho e obrigada.

Macá disse...

Beth
Parabéns a D. Dina pela sua trajetória de vida, pela bagagem que leva e também a você que fez essa linda homenagem a ela.
Eu acho que gestos assim enriquecem quem pratica e afaga e muito os homenageados.
Mande um beijão carinhoso a ela.
beijos / saudades

Heloísa disse...

Beth,
Que coisa incrível!
Realmente é um exemplo a ser seguido.
Gostei muito da história do vestido para o enterro. A vaidade, e o susto, tiveram melhor efeito que a medicação.
Beijo.

Cantinho She disse...

Beth querida, que post lindo, ao mesmo tempo incentivador, admirador e emocionante... Lindo demais! Mas mexeu muito comigo... Mas mesmo assim eu amei ler e vir aqui!
E que gracinha ela é... ;)
Beijo, beijo!
She

ML disse...

YES! Essa sua colega "arrazou"! Quero ser "que nem ela" quando eu "crescer".

bjnhs (e parabéns a ela).

Bia disse...

Impressionante Beth!!!

Olha faz vergonha a mim que morro de preguica e nao gosto de academia. Mas essa senhora de 90 anos eh injecao de animo para qualquer um!!

bjo

Luma Rosa disse...

Uau!! Que disposição!! Será que eu chego? Tenho certeza que Dona Dina deu ânimo a sua turma! Olhando a carinha dela, não tem como dizer que tem 90 anos, no máximo 70! Acho que vou me matricular na musculação! :P Boa semana! Beijus,

Nilce disse...

Muito fofa a tua coleguinha de musculação Beth.
Acho que tem muita gente aqui precisando de uma D. Dina acompanhando nos exercícios. rs É de dar muito mais ânimo mesmo.

Bjs no coração!

Nilce

Maria Célia disse...

Ei Beth, bom dia
Que injeção de ânimo, tem razão, Beth.
Tantos jovens despencando aí pelas tabelas, e a D. Dina lutando bravamente contra o tempo, que não é nem um pouco camarada conosco.
Belíssimas palavras de Madre Teresa.
Bjo

Mila Viegas disse...

Que fofaaaaa!!! E realmente, 90 anos??? Toda moderninha, alto astral, com tudo em cima. Se eu conseguir chegar a essa idade, quero ser igual a Dona Dina...rs.

Beijos Bethita!

Wilma disse...

Noventa anos!!! não é para qualquer um vivente!! que sorte a dela! Quantas coisas viveu e viu, fico a pensar e ter que frequentar uma academia, é demais, kkkk Penso que não chegarei nem perto, só por sorte, pois não faço muita coisa a esse favor, infelizmente, inclusive uma atividade física planejada e monitorada, aff!! não tenho mais saco pra isso!! Fiz por muiiiitos anos e hoje só de vez em quando, sem disciplina nenhuma.

Paulo Rideaki disse...

Puxa Beth, vou te confessar uma vergonha, recentemente estive envolvido num projeto de vida pessoal.
Que não deu certo, fiquei muito chateado e consequentemente desanimado.
Mas agora que lí sobre esta linda e maravilhosa pessoa, de 90 anos e a sua incrivel historia de absoluta vitória, me fortaleci.
E ao mesmo tempo, me fez refletir, muitos dos meus amigos nas casas dos seus vinte e trinta anos, estão tão desanimados.
Desanimados por não conseguirem realizar seus sonhos, e objetivos.
Vou mostrar a sua postagem para todos eles, para que reavaliem as suas próprias condições de vida.
E se inspirem nesta que é um verdadeiro exemplo de vida e de vitória!
Se a alegria de viver são sinonimos de uma vida longa, acredito mesmo que a juventude de hoje, não chegará a viver tanto quanto este maravilhoso ser, que ainda encontra forças para fazer musculação, foi muito lindo a sua postagem.
Mensagens relevantes para valorizarmos mais a vida!
Muito obrigado por existir e fazer parte do meu mundo e interagir comigo, percebo o quanto sou uma pessoa afortunada!
NAMASTÊ!

Nina disse...

Caraca, 90? gente que barato! Dona Dina tá mt esbelta menina. E que legal o lance do vestido, ahahah, voltar do coma desse jeito, que loucura!
Gente assim deixa a gente mais feliz e agradecidos pelo que temos, nao é Beth?

Marli Borges disse...

Olha Beth, em linhas gerais, eu qustiono muito essa longevidade no Brasil, que é mantida exclusivamente à custa de remédios. Mas ser longevo com autonomia, lucidez e saúde, (dentro das limitações naturais à idade), sem dúvida é o que todos desejamos. Essa vovó longeva da academia, está corretíssima e é digna de aplausos. Que Deus a conserve assim, útil a si mesma e aos que a rodeiam.
Parabéns pelo post.
Bjsssssssss

Teresinha Ferreira disse...

Olá Beth,
Que bacana a Dna. Dina! Acho lindinha as senhorinhas que estão na academia buscando o bem estar.
Realmente, hoje em dia as mentes são outras. Todos procurando se exercitar, não só pelo lado estético, mas pela saúde.
Bons fluidos.

Dani dutch disse...

Beth, que todos nós cheguemos aos 90 com essa alegria e vitalidade.
bjuss

Somnia Carvalho disse...

Lilla! que post lindo!
e veja como de novo somos parecidas! voltei a treinar e comigo tem uma senhorinha dos seus mais de 80 anos tambem! pensei no mesmo, falar com ela, tirar foto, postar sobre sua vida e iniciativa...Dona Dina e exemplo em tantas coisas.. ficar em coma? voltar e viver com alegria? essas pessoas te tanto a nos ensinar e so querer aprender!